Deu chabu no PCdoB: militantes recorrem à convenção contra coligação com Ney Leprevost

ney_recurso_kikoDeu ruim o acordo firmado entre a direção municipal do PCdoB de Curitiba e o deputado Ney Leprevost, do PSD, na disputa pela Prefeitura.

Um grupo de militantes da legenda vermelha recorreu à convenção municipal que ocorrerá nesta sexta (5), às 19 horas, sede da UPE (União Paranaense dos Estudantes) — Rua Carlos Cavalcanti, 1157, esquina com a Rua João Manuel, no bairro São Francisco.

No sábado (31), o diretório municipal do PCdoB aprovou por 10 votos favoráveis, seis contrários e uma abstenção apoio à candidatura de Leprevost.

“Ao apoiar um candidato expressamente identificado com as forças golpistas, em aliança com setores reacionários e fundamentalistas, o PCdoB de Curitiba mancha a luta abnegada conduzida por nossa militância, anula seu protagonismo decisivo na luta contra o golpe”, diz um trecho da petição.

O Professor Francisco de Assis França, o Professor Kiko, um dos líderes da rebelião, ao justificar o recurso à convenção, disse considerar um “absurdo” o apoio da maioria do diretório municipal à aliança Ney-Ratinho-Francischini em Curitiba.

Os comunistas rebelados preferem apoiar a candidatura de Requião Filho, do PMDB, em virtude da militância do senador Roberto Requião contra o golpe em curso no país.

Leia a íntegra da petição da militância à convenção do PCdoB de Curitiba:

Recurso contra Decisão do Comitê Municipl do PCdoB – Curitiba

Nós, militantes do Partido Comunista do Brasil nesta capital, com base no art. 28, letra d, do Estatuto do PCdoB, apresentamos recurso à Convenção Municipal, contra a decisão do pleno do Comitê Municipal, de aliança eleitoral com o PSD e apoio ao golpista Ney Leprevost, candidato a prefeito nas eleições municipais de 2016.

A decisão, tornada pública nas redes sociais e em todo o meio político, e apresentada ao candidato do PSD como decisão já consumada pelo Partido em Curitiba, secundariza o papel da Convenção Municipal, à qual cabe efetivamente a tomada de posição quanto a alianças eleitorais, de acordo com o art. 29 de nosso Estatuto.

Nesta condução vê-se desconsiderada a importância da consulta ao conjunto da militância, fato que vai na contramão da necessária construção de unidade do Partido em torno das decisões a serem tomadas pela Convenção, desvirtuando o Centralismo-Democrático que é peça chave da nossa construção partidária.

Ao lado de buscar a ampliação do espaço do PCdoB no executivo e parlamentos municipais, nacionalmente o Partido dá relevância central ao fato de que esta luta, no contexto atual, compreende a disputa de narrativas sobre a crise política e o golpe perpetrado contra o governo Dilma e as forças de esquerda.

Ao apoiar um candidato expressamente identificado com as forças golpistas, em aliança com setores reacionários e fundamentalistas, o PCdoB de Curitiba mancha a luta abnegada conduzida por nossa militância, anula seu protagonismo decisivo na luta contra o Golpe.

É inaceitável que um Partido historicamente comprometido com a luta ao lado das forças democráticas e progressistas, tendo como objetivo estratégico a construção do socialismo, em uma conjuntura de necessidade de união das forças de esquerda contra o avanço do fascismo no Brasil, faça opções com base em uma limitada e duvidosa matemática eleitoral.

Rejeitamos a possibilidade de aliança com a direita curitibana, com forças abertamente defensoras do golpe contra nossa democracia, parceiras da agenda retrógrada que prevê a retirada de direitos dos trabalhadores, as privatizações e a entrega do patrimônio nacional, defensoras da repressão aos educadores com propostas como a “Lei da Mordaça”, enfim, representantes da direita mais conservadora, em uma das cidades onde o discurso reacionário mais avançou em nosso país.

Considerando isto, apresentamos este recurso ao Comitê para que reposicione-se em favor do direito resguardado à Convenção Municipal, quanto à decisão sobre a definição da aliança eleitoral em Curitiba, em favor da construção de um projeto político coerente, através do qual o Partido Comunista do Brasil possa apresentar-se com unidade e combatividade.

Curitiba, 31 de julho de 2016.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Isso é ótimo. Diminuem as chances de ter comunistas na prefeitura. [3]

  2. O mais triste é ver a nossa Juventude indo a favor dessa palhaçada. UJS vcs nos envergonham, seus pelegos. Doce ilusão de ter vocês como a esperança do nosso Partido e da nossa sociedade.

    • Pois antes ‘pelegos’ que estão na luta todo dia do que troskos que não saem do sofá de casa e não respeitam as instâncias do Partido, como o sr.!

  3. Quem é o PC do B. na Ordem do dia, em termos de agregação de votos?
    Leprevost não perde nada.
    Já o Requião “Jr.” ganha um “aliado” que vai lhe tirar muitos votos.
    Melhor para o Leprevost.

    • O PC do B. deve estar negociando o seu tempinho de propaganda
      gratuita, pois é só isso que tem a oferecer.

  4. E o kiko tenho a ver com isso? Não foi votado? Não foi democrático? Só é democrático se vence a minha opinião? Prof. Kiko, vai lamber sabão….

  5. Fins dos tempos.

  6. Isso! Isso! Isso! E o Chaves e a Chiquinha?

  7. somos todos kiko, já tá na hora do gomide deixar o pc do b e ir para o psd ou psdb.

    • O Gomide é o câncer do PCdoB, com tantas opções para se aliarem foram com os grupos mais reacionários do Paraná.
      Fora Gomide!!!

  8. Maria tú é uma besta mesmo!
    Imagina o juiz Sérgio Moro ir num evento de apoio a LULAdrão!!!
    Imagina o Aécio Neves ir numa manifestação contra o Temer!!!
    Imagina seu gatinho charmoso aparecer no meio de um bando de cachorros famintos!!
    Pára pra pensar um pouco!!!
    Essa agressão VERBAL foi resposta de PROVOCAÇÃO!!!
    Não é lugar pra gente nacionalmente conhecida que apoia o governo corrupto do PT, aparecer para passear num domingo a tarde!!!
    Não existe espírito cívico e democrático que suporte esse desaforo.
    “Vou dar uma caminhada no meio dos coxinhas”

    • Sr. Esmael,

      O fascista me xingando pela milésima vez e você não toma providencia.

      Chame o camburão que é o lugar de impedir atitudes até que seja levado ao local apropriado.

      Eu não me dirijo a semelhante aborto da Natureza. Ele se dá o direito.

      Por favor Sr. Esmael.

      Obrigada.

  9. Isso é ótimo. Diminuem as chances de ter comunistas na prefeitura. [2]

  10. Isso é ótimo. Diminuem as chances de ter comunistas na prefeitura.

    • Os ladroes do dinheiro publico, pode??? Ou vc é tão otario ,q acha q o leprevost ñ levou nenhum trocado de propinas do lava-jato quAndo era do PP??? APARTIDARIO OTARIO!!

    • A opinião do Jacu Rabudo e um amontoado de m… é a mesma coisa. Serviçal do PSDB. Lacaio da classe média falida. A propósito deve ter no carro (comprado em prestações) o ridículo “Eu apoio a Lava Jato”. Analfabeto político, pois só um analfabeto se diz apartidário…

  11. Parabéns Professor Kiko, pessoas como você dentro de partidos com histórico de esquerda fortalecem a militância e dão esperança e exemplo para jovens assumirem as lutas futuras com boas referências. Chega de partido de esquerda se aliando com golpistas, se querem corrigir os erros e criar possibilidades é necessário começar novamente. Prefiro um partido pequeno e verdadeiro do que um partido grande cheio de acordos e tão vendido quanto os outros para se manter no poder.

    • QUEMFAZ DE TUDO PRA SE MANTER NO PODER ATÉ ONDE EU SEI SÃO PARTIDOS DE ESQUERDA, VIDE VENEZUELA, CORÉIA E OUTROS. VOCÊS DEVERIAM SER PRESOS POR APOIAR DITADURA!

  12. Identificado ao menos um agressor a Sabatella.

    Abagge. Ja está nos blogs . Leiam sobre o Banestado .

    Não sobra um. Se agride a esquerda, se é fascista, ou está precisando de dinheiro fácil, ou com medo de cadeia.