Servidores e usuários do SUS estudam pedido de impeachment do ministro da Saúde

barros_impeachment_susO ministro da Saúde Ricardo Barros (PP) corre risco de sofrer impeachment do cargo por incompetência e má-fé. Servidores e usuários do SUS debaterão essa proposta na próxima terça, 16 de agosta durante o seminário “Estado de sítio fiscal no SUS – Debate Futuros do Brasil”.

O impedimento de ministros de Estado está previsto no Art. 54 da Constituição Federal de 1988.

O evento será realizado das 14 horas às 17 horas no auditório do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz, no Rio de Janeiro. O Blog do Esmael vai transmitir ao vivo para o Brasil e o mundo.

Por não ser da área da saúde, Barros tem cometido atentados contra o Sistema Único de Saúde e gerado protestos de profissionais e usuários. A última dele foi declarar que homens utilizam menos o serviço médico porque trabalham mais que as mulheres.

Os homens “trabalham mais do que as mulheres e são os provedores” das casas brasileiras, assim “possuem menos tempo”. A fala do ministro foi considerada misoginia, machista e sexista.

Mês passado, Barros já se envolvera em outra polêmica ao dizer que os pacientes imaginam doenças e que isso sobrecarrega e encarece o Sistema Único de Saúde.

O ministro, cujo partido é o mais citado na Lava Jato, é chamado pelos usuários do SUS como “ministro dos planos de saúde privado”. A militância de Barros contra o sistema justifica-se pelo fato da campanha dele ter sido financiada por empresário de plano de saúde privada.

Mas não há mal que dure para sempre. No Palácio do Planalto são favas contadas que Ricardo Barros será defenestrado, caso o impeachment de Dilma Rousseff seja consumado no Senado. Talvez nem dê tempo de o pedido de impeachment do ministro tramitar antes de uma solução na política.

Resumo da ópera: se o interino Michel Temer ficar, Barros cai; se Dilma voltar, Barros também cai. Ou seja: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ele só está esperando para fazer as pessoas doentes trabalharem e matá -.las. Sua filha nariz tonto maquiado vai perder.

  2. A Globo manda.

  3. O Brasil é isso que estamos vendo. Um povo que se comporta com carneirinhos, um povo que não tem cultura e nem educação para refletir as consequências de um impeachment de uma Presidente, que tirou a Presidente e colocou em seu lugar um PICARETA, que se rodeou de PILANTRAS como este Barros que está somente trabalhando para acabar com o SUS que bem ou mal é a ÚNICA salvação para os que não tem condições de pagar um plano individual ou familiar de saúde.
    Não sou partidário de nenhum partido e nem tenho uma admiração por este ou aquele político, até porque eu os considero farinha do mesmo saco.
    Mas convenhamos, este Barros é piada pronta e sem graça. E o problema do INSS se chama FALTA DE FISCALIZAÇÃO PELOS ÓRGÃOS COMPETENTES, CORRUPÇÃO E ROUBALHEIRA DE MUITA GENTE,
    Se conseguirem fiscalizar e acabar com a LADROAGEM dentro do INSS, quem vai acabar são as empresas privadas de planos de saúde.
    Dinheiro para gerenciar e dar as melhores opções de tratamento para o povo brasileiro, independente de classe social, tenho certeza que o INSS através do SUS, teria esta condição.
    Mas como não há controle e os ladrões fazem festa lá. Acaba dando nisso e criando gente como este Barros que está mais a fim de colocar alguns $$$ no seu bolso pelo lobby as empresa de plano de saúde do que pensar no povo brasileiro.

  4. O Ministro tá certo! depois de muitos anos até que enfim surgiu alguém com alguma iniciativa….que adianta fazer igual aos demais ministros que passaram pela pasta da saúde e não fizeram nada? Absolutamente nada….continuou a mesma porcaria de sempre!!! Parabéns, ministro!!!

  5. Este maldito leitão vesgo, é um dos maiores ladrões de verbas públicas do Paraná, lixo humano, inerte, tinha que ser linchado a pedradas em praça pública pela população, nojo de ver esta cara de sínico, um tremendo FDP!!!!!!!!

  6. Esse ministro é uma anta mesmo, hoje vendo entrevista da filha-candidata, deu pena, ela quer inventar a roda na prefeitura de Curitiba.

    • Partindo do princípio que as duas mulheres dele, deputada e vice governadora, acredito que ele esteja se referindo a elas, pois alguém já viu elas trabalhando. Alias a esposa está passeando né. Como deve estar trabalhando. E a filha cagona do camburão nada faz na assembléia.

  7. “Pedido de impeachment do ministro da Saúde”????
    “Corre risco de sofrer impeachment do cargo por incompetência e má-fé”??????
    “Servidores e usuários do SUS debaterão essa proposta na próxima terça, 16 de agosto”?????

    Mas impeachment da Dilma por incompetência e má-fé é golpe ou é um ato legal?
    Mas impeachment dos Ministros de Dilma por incompetência, má-fé e envolvimento na Lava Jato é golpe ou um ato legal?
    Quando pediram o afastamento do Lula o Governo se defendeu dizendo que a nomeação de Ministros é ato privativo do Chefe do Executivo.
    ?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
    Cada coisa mais sem sentido e previsão legal que o Esmael publica…..

    • GENILDO, FAZ UM FAVOR AO LEITORES DO BLOG.

      VÁ PENTIAR MACACO OU ALISAR A CARECA DO BARROS. QUE VOCÊ GANHA MAIS DO QUE FICAR TORRANDO O SACO DOS OUTROS.

  8. Tá na hora do leitão vesgo voltar pro chiqueiro.

  9. O afastamento deve ser aplicado, ante de tudo, a quem nomeia.

  10. Os oportunistas amparados pelo interino golpistas estão todos aptos a aproveitar das necessidades da população que não tem a quem recorrer porque a imoralidade que ocorre no país hoje e’ blindada por quem deveria resguardar os direitos de todos. A Justiça… Os de capa pretas estão mais empenhados em burli as leis do que fazê-las cumprir. Uma máfia..
    .

  11. Sr. Gumercindo,

    É de chorar e gritar. Que sina!

    É muita opressão não ter a quem recorrer.

    É a Babel Brasileira. Ou o Apocalipse que chegou aqui antes.

    Maria A

  12. Demorou!

    Deviam ter feito isso há semanas. Muito fácil se organizarem dentro das entidades e afastar esse perigoso e sinistro ministro.

    A despeito de reservas da sociedade pelas entidades representativas dos médicos terão todo apoio. O povo está apavorado. Não haverá nem vacina para as crianças.

    Agora, se os médicos não entenderem que Barros é Temer e Temer é Cunha, é tiro n’agua.

    Vai furar, e não enganam o povo .

    Se não tiverem coragem de dizer um sonoro Fora Temer, esqueçam .

    Estarão aperfeiçoando o golpe, pois no fundo é questão orçamentária do Golpe. Sobrar dinheiro para os banqueiros.

    Médicos não são politizados e muitos nem mesmo educados . A maioria não tem leitura. Se fizerem a cousa errada terão resultado errado. E perdem a razão
    perante o povo.

  13. O Governo Temer é com raras exceções um amontoado de oportunistas. Fora Temer! No país em que a hipocrisia atingiu níveis estratosféricos tudo é possível. Vivemos novos tempos. Tempos inquisitoriais, tempos de um falso moralismo, tempos em que os fascistas não sentem vergonha de assumirem suas posições. Cadê os que batiam panelas protestando contra a corrupção? Tempos que analfabetos políticos da direita se dizem apartidários, que deputados que chafurdam na corrupção fazem discursos raivosos em defesa da moralidade pública. Tempos em que um senador afirma que é preciso ouvir as vozes das ruas. Se de fato a voz das ruas fosse ouvida, o pútrido Congresso Nacional seria renovado através de uma nova eleição. Eu sou de um tempo que juízes só “falavam nos autos”, que os liberais respeitavam as regras do jogo democrático, que políticos de esquerda não compactuavam com o empreguismo e nem faziam alianças espúrias. Os tempos são outros. Tempos de adultos infantilizados caçando Pokémon, de multidões de ignaros opinando sobre temas que não conhecem. Tempos sombrios…