Leia a íntegra da defesa de Dilma Rousseff contra o impeachment no Senado

do Brasil 247

dilma_defesaA defesa da presidente eleita Dilma Rousseff entregou, nesta quinta-feira (28), na Comissão Processante do Impeachment no Senado, os documentos com as alegações finais do processo. A peça, com cerca de 500 páginas, foi entregue pelo ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, um dos advogados da defesa de Dilma.

“É uma peça que sintetiza todas as provas que foram reunidas ao longo desse período: testemunhas, perícias, prova documental. Tudo aquilo está sintetizado, e é feita uma análise das duas denúncias”, explicou Cardozo. Segundo o advogado, na peça da defesa também foram abordados vários fatos que surgiram ao longo desse processo. “Um deles, muito importante, foi a proposta de arquivamento que o Ministério Público Federal fez relativamente ao inquérito que tratava das pedaladas.”

Cardozo mostrou-se confiante na possibilidade de os senadores absolverem Dilma.

“Se for um julgamento justo, mesmo político, a absolvição é clara, não há prova nenhuma”, afirmou o advogado.

Ele acrescentou que há a possibilidade de a presidente fazer sua própria defesa no julgamento final do processo de impeachment, que ocorrerá no Plenário do Senado, sob o comando do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski.

“Eu só acho que o relator, o senador Anastasia, vai ter muita dificuldade em cumprir a ordem do partido dele, talvez ele cumpra. Mas vai ter muita dificuldade, porque é difícil dizer que exista alguma situação que permita a sustentação, com validade, desse impeachment”, disse.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) informou que senadores que apoiam Dilma entregarão um voto em separado à Comissão de Impeachment, em contraponto ao voto que será apresentado pelo relator na Comissão do Impeachment, o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).

A senadora disse ainda que vai requerer que a comissão colha o depoimento do procurador da República Ivan Claudio Marx, que determinou o arquivamento da investigação criminal que apurava se o atraso nos repasses do governo ao BNDES, as chamadas “pedaladas fiscais”, configuraram crime. Gleisi Hoffmann afirmou que pedirá o depoimento do procurador antes da leitura do voto de Anastasia, que está agendado para a terça-feira (2).

As alegações finais da defesa de Dilma serão agora analisadas pelo relator do processo, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), que deverá apresentar seu parecer sobre o processo até o dia 2 de agosto, quando o relatório será lido na comissão processante.

Leia a íntegra do documento:

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Eu juro!!!
    Após tentar ver as figurinhas deste documento, percebi que não tem nenhum atrativo importante!
    Tentei ler algumas folhas, mas vi que tem mais de 500 tópicos….ahhh daí não dá né!!!
    Numa sexta feira a tarde, perder tempo com essa bobagem.
    Se nem o Ministro Lewandowski vai ler essa porcaria, por que nós deveríamos?
    Tchau querida!

  2. A essa atitude, os eminentes causídicos dão o nome de jus sperneandi.

    Aliás, regra geral para todos os advogados do mundo inteiro: Orientar os seus constituidos para negar tudo e sempre.

  3. O NY Times vai publicar

    Dilma entrega sua defesa ao Covil.

  4. Volta Dilma ou Greve Geral para botar Fora Temer? Que os ricos paguem a conta da crise. Fora todos eles!

    • Bom dia, Silvana……os ricos pagando a conta dessa corja, jamais pagarão.
      Greve geral, vc deve estar fora da casinha…já está em 20% DE DESEMPREGO, e
      firmas fechando, umas com dezenas de anos, ou mais….
      Estamos em Pais..corrupto….a muitos anos…e o Lula…outro pinguço….olhou a reportagem de ontem….Lula e dilminha…….covardes, ladrões…..
      Sou apartidário….paredão para esses loucos….

      VAMOS LIMPAR ESSE PAÍS…….

    • Por que todo comunista só pensa em greve???? Acham que resolvem o problema criando outro problema???? O Brasil precisa urgente sair do fundo do poço e garanto minha cara, não será com mais greves que vamos conseguir tirar nosso país dessa crise. Temer é ruim??? É claro que é, pois se trocou seis por meia dúzia, tira-se a Dilma louca de pedra do poder e entrega ao seu vice, um sujeito totalmente despreparado e do mesmo naipe que seus CUmpanheiros. O nosso amado Brasil tem jeito???? É claro que tem, mas para isso o cidadão honrado e trabalhador precisa se envolver mais na política, pois só conseguiremos remover estes cânceres quando os bons tomarem conta.

  5. Dá até sono!