Por Esmael Morais

Dilma já compõe ministério pós-golpe, revela jornalista Paulo Henrique Amorim

Publicado em 04/08/2016

Segundo PHA, Dilma deverá ir ao Senado para defender-se e anunciar um governo de união nacional suprapartidário.

“Professor Beluzo, partidos, o ex-ministro de FHC, Bresser Pereira. Gente das ciências, das indústrias e das artes, como Cacá Diegues, por exemplo”, adianta o jornalista e blogueiro.

“Ela anunciaria um ministério completo, de nomes notáveis, representantes de todos os espectros do país e diria: ‘Eu vou governar com eles, para unir o Brasil, para fazer um plebiscito e convocar eleições livres’. Com esse compromisso, a presidente Dilma sepultaria os golpista que se refugiam no Palácio do Planalto”, afirma PHA.

PHA_Dilma