Rafael Greca enfrenta “crise suíça” na corrida pela Prefeitura de Curitiba

greca_vices_2016O engenheiro Rafael Greca (PMN) enfrenta uma crise sui generis, do tipo suíça, para fechar sua chapa para disputar a Prefeitura de Curitiba. Explica-se:

O ex-prefeito ampliou o leque de alianças em três direções e, por isso, há pluralidade de pretendentes ao cargo de vice.

Tal qual uma crise suíça, cujo dilema é escolher o tipo de queijo que se comerá, Greca tem à disposição José Antônio Andreguetto (PSB), Eduardo Pimentel (PSDB) e Maria Victória Borghetti Barros (PP).

Os três nomes tem ligação com o governador Beto Richa (PSDB), mas o preferido do tucano é o seu subchefe da Casa Civil Dudu — neto do ex-governador Paulo Pimentel.

A deputada Maria Victória é indicada pelo pai Ricardo Barros, ministro interino da Saúde, também conhecido como “Leitão Vesgo”; Andreguetto é o pedido de contrapartida do ex-prefeito Luciano Ducci, que abriu mão da candidatura pelo PSB para apoiar Greca.

Além de Greca, também pleiteiam a cadeira do prefeito Gustavo Fruet (PDT), que vai à reeleição, os seguintes candidatos: Tadeu Veneri (PT), Requião Filho (PMDB) e Ney Leprevost (PSD).

14 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Awesome write-up. I am a regular visitor of your site and appreciate you taking the time to maintain the nice site. I will be a frequent visitor for a long time.

  2. I simply want to mention I am newbie to blogging and truly enjoyed you’re web page. Almost certainly I’m going to bookmark your blog post . You definitely have superb articles and reviews. Thank you for sharing with us your web-site.

  3. Nobre Esmael, o vice do Greca será o Paulo Bracarense. Entrará de última hora.
    Esse é o jogo de Brasília, aonde ele tem força. O Luciano já sabe; agora todos vocês…..
    A Política como ela é em tempo real.

  4. Só imagino a escolha entre Caravela 500 anos(com excesso de carga, PSB, PSDB,PP e outros mais) x capivara colorida (sem vermelho)! Oposição só o filho do Führer.

  5. Acredito numa chapa de Tadeu Veneri (PT) e Requião Filho (PMDB).

    • Por falar em Veneri, sabe dizer a quantas anda o processo crime de falsificação das notas fiscais nº 14233 e 14359 apresentadas por ele a Assembleia para receber verbas de ressarcimento no valor de R$ 275 mil, referente a ação popular ingressada na 8º Vara da Fazenda Pública de Curitiba?

      • Tem fontes sobre esse tal processo? Se tiver o número dos autos, melhor ainda, porque aí eu posso consultar pelo sistema Projudi.

      • A ação que foi julgada improcedente, pois não passava de vingança de um deputado que não se reelegeu?

  6. Greca, dentre as escolhas “disponíveis”, a que menos o compromete, é o
    José Antônio Andrighetto.
    Com a “Victorinha”, você perderá.
    Com esse Pimentel mal arranjado (Paulo Pimentel não teve filho homem),
    talvez você tenha alguma chance, mas terá que carregá-lo nas costas.
    Acho que a jogada de mestre mesmo, seria você e o Ney conversarem, mas
    como a sede de poder e a vaidade contam muito para os dois, acredito
    que nenhum de vocês será eleito.

  7. Nossa senhora..só porcaria.

  8. segundo turno ney e greca quem vai ganhar sabe Deus.

  9. Quem é Luciano Ducci na ordem do dia?
    O boca murcha não possui votos. Ele não manda no PSB. Todos os demais deputados estaduais possuem mais votos, influência e liderança do que ele.
    Nem se cogita deixar de lado um nome como Deputado Stephanes Junior em favor de Andriguetto que nunca recebeu um voto.
    O certo que já começa ficar claro que se formou 2 grupos fortes para encarar o desmotivado Gustavo Fruet.
    Um grupo do passado, representado por Greca, Ducci e Beto Richa e outro mais recente, por Ney Leprevost e Ratinho Junior.

  10. Pois é nobre blogueiro, quando o Greca, aliado e bem próximo do Lerner, desafeto do Requião, foi convidado convenientemente para ingressar no PMDB sob elogios e abraços do próprio Requião and caterva estava tudo certo, não se via nada que o desabonasse. Agora que rompeu com a turma manjada e se tornou adversário político é veementemente criticado. Enquanto serviu era bom, agora deixou de ser.
    Muito “isentas” e “imparciais” as notícias aqui publicadas. E “confiáveis” também! “Parabéns”!

    • Alguém acredita em ideologia partidária???
      cada um samba conforme a musica todos
      uma hora o playboy corta relações com o Taniguchi anos depois foi seu secretario
      Requião foi adversario era amigo do Osmar na eleição de 2006 virou inimigo e em 2010 já era amigão.
      Temer era vice da Dilma
      quem liga no final são todos farinha do mesmo saco