Há como dissociar o golpe do fim do 13º salário e das férias?

temer_golpe_direitosEvidentemente que não. São irmãos siameses a retirada de direitos e o golpe de Estado em curso no país.

Se avançar o golpe no Senado no fim deste mês, em setembro começará ser votado o fim das férias, do 13º salário, fim do adicional noturno, aumento da idade para 70 anos na aposentadoria, privatizações, dentre outras maldades contra os trabalhadores.

Já houve uma prévia sobre o fim desses direitos com a votação da “pronuncia do juízo” pelo Senado: 59 votos favoráveis e 21 contrários.

Não será por falta de aviso de que o impeachment de Dilma Rousseff visa apenas remover um obstáculo à retirada de direitos trabalhistas.

Após o golpe, não terá como chorar o leite derramado nem a confirmação do usurpador Michel Temer (PMDB).

Paralelamente ao ataque às conquistas trabalhistas também ganhará celeridade o ataque às conquistas sociais tais como fim do SUS, redução de investimentos em áreas como saúde, educação e habitação, etc.

Decretar-se-á o fim do Estado Social e a volta do Estado Liberal, superado na metade do século XX pelos países mais desenvolvidos. Portanto, o Brasil opera uma marcha à ré na História sem precedentes.

O povo nem os parlamentares não poderão alegar ignorância diante da pauperização absoluta que se avizinha. Ninguém.

27 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Todo mundo reclama do PT, mas o país nunca viu tanta distribuição de renda como agora, nenhum partido deu autonomia para a polícia federal, a corrupção sempre foi por baixo dos panos, mas agora o país está conhecendo os seus corruptos, e todos jogam a culpa no governo, PMDB, PSDB, governam para os ricos e poderosos, e se o PMDB continuar no poder, tudo q Getulio Vargas garantiu aos trabalhadores, vai acabar….

  2. Oh Esmael, sua função é informar ou alarmar? Acho que você não é tão desinformado como se faz parecer. Se realmente o é, vai estudar antes de falar bobagem na internet! Para que grupo de idiotas da sociedade você escreve?

  3. Quanta mentira numa página de um “representante do povo”.
    Sobre o fim do 13° Salário e férias:

    ..primeiro porque se trata de garantia constitucional, direito fundamental dos trabalhadores e, portanto, cláusula pétrea, núcleo intangível dos direitos constitucionais que não pode ser alterado nem por meio de Emenda Constitucional (forma de modificação da Constituição Federal), quem dirá por meio de Lei. Segundo por ferir o princípio internacional da vedação do retrocesso social ao qual o Brasil deve obediência.

    • Concordo com tudo que vc disse, porém as constituição não é imutavel, a tramitação das PECs, embora mais complexa e totalmente prevista, tornando a constituição nada mais que outro texto editável. É sobre as pressões internacionais e os tratados… sério que ainda acredita na devida aplicação das leis nesse pais??

  4. Sobre o fim do benefício, por vezes me deparo com informações veiculadas nas redes sociais ou enviadas por e-mail intitulado “Aprovado o fim do 13º salário” onde se afirma que o direito trabalhista está com os dias contados, pois já houve a aprovação de sua extinção em sessão da Câmara dos Deputados e faltaria apenas a votação no Senado Federal para ser o início do fim da gratificação em questão. Mas seria isso mesmo possível?

    O fim do 13º salário seria um problema seriíssimo para a classe trabalhadora do país, um retrocesso nos direitos sociais e afronta mortal à Constituição Federal, quanto a isso não restam dúvidas, mas tudo não passa de boato.

    Referidas afirmações tiveram início em 2001, quando o então Presidente da República Fernando Henrique Cardoso encaminhou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei 5.483/2001 (PL), que tratava da “Flexibilização das Leis de Trabalho”, propondo a alteração do artigo 618 da CLT, com o intuito de fazer prevalecer o negociado sobre o legislado, que assim dispõe: “Normas relativas às condições de trabalho previstas em convenção e acordo coletivo devem prevalecer sobre disposto em lei, desde que não contrariem a Constituição Federal e as normas de segurança e saúde do trabalho”.

    O PL em questão está arquivado desde 2003 a pedido do Presidente da República da época, Luiz Inácio Lula da Silva, através da mensagem 78/03, ante a pressão da classe sindical, e em vésperas de eleições é utilizado para assustar os eleitores com um fantasma que não existe.

    Assim, diante do exposto, constata-se que a extinção do direito à gratificação natalina não seria admissível por dois motivos: primeiro porque se trata de garantia constitucional, direito fundamental dos trabalhadores e, portanto, cláusula pétrea, núcleo intangível dos direitos constitucionais que não pode ser alterado nem por meio de Emenda Constitucional (forma de modificação da Constituição Federal), quem dirá por meio de Lei. Segundo por ferir o princípio internacional da vedação do retrocesso social ao qual o Brasil deve obediência.

    Portanto, a mensagem que afirma que o 13º salário será excluído do rol dos direitos trabalhistas não passa de um boato inventado com fins eleitoreiros, para desmoralizar o Congresso Nacional, e que não possuí qualquer fundo de verdade, cabendo a nós trabalhadores mantermos a calma e não propagar a mensagem, a fim de impedir que reacenda, a cada período eleitoral, o medo na população trabalhadora de nosso país.

  5. Esse Ismael Morais é um otário, e aqui é uma área restrita desses PTs idiotas. Que vim fazer aqui??? putz

  6. Interessante… Os lixos falando mal dos sujos…..

  7. O apartidario tem carteirinha de coxinha.

  8. O Apartidário deve ser algum jumento do PSDB! Não é possível que não enxergue a realidade diante aos olhos.

    • Vocês petebas não acreditam que existem pessoas que não se ligam a partidos políticos. Pessoas que votam em candidatos e não em partidos. Para os petebas e petralhas em geral, que não é de esquerda é um jumento, como você disse. Porém não é um jumento cabrestado e de viseira como são os petistas.

      • Enquanto o povo se divide entre direita e a esquerda a elite dominante, do partido dinheiro e poder, financiam campanhas de todos os lados, orquestras manobras pra atravancar o progresso social e intelectual, sentam na nesma mesa e irem de vcs xingando um ao outro de cozinhas e petralhas.

  9. O apartidário não é rico nem de dinheiro nem de capacidade de pensar. Só isso.

    • O mais provável é que vcs defensores do PT, sejam funcionários públicos ou estejam pendurado com algum desses incompententes PETISTAS… Sectários e alienados nunca tiveram um CNPJ, não sabem o que é manter uma indústria funcionando, pagando impostos, funcionários e encargos etc. tendo que trabalhar 12/15 hs dias… Vcs não sabem o que é transpirar. E MAIS, SE O APARTIDARIO E RICO, COM CERTEZA TRABALHOU PARA ISSO. Ser rico não é pecado, é trabalho!

      • O problema é o seguinte. Quem tá dentro ta mamando e quem ta fora ta querendo mamar.

      • Desde quando se fica rico nesse país com trabalho?? Conta outra meu amigo..

        • Por esse pensamento “POBRE”, que você não fica rico, só aqui para achar isso, claro neh isso sempre foi pregado pelo PT, cada um no seu lugar , pobre é tadinho e rico é corrupto, seu patrão é corrupto. kkkkkkk

  10. Pra começar, não há golpe. A não ser aquele aplicado pelos desgoverno do PT. Mentiram, enganaram e roubaram por mais de 12 anos. Canalhas, pilantras, cínicos, ladrões. E quanto as reformas, são necessárias, o país num futuro próximo não se sustentará devido a má administração dos referidos desgoverno. Esse é o preço que a população mais uma vez vai ter que pagar pela incompetência é má fé dos desgoverno Lula e Dilma que quebraram o país. Fora cambada!

    • E o senhor, senhor “Apartidário” deve ser muito rico, ou muito ignorante. Defender que o Brasil precisa ser reformado com as custas do povo, principalmente quem trabalha??!!! Os roubos figuram neste país desde o Brasil colônia, não é exclusividade deste ou daquele partido. Rui Barbosa há mais de 100 anos atrás já dizia, “que verdades desta comezinha singeleza sofram contestações e por homens que figuram nas altas eminências deste país”, se referindo a desvios de dinheiro publico e acobertamento de políticos poderosos. Então, nosso país é roubado a séculos e sempre quem paga a conta é seu povo.

    • FORA COVEIROS DO SEXAGENÁRIO !!!
      Então temos em pleno século XXI a enganação do AJUSTE FISCAL E DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA toma forma. Restando aos seus propositores chamá-los de
      ” NOVOS COVEIROS DO SEXAGENÁRIO” parafraseando Nabuco.
      NÃO VAMOS PAGAR ESSA CONTA!!!!!
      GREVE GERAL!!!!!!
      FORA TEMER E SEUS ASSECLAS ENTREGUISTA!!!
      ACORDA BRASIL!!!

    • Sr. “Apartidário”Reformas são necessárias? Mas não tirando dos trabalhadores seus direitos. Vc fala pq deve ser rico. Quem vai aguentar trabalhar até os 70 anos? Se toca retardado tão querendo tirar os benefícios de quem trabalhou a vida toda para conseguir ter uma velhice digna e vc é a favor disso? Tá de brincadeira otário!

    • Prezado, inicialmente, ressalta-se o antagonismo de sei nome, apartidário… e apontando o dedo apenas para o pt. Em relacao ao que você disse; concordo, o país precisa de reformar para se sustentar, mais tem de ser contra os mais desfavorecidos? Pq não onerar as grandes fortunas? Remover isenções fiscais de grandes empresas? Enxugar os gastos supérfluos em enxurrada dos poderes legislativos, judiciários?? Existem diversas maneiras de se alcançar economia, porém, medidas não danosas a 75% da população são sempre a ultima ratio, isso quando os são. Agora, se vc for um banqueiro, um latifundiário, um marajá do judiciário, alguém que mama nas tetas dessa bandalheira, vejo total coerência em seu comentário, porém, se vc é um trabalhador, um microempresario, resumindo, um ze ninguém; ou vc e alienado ou burro. Com as devidas homenagens.

    • Na falta de argumentos concretos, apelo para a agressividade. É assim que agem os golpistas canalhas.

  11. Alguns midiotas estão saindo das tocas timidamente, mas querendo agradar a deus e ao diabo ao mesmo tempo.

    A OAB defendendo o SUS e o orçamento continuado para a saúde, sem defender a Democracia e sem condenar o golpe, é chover no molhado.

    Os médicos defendendo o SUS sem condenar o golpe. É gente tao identificada com a direita que prefere perder o emprego a parecer social democrata.

    Francamente!