Diretório do PCdoB confirma apoio a Leprevost na disputa por Curitiba

ney_gomyde_obamaA direção municipal do PCdoB de Curitiba aprovou neste sábado (30), por 10 votos favoráveis, apoio à chapa liderada pelo deputado Ney Leprevost, do PSD, na disputa pela Prefeitura da capital paranaense.

Com isso, o PCdoB passam a integrar a chapa PSD, PSC, PEN que homologou hoje o nome de Leprevost.

Houve luta na legenda vermelha, pois o deputado Requião Filho, do PMDB, obteve seis fotos favoráveis. Um membro do diretório subiu no muro, isto é, absteve-se.

O resultado desagradou a presidente municipal do PCdoB, Elza Campos, que deverá renunciar ao cargo. Ela chegou ser cogitada para a vice na chapa do deputado Tadeu Veneri, do PT.

A coligação do PCdoB, segundo Ricardo Gomyde, visa eleger como vereador Messias da Silva, o Obama das Araucárias. O sindicalista teria a garantia da UGT (União Geral dos Trabalhadores), braço político do PSD, para sua campanha à Câmara Municipal.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Que triste ver isso.

  2. Aliar-se ao pseudo comunista que veste camisa Lacoste vai fazer com que perca votos.

    Socialistas e comunistas na República de Curitiba não se criam. Vai dar Greca e PT (perda total) saudações.

  3. Leprevost tá com o burro na sombra.
    Ganhando ou perdendo a prefeitura, ele continua deputado até 2018, e a
    campanha como candidato à prefeitura em 2016, o ajudará a manter o seu
    nome em evidência, e já é meio caminho andado para a campanha à
    “deputança” estadual em 2018, que é o seu real objetivo.
    Gomydezinho e o PC do B. vão de bucha de canhão nessa.

  4. Que vergonha PC do B.

  5. Essa fotinha do Gomide parecendo um anão e vestido como pré-escolar foi publicada de sacanagem! Ou não?

  6. A direção municipal do PCdoB de Curitiba aprovou neste sábado (30), por 52% de votos favoráveis a Leprevost do PSD, e 48 % a favor a Requião Filho do PMDB, na disputa pela Prefeitura da capital paranaense. Com este resultado os comunistas saem rachados da Convenção. A Professora Elza Campos, presidente do Diretório Municipal do Partido, imediatamente após ler o resultado da convenção renunciou ao cargo de direção visivelmente triste e emocionada com o que chamou de “erro histórico”. Velhos e reconhecidos militantes como: Zenir Teixeira, Luiz Manfredini, Elza Campos, Carlos Maia, Francisco de Assis França (professor Kiko), Paulo Adolfo Nitsche (Dodô), Cláudio Ribeiro e outros aguerridos, disseram que infelizmente o partido de mais de 90 anos de história, com este resultado, demonstra que tem dois principais adversários: os externos (conservadores, reacionários e os golpistas (Leprevost tem sido um crítico e inimigo de Lula e Dilma) e os adversários internos (os pragmáticos, os sectários e carreiristas). A crítica maior é contra o personalismo do dirigente Ricardo Gomide, seus assessore Dr. Zequinha, Messias da Silva (ex assessor de André Vargas preso na Lava-Jato) e outros colaboradores menores, que querem sempre monopolizar as ações do Partido tanto no município como no estado.

  7. Que engraçado, o Ney que sempre criticou os vermelhos, agora vai andar de mãos dadas com o PC do B. Chapa direita comunista, primeira vez que vejo.

    Greca que deu paulada até ontem no Richa e no Ducci, estão de mãos dadas amarrados até o fundo agora. Qual será a próxima chapa política??nada muda mesmo…

  8. Caro Esmael,

    Você não deveria esquecer os problemas federais e universais apesar dos loukais.

    Não saiu nada sobre a venda do poço de 22 bi por 6 bi. Os cupins do Temer roendo.
    E ele diz quexesrá preparado para a vaia. Pode? É maluco ou desavergonhado ou está na conta financeira?

    Grata,