Temer confirma viagem ao Paraná depois de admitir que deu golpe de Estado

temer_globonews_lula_klabinO interino Michel Temer (PMDB) depois de cometer sincericídio, em entrevista ao jornalista Roberto D’Ávila, da GloboNews, confirmou viagem na próxima terça-feira (28) para o município de Telêmaco Borba, no Paraná, para inaugurar nova fábrica da Klabin.

Vamos em partes, como faz o Jack — o estripador:

Ontem (21), Temer admitiu pela primeira vez que cometeu golpe de Estado. Ele mesmo repercutiu sua entrevista pelo Twitter:

“E ademais disso, pelo que sei, a senhora presidente utiliza o avião, ou utilizaria, para fazer campanha denunciando o golpe.”

Quanto à viagem ao Paraná, símbolo do golpe, trata-se de evento para inaugurar fábrica em Ortigueira iniciada com Lula e concluída sob Dilma. (A sede da empresa fica em Telêmaco, mas a unidade fabril no município vizinho).

Os investimentos na unidade são de aproximadamente R$ 8,5 bilhões. Parte dessa grana saiu da viúva, via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O governador Beto Richa (PSDB) já consolidou a agenda e reservou lugar ao lado do golpista. Ambos irão inaugurar mais uma obra do PT.

Segundo informações de orelhas secas do Blog do Esmael na região dos Campos Gerais, o avião presidencial aterrisará dia 28 de junho entre 8h e 9h no aeroporto de Telêmaco Borba.

A militância antigolpe já prepara faixas com inscrições “Fora Temer” e “Fora Beto Richa”.

Comentários encerrados.