Movimento sindical vai às ruas nesta terça contra o golpe nos direitos dos trabalhadores

temer_fim_CLTOito entidades representativas dos trabalhadores sairão às ruas de todo o país, nesta terça (16), no Dia Nacional de Mobilização e Luta por Emprego e Garantia de Direitos.

A CUT, CTB, CSP, CGTB, Força Sindical, Intersindical, NCST e UGT se uniram nessa jornada contra o golpe nos direitos dos trabalhadores brasileiros. Em Curitiba, a concentração será às 10 horas na Praça Santos Andrade (UFPR).

O desafio das centrais sindicais é politizar ao máximo a luta por mais desemprego, contra o fim da CLT e pela política de valorização do salário mínimo, além de repudiar a aposentadoria só aos 70 anos. Ou seja, para manter os direitos dos trabalhadores somente com a realização de nova eleição presidencial.

O projeto de Michel Temer (PMDB) é precarizar o trabalho, reduzir investimentos públicos em áreas essenciais, privatizar, enfim, fazer caixa para pagar até R$ 700 bilhões aos bancos em juros/ano.

O movimento de amanhã também servirá como atividade de aquecimento para a greve geral da classe trabalhadora contra o golpe.

Aliás, o Senado votará no final deste mês o impeachment de Dilma Rousseff cujo sinônimo desse golpe é o fim das férias, do 13º salário, adicional noturno, aumento de jornada para os trabalhadores.

Abaixo, veja a agenda de mobilizações em todo o país:

Alagoas
8h – Ato de protesto na casa das Indústrias de Alagoas

Amapá
12/8 – Ao final do III Simpósio Amazônico Sobre Reforma Agrária, Desenvolvimento e Meio Ambiente – SARADAM, será feito um ato da CUT por nenhum direito a menos

Bahia
9h – Ato em frente à FIEB com todas as centrais

Mato Grosso
17h – Ato das centrais sindicais na Praça Ipiranga, no centro de Cuibá

Mato Grosso do Sul
Greve geral contra retirada de direitos

9h – Paralisação e ato em Campo Grande.

13h – Audiência Pública na Assembléia Legislativa

Pará
8h – Concentração com Café da Manhã na Escadinha (Próximo a Estação das Docas).

Às 9h sai em caminhada pela Presidente Vargas, fazendo paradas em frente a bancos e agencia dos correios. Termina com um ato em frente a agencia do INSS de Nazaré.

Paraná
10h – Ato às 10h em frente ao prédio antigo dos Correios. Concentração na Praça Santos Andrade.

Paraíba
15h – Parque Solon de Lucena – Centro João Pessoa

Pernambuco
8h – Fetape realizará ato na secretaria de agricultura

17h – Ato com a Frente Povo Sem Medo e Conlutas na Praça da Independência, no centro do Recife

Piauí
Ato acontece dia 23, às 8h, na Praça do Marques

Rio de Janeiro
10h – Os Bancários vão lançar a campanha salarial e a CUT vai se incorporar na atividade, no Boulevard Olímpico, praça Mauá

Rondônia
Plenária das Mulheres CUTistas do Estado em Ji-Paraná

Rio Grande de Sul
7h – Ato estadual unificado em defesa da CLT e da Justiça do Trabalho e contra a Reforma da Previdência, em frente à Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), na Avenida Assis Brasil, zona norte de Porto Alegre

Sergipe
Dia 15, às 15h – O Ato será antecipado por conta da visita do Ministro da Saúde do Governo Interino em Teresina, em frente ao Hospital Universitário. Com CTB e Conlutas

Santa Catarina
13h – Ato em frente à UDESC com todas as centrais

São Paulo
10h – Ato em frente à Fiesp

Comentários encerrados.