Senadores prometem fulminar aumentão para ministros do Supremo. Será?

ferraco_senado_stfO senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), relator do Projeto de Lei da Câmara nº 27, que analisa o reajuste dos salários dos ministros do Supremo Tribunal já tem seu voto pronto:

“… considero o momento atual que não é propício para aprovação do reajuste proposto e voto pela rejeição do Projeto de Lei da Câmara nº 27, de 2016”, diz um trecho do voto do relator.

A matéria entrará na pauta da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE), nesta terça (23), colegiado que é presidido pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Por outro lado, o presidente do STF Ricardo Lewandowski, que vai presidir a sessão do impeachment no Senado, tem feito pressão junto aos senadores para aprovar o aumentão aos ministros.

Ferraço alega que conceder reajuste agora surtirá “efeito cascata” em todo o judiciário, executivo e legislativo. O senador diz que seria “irresponsabilidade fiscal” aprovar o PLC.

Os magistrados brasileiros estão entre os que têm melhores salários no mundo. Eles têm vencimentos maiores que juízes nos Estados Unidos e Inglaterra, por exemplo.

Evidentemente que tudo pode ser um joguinho de cena até o julgamento do impeachment. Depois do julgamento da presidente eleita Dilma Rousseff, o plenário poderá derrubar o óbice da CAE.

Concomitantemente, se passar o golpe, aí entrará o ferro nos trabalhadores. O interino Michel Temer (PMDB), se efetivado no cargo, já prometeu ao “mercado” acabar com o 13º salário, fim das férias, do FGTS, SUS e privatizar o petróleo. Além, é claro, de congelar salários e investimentos na saúde e educação por 20 anos (PEC 241).

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Isso é um verdadeiro Tele Catch, aquelas lutas encenadas que passavam na TV nos anos 80. O momento atual não é propício porque essa conta será paga após uma eventual confirmação do impeachment.

    Isso não passa de um plano de credibilidade para tentar mostrar que o governo interino não têm medo do STF e esse, por sua vez, faz de conta que não há nada a investigar nesse governo interino corrupto.

  2. O ministro num encontro que teve com a presidente no palácio da alvorada só queria saber se a presidente Dilma tinha condições de dar aumento aos ministros.
    Só falou em grana,mais como a presidente Dilma deixou bem claro para o ministro golpista que não tinha condições de aumentar o salário deles no momento ele simplesmente se aproximou do interino e fez a mesma pergunta que tinha feito a presidente Dilma.
    No entanto o interino prometeu ao juiz (ministro do supremo) que se passar o impeachmat daria aumento aos ministros do supremo.

    É muito vergonhoso isso.

  3. Esse aumento dos capa pretas pilantras foi negociado a duas semanas atrás e o que foi combinado e que se o processo passar o interino daria o aumento tão cobrado pelos ministros covarde.
    Vergonha.

  4. APARTIDÁRIO com partido declarado (tucano mesmo), só para “refrescar” sua memória, da fonte em que você sorve seus tacanhos conhecimentos:

    http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/11/congresso-mantem-veto-de-dilma-reajuste-de-servidores-do-judiciario.html

    Cada vez que eu desminto, com provas, um coxinha, tenho orgasmos múltiplos. Já deve ser o quinto, só hoje. No dia em que eu perder para um coxinha eu me mato. Eles são tão bobinhos…

  5. APARTIDÁRIO babacão, esqueceu que a Dilma queixou-se de que o ministro foi no Palácio da Alvorada e só falou em aumento e a Dilma disse NÃO? Você é burro demais, esquecido ou o seu problema é de caráter mesmo?

  6. Ah ah ah. Me engana que eu gosto. Votar contra aumento dos ministros é dar tiro no pé, no fígado e no rim para os golpistas. Deve existir alguma pressão, para um tucano dizer isso. Querem acovardar mais ainda o já acovardado supremo? E se julgam que é irresponsabilidade fiscal a aprovação desse aumento vergonhoso, os senadores que votarem a favor serão cassados?
    Esse é o Brasil dos golpistas, uma piada de mau gosto.

  7. Esse aumento o Lewandowski já havia tratado com a Dilma lá em Portugal naquele encontro as escondidas, fora da agenda oficial. Então, pilantra por pilantra, estamos conversados.

  8. Tudo isso as custas dos trabalhadores otários,só para lembrar só vote em ficha limpa…diz a justiça da mentira eleitoral com o aval do picareta pilantra gilmar lixo.

  9. Acorda Meu Povo………………!!!!!

    E se pensar em esperar para ver…………………, espere sentado……………..; de ambas Sinecuras só partem MALDADES contra o Povão………………!!!!!

  10. Somos todos otários!!!
    Quá quá quá
    O polaco foi colocado lá pela Dilma.
    É tão traíra quando o AlibabáTemer.
    Faz parte do golpe.
    Vai ter aumento sim, faz parte do rabo preso dos golpistas darem o que ele pede.
    Na semana seguinte à deposição definitiva de Dilma, a quadrilha entra em festa, e nós seremos os mordomos.
    A coisa vai do jeito que os coxinhas queriam.
    Vão pagar a conta juntos!

  11. Senadores brigando com o Supremo?

    Vai ter briga no céu!

  12. Tem matéria do Kliass no Miro sobre o tal marcado e o cambio, para os coxinhas.

  13. Ta bom tudo passa na nossa cara e ficamos quietos pra alegria dos lambe botas

    • REFORMA DA PREVIDÊNCIA: Quem vai ser o novo COVEIRO DO SEPTUAGENÁRIO?

      QUEM VAI APRESENTAR, APROVAR E ASSINAR A TAL LEI?

      O QUE NABUCO IRIA DIZER EM PLENO SÉCULO XXI?

      NÃO VOTO EM PARTIDO GOLPISTA, REFORMISTA PARA RETIRAR DIREITOS E AUMENTAR IMPOSTOS.