Em Curitiba, Richa cogita “chutar” Fruet para “ficar” com Greca

greca_richa_fruetO PSDB está flertando com o prefeito Gustavo Fruet, do PDT, mas a tendência é o partido governador Beto Richa “chutar” o pedetista para “ficar” com o ex Rafael Greca, do PMN.

Segundo um áulico palaciano, Richa vai cozinhar Fruet até a undécima hora, porém, aposta, o coração do governador tucano baterá mais forte pelo ex-prefeito Greca.

Sem alianças consistentes, o Palácio do Iguaçu trabalha para tirar Fruet “desde já” do segundo turno, isto é, retirando-lhe os partidos.

A situação vai ficando dramática para o prefeito, que tentará a reeleição. Ele dispensou o PT e desprezou o PCdoB.

Em jogo combinado com Ratinho Junior, do PSD, o tucanato orientou parte das agremiações de centro-direita para a candidatura do deputado Ney Leprevost.

Ou seja, Richa quer duas candidaturas disputando a Prefeitura de Curitiba. Ratinho quer estar “apartado” do chefe no primeiro turno.

Corre por fora o deputado Requião Filho, do PMDB.

Maria Victória, a Vic, pelo PP, deverá receber o apoio do PCdoB de Ricardo Gomyde — que foi desprezado por Fruet.

Leitão Vesgo, o pai da moça que é ministro da Saúde, já iniciou a leitura de O Capital, de Karl Marx, para discutir com os comunistas.

Comentários encerrados.