Censura às expressões “fraude” e “golpe” casou bate-boca no final de comissão no Senado

vanessa_censura_golpeTerminou em quiproquó a sessão de votação na comissão de impeachment no Senado, na manhã desta quinta (4), que culminou com a censura na ata das expressões “fraude” e “golpe”.

Uma questão de ordem da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) pediu a manutenção ipis litteris do pronunciamento de todos os senadores para o registro da História.

No entanto, o presidente da comissão, senador Raimundo Lira (PMDB-PB) decidiu excluir dos anais as expressões “golpe” e “fraude” cujo adjetivos eram direcionados ao relatório da própria comissão.

Para Vanessa, a censura é mais uma fraude processual e ela adiantou que recorrerá ao plenário para manter as falas dos senadores na ata.

“Ora, atas anteriores comprovam claramente que senadores, a exemplo de Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), acusou a presidente Dilma de cometer fraude eleitoral. Logo, todos podem falar o que bem quiser”, comparou.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) lamentou a censura e destacou o caráter autoritário da comissão do golpe. Segundo ela, “uma maioria circunstancial” impôs um tratoraço no colegiado.

Como esperado, a comissão do impeachment aprovou por 14 votos a 5 o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). Agora, a “fraude” seguirá para a pronuncia de juízo do plenário na próxima terça-feira, dia 9.

A previsão de votação sobre o afastamento ou não da presidente eleita deverá ocorrer no dia 29 de agosto.

Serão precisos 54 votos — ou dois terços dos 81 parlamentares — para afastar definitivamente a presidente da República.

Entretanto, pelas contas do Palácio do Alvorada, já somam 31 votos contrários ao golpe — quatro a mais dos 27 necessários.

No próximo dia 10, com o lançamento da ‘carta aos brasileiros’, Dilma espera ampliar esse apoio para até 40 votos.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Eu acho engraçado que esse pessoal que defende o PT e a corja vermelha nem cogita ir morar na Venezuela ou em Cuba porque sabem mas sabem mesmo que esse sistema nunca funcionou e nunca funcionará. Nós da direita liberal vamos agora governar sim para que o país seja uma grande nação de verdade, capitalista, de livre mercado e democrática, Empregos se gera com estado mínimo já!!!!

  2. Com efeito, há indivíduos que não perdem mesmo mau costume e, dessarte, adoram a posição de “cachorros vira-latas”, “mentes colonizadas” ou de “idiotas úteis”, como queiram!!

    Talvez no dia em que lerem “Casa-grande de Senzala” de GILBERTO FREYRE e/ou “O Povo Brasileiro” de DARCY RIBEIRO, aprenda a andar de cabeça erguida em pensamentos livres e conscientes de seus respectivos deveres para com o Brasil e às suas Futuras Gerações, das quais tomamos por empréstimo a Pátria e o Mundo; todavia, “o pulso ainda pulsa” (Arnaldo Antunes).

  3. Vai morar no paraíso de Cuba ou Venezuela. As populações lá são felizes. Em Cuba então eles adoram, centenas de cubanos anualmente morrem tentando chegar nos Estados Unidos não sei porque razão.

  4. Pena é que se esse golpe safado passar terei que criar os meus filhos em meio a esse lodo todo, bem assim terei que me virar para lhes explicar que ser honesto ainda vale a pena. Todavia, nesses tempos de históricos dissabores provocados por coxinhas, acéfalos, “somos todos cunha” e outros inconvenientes de cabelos louros comprados em farmácias, lhes confortarei com os versos advertidos de RUI BARBOSA, segundo o qual: “De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.

  5. Ainda faltam intermináveis 25 dias. Quanta burocracia.

    Que “golpe” é esse que segue todo esse ritual? Mas vamos lá, haja paciência pra tanto falatório.

    Afinal, admiro essas duas senadoras, que tiveram os maridos acusados e presos, por serem tão fiéis ao indefensável. Não deve ser nada fácil defender corruptos e transgressores.

  6. 14 x 5 pro Brasil

  7. Onde está escrito “PLANALTO” leia-se “Vovó Naná Requião”

  8. Esse povo favorável ao golpe demonstra claramente a mágoa e a inaceitabilidade pelo resultado das URNAS; PERDERAM, ou melhor, NÃO SABEM PERDER; APARTIDÁRIO e companhia tentem ganhar no VOTO. SE VENCEREM NA URNAS conversaremos.

  9. Vão carpi um lote, lava o loça pra mãe, parem de discutir sobre os políticos!!! Vamo tudo pra zona, come umas quenga, bebe pinga, vão ser feliz

  10. Será um alívio para o Brasil. Estou contando com os ministros Novos. Ciro, Beluzzo, Requião, outros voluntários decentes….

    Afastar a corja paralela representante dos agiotas que não da bola pro povo nem pro governo. Só pensam naquilo.

    Já pensaram num Brasil pensando em resolver as questões importantes?
    Os “funcionários” trabalhando e reconstruindo.

    Planejando a erradicação dos barracos, a mãe e pai de todas as indignidades e mazelas. A reconstrução da Cultura e a refundação da Educação, …..que seja com o ultimo ministro de Dilma…ou outro…. Mas com seriedade.

    Sufocar a propaganda da extrema direita e devolver os crápulas a suas insignificancias, para que seus eleitores os possam banir definitivamente.

    Um novo Brasil esta vindo, até para os midiotas. Vamos criar a biblioteca dis Coxinhas e matriculá-los.

    Punir os fascistas sociais com trabalho involuntário de lavar roupas de presos.

  11. Carta aos brasileiros !!! Por favor, me poupe