Congressistas dos EUA denunciam ilegitimidade do interino Michel Temer

congressistas_euaNos Estados Unidos, a denúncia sobre a farsa do impeachment de Dilma Rousseff, encampada por grandes jornais como o The New York Times, ganha força agora entre parlamentares norte-americanos. Em carta a John Kerry, 33 parlamentares pedem ao secretário de Estado que se abstenha de declarações favoráveis ao golpista Michel Temer (PMDB). A sugestão de matéria é de Paulo Henrique Amorim, do Conversa Afiada.

Congressistas dos EUA denunciam a ilegalidade do impeachment

por Miguel Martins, com Eduardo Graça, na CartaCapital

Em uma carta enviada na sexta-feira 22 a John Kerry, secretário de Estado, 33 congressistas do Partido Democrata e diversas entidades sociais e sindicatos, entre eles a influente Federação Americana do Trabalho e Congresso de Organizações Industriais, pediram ao integrante do governo de Barack Obama e provável representante norte-americano nas Olimpíadas do Rio de Janeiro para lidar de forma cautelosa com as “autoridades interinas” brasileiras e de se abster de declarações ou ações passíveis de serem vistas como um apoio dos Estados Unidos à campanha contra a presidenta eleita.

“Nosso governo deve expressar sua forte preocupação com as circunstâncias que envolvem o processo de impeachment e exigir a proteção da Constituição democrática no Brasil”, afirmam os signatários do documento ao qual CartaCapital teve acesso.

A carta seria endereçada a Kerry na segunda-feira 25, mas teve o envio antecipado após seu vazamento para a embaixada do Brasil em Washington. Ao receber a missiva, o Luiz Alberto Figueiredo Machado, embaixador do Brasil nos EUA, encaminhou uma réplica aos signatários na quarta-feira 20, na qual defende a legalidade do processo de impeachment.

O esforço de Machado em convencer os congressistas a rever sua posição mostra como a carta é incômoda para o governo interino. A estratégia não deu certo. Em tréplica, o deputado democrata Alan Grayson afirmou esperar que a correspondência dos parlamentares “ajude a Administração a rever sua posição política em relação ao que aconteceu no Brasil”.

“Este não é um julgamento legal, mas político, onde dois terços de um Senado tomado pela corrupção podem dar fim ao mandato de Dilma”, afirmam os parlamentares e entidades na correspondência a Kerry. “O processo de impeachment está sob críticas de irregularidades de procedimentos, corrupção e motivações políticas desde seu início. O governo dos EUA deveria expressar sua preocupação sobre a ameaça às instituições democráticas que se desdobra em um dos nossos mais importantes aliados econômicos e políticos da região.”

A carta tece duras críticas ao presidente interino: “Michel Temer chegou ao poder e imediatamente substituiu uma administração progressista, diversa e representativa por outra que inclui apenas homens brancos a anunciar planos de impor a austeridade, a privatização e uma agenda de extrema-direita”. O documento lista ainda o pacote de maldades prometido pelo governo interino e a “divisão profunda” da sociedade brasileira.

A carta relata também a queda do ex-ministro Romero Jucá por causa da divulgação de sua conversa com Sérgio Machado, operador do PMDB na Lava Jato e um dos delatores da operação, e registra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo que considerou Temer ficha-suja e o tornou inelegível, “incluindo para o cargo que atualmente ocupa”, por oito anos.

Os congressistas e entidades alertam Kerry do fato de Dilma Rousseff jamais ter sido acusada de corrupção e que as pedaladas fiscais, motivo alegado para seu afastamento, são “práticas utilizadas largamente em todos os níveis de governo no Brasil, incluindo seus dois antecessores”.

Em conclusão, os congressistas e entidades se dizem preocupados com os sinais emitidos pelo governo americano que “podem ser interpretados como um apoio” ao afastamento de Dilma. “Pelo fato de muitos brasileiros terem rotulado o processo de impeachment como um ‘golpe’ contra a presidenta brasileira eleita, é especialmente importante que as ações dos EUA não sejam interpretadas como favoráveis ao impeachment.”

Eles lembram ainda que, em 19 de abril, dois dias após a Câmara dos Deputados ter votado o afastamento de Dilma, o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) reuniu-se com Thomas Shannon, subsecretário de Estado para Assuntos Políticos. “Essa medida foi interpretada como um gesto de apoio ao afastamento de Dilma do cargo.”

Ao saber do conteúdo da carta, o embaixador Figueiredo enviou a réplica a cada um dos congressistas afirmando estar “surpreso”. “Permita-me esclarecer que o processo de impeachment de Dilma Rousseff está sendo realizado de acordo com as exigências da lei brasileira”, afirma o diplomata. “A Constituição brasileira está sendo respeitada de forma rigorosa pelas três esferas de governo, um fato que pode ser corroborado a partir de uma análise cuidadosa e imparcial.”

“Eu sublinho que a firme batalha contra a corrupção tem o apoio da grande maioria da população brasileira e tem gerado demonstrações de admiração e apreciação da comunidade internacional”, emenda o embaixador, para então defender o interino. “Temer expressou publica e repetidamente seu comprometimento na luta contra a corrupção e em manter o ritmo das investigações em curso no Brasil livres de qualquer tipo de viés político ou partidário”.

Em uma linha semelhante à desqualificação do New York Times por seus editoriais críticos ao impeachment, o embaixador afirma que considerar o processo manchado por “irregularidades, corrupção e motivações políticas” revela “desconhecimento do sistema jurídico brasileiro”. A carta segue o discurso falacioso. “O respeito às regras orçamentárias esteve presente no Brasil em cada Constituição brasileira como um dever que um dirigente público não pode negligenciar.” O festival de enganação não arrefece até o último alento.

“O embaixador não reconhece problema algum com o processo, apesar de diversas organizações internacionais, veículos de mídia, intelectuais, acadêmicos, organizações da sociedade civil, artistas, mulheres e grupos de direitos humanos terem manifestado uma séria preocupação com a falta de transparência do processo”, diz Maria Luísa Mendonça, coordenadora da rede Social Justiça e Direitos Humanos.

Resta saber se Kerry, também democrata, se sensibilizará com a denúncia de seus correligionários quando vier ao Brasil para os Jogos Olímpicos.

Abaixo, a íntegra das cartas dos congressistas e de Figueiredo:

https://drive.google.com/file/d/0BzuqMfbpwX4wUDlma2FEbF9DRDQ/view

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ei alguém pode fazer o favor de informar aos babacas dos outros paises que nós brasileiros não estamos dando a minima para o que eles dizem ou pensam. Eles não estão dando conta nem do pais deles e quer colocar a colher deles aqui.

  2. Olha só isso.
    Até os achacadores e ladrões de petróleo americanos, acham que é golpe.
    E aí rede globo, a TV mais vira lata do mundo, o que acham disso agora?
    Onde estão os coxinhas que gostam de limpar penico dos americanos?
    Cadê os revoltados ? E aquele vesguinho de zóio fechado??
    Cadê as paneleiras de pinheiros ?
    Os vira latas brasileiros, que balançam o rabo quando estão na presença de americanos, devem estar coçando as pulgas.
    Cadê o Crime, seus vagabundos????????

  3. Maria vai dar pra alguem ou ninguem te quer vc esta igual a dilminha ninguem quer. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Greenwald dá uma catracada na Folha.

    Kerry dá uma catracada no depto de estado.

    Congressistas americanos dão uma catracada nos brasileiros.

    CEPR dá uma catracada no Data Folha.

    Que os catracados tomem vergonha.

  5. podem a ter patrocinio (acho que tem) mais custam menos que 1% do patrocinio da tal imprensa , a qual vc e milhares acreditam. .

  6. Eles estão chocados com o renascimento do fascismo no próprio país após tanta omissão e legalidade de malfeitos.

    E com a reação dos negros após tanta humilhação e omissão.

    Cuidem -se pois as feras estão soltas, aqui e acolá.

    Uma catracada na autoridade não lhe fará mal.

    O Congresso americano tem limites, apesar de não gostar de povo. O nosso não tem.

    Quanto ao povão que se intitula classe média, aqui e acolá iguais. Só formação básica para serem enganados, e se for bem sucedido comprar uma franquia.

    A elite cultural e dominante é a mesma desde sempre.

  7. Segundo o GGN Renan acaba de salvar o pescoço corrupto. Temer e amigos salvam o pescoço De Renan em troca da confirmação do golpe.

    A parte da grana não dizem.

    Sacripanta, cabelo de graminha, falso, enganador do povo alagoano, que sequer tem uma mídia decente pra saber de seus malfeitos.

    Então Machado estava certo em te delatar. FDP.

  8. Pelo fim dos CARGOS COMISSIONADOS no governo do Paraná

    JÁ que Imposto então só serve pra pagar as regalias desses Cargos Comissionados ao invés de HONRAR os DIREITOS DOS SERVIDORES

    PELO BOICOTE AOS PARTIDOS DA BANCADA DO CAMBURÃO ( PSDB, PP, PSC, SD, DEM, PDT, PTB E PSB) que votaram contra a população (PACOTAÇOS) E contra os Servidores do Paraná e

    PELA NÃO APROVAÇÃO DO CALOTE AOS SERVIDORES – GREVE GERALLLLLL!

    • O loco indio, vem pra cidade e fica por dentro das noticias , pra não falar asneiras.

      • Notícias, é assim que se escreve, ou não aprendeu ainda.
        Estou bem por dentro delas.
        E asneira quem escreve é vc “pé vermeio”, tá preocupado com o carguinho, não tem outra coisa para fazer.
        Então:

        Pelo fim dos CARGOS COMISSIONADOS no governo do Paraná URGENTE

        JÁ que OS NOSSOS Imposto então só serve pra pagar as regalias desses Cargos Comissionados ao invés de HONRAR os DIREITOS DOS SERVIDORES

        PELO BOICOTE AOS PARTIDOS DA BANCADA DO CAMBURÃo que votaram contra a população os (PACOTAÇOS) contra os Servidores do Paraná e

        E PELA DEVOLUÇÃO DO AUMENTO DO IPVA QUERO DE VOLTA ESSE 1%! JÁ QUE AUMENTOU E NÃO QUEREM NEM PAGAR OS SERVIDORES.

        E PELA NÃO APROVAÇÃO DO CALOTE AOS SERVIDORES

        GREVE GERALLLLLL

    • Mim índio concorda, pau nessa gente que só rouba nossa madeira, nossas terras, nossos animais, nossas mulheres!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. Ahhhhh tá…então quer dizer que o parlamento americano tá preocupado com a situação do Brasil e não tá nem aí para o processo eleitoral entre Donald Trump e Hilary Clinton?
    Também não tá nem preocupado com o terrorismo internacional né?
    Ah Paulo Henrique Amorim, é um imbecil que recebeu milhares e milhoes do governo do PT para falar a favor daquele governo.
    Portanto, tudo que ele fala é motivado apenas por dinheiro.
    É um canalha! Consta na lista da qual também está o BLOG 247 e também Ismael Morais.

    • Coxinha imbecil

    • Cara mais panaca que já apareceu neste blog. Não aceita que lá fora o mundo vê este GOLPE que os mamonas amarelos e verdes financiados pela FIEP que apoiou o chorão Aécio e que teve um marketing garantido pela Globo, ISTO É e Veja está custando caro para muitos brasileiros e o tiro saindo pela culatra.

      O que os Congressistas americanos sabem e estão alertando o seu governo do que está acontecendo no Brasil é o que este panaca não quer aceitar e nem entender.

      Afinal esperar o que de um sujeito que saiu às ruas pedir a cabeça da Presidente Eleita e até agora não se conseguiu provar nada em relação a denuncia de Responsabilidade Fiscal que já foi para o vinagre. Ou será que vão agora atacar pelas denúncias dos marqueteiros. Mas com se diz. Quem acusa tem o ônus da prova.

      E sinceramente nós brasileiros fomos feitos de palhaço por estes golpistas. Só abobados que ainda acham que eles estão certos e o mundo inteiro está errado.

      É por caras como estes que foram às ruas que hoje o Brasil está com um índice de desemprego maior que no tempo dos PT Corrupto.

    • Caro Sandor, tb. fiquei estarrecido com esses 33 parlamentares americanos, mas que tal escrever pra eles e não para os leitores deste blog? Só não me use o tradutor do google, pra não aumentar a nossa vergonha. Abraços

    • Ué… agora não entendi mais nada!!! Para a trupe do PT e os comunistas de carteirinha aqui do blog, o tal “golpe” não era obra macabra dos americanos????? Não estaria o tal “golpe” sendo financiado pelos americanos??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Essa trupe está mais perdida que cego em tiroteio, estão se agarrando a qualquer notíciazinha para ver se convencem o cidadão de que o mundo acredita que tudo foi um “golpe”!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Mas que tipo de “golpe” é este que dá todas as chances de defesa, que ouve dezenas de testemunhas, que “golpe” é este onde não tem presos políticos e nem mortos e feridos???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      CHORA PTZADA, A DILMA JÁ FOI, JÁ ERA, ACABOU…