Por Esmael Morais

Janio de Freitas, da Folha de S. Paulo, vê STF participando de golpe de Estado

Publicado em 18/08/2016

Não é de hoje que se suspeita da participação ativa de ministros do STF na trama para tirar Dilma Rousseff. Essa certeza foi obtida nas gravações de Sérgio Machado (PSDB), ex-presidente da Transpetro, que arrancou confissão do conluio entre interino Michel Temer (PMDB) e Corte visando parar a Lava Jato e derrubar a presidente da República.

“Dilma e Lula não fizeram e não tentaram fazer obstrução à Justiça, nem sequer à Lava Jato”, testemunha o colunista da Folha.

Janio ainda se dá ao luxo de ironizar o poder quase ditatorial chefe da Lava Jato, Sérgio Moro:

“Ninguém duvida, Deus nos livre, da competência reconhecida ao jovem juiz para mandar prender, engaiolar pelo tempo que quiser, acusar do que queira, julgar, condenar, dar liberdade a criminosos delatores, seja quem for o seu alvo. Competência a que o Supremo Tribunal Federal se curva mais uma vez, autorizando o inquérito contra Lula e Dilma.”