Projetos das Praças do Centenário aguardam aval do Paranacidade

materia 8.praca do mitreA concorrência pública para execução das obras de revitalização das Praças do Mitre, da Bíblia e da Paz – as chamadas Praças do Centenário de Foz do Iguaçu já foi realizada pela Prefeitura. Mas o resultado final, que deve sair nos próximos dias, deverá passar ainda pela análise técnica do Paranacidade, órgão vinculado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano, que liberou R$ 6 milhões para as obras.

Os projetos básicos e executivos das praças foram desenvolvidos pelo Fundo Iguaçu em 2013 e deveriam ter sido executados ainda em 2014, para as comemorações do centenário do município. O atraso foi gerado por uma série de fatores, em especial a falta de verbas para execução. Também foi necessário fazer ajustes, para detalhar melhor e complementar os projetos.

O objetivo principal dos projetos de revitalização é garantir um espaço de lazer e convivência para o iguaçuense e os turistas que nos visitam. Mas cada praça terá um diferencial.

materia 8.praça bibliaNo caso da Praça da Paz, as alterações vão abranger todo o trecho entre a Avenida Jorge Schmmelpfeng e a Rua Quintino Bocaiúva, incluindo um calçadão no trecho da Rua Barão do Rio Branco. Como o trecho inclui o local onde ocorre a Feirinha da JK, o projeto cria uma espécie de “Largo da Ordem de Foz”, mais ou menos aos moldes do trecho histórico do centro de Curitiba, onde há eventos culturais, de lazer e de comércio.

Ali, haverá um anfiteatro ao ar livre e um grande espelho d´água, que terá, entre outros detalhes, um imenso painel que será produzido pelo artista plástico Miguel Hachen, argentino naturalizado brasileiro. O painel, que terá um custo de R$ 500 mil, será pago pelo Fundo Iguaçu, já que não foi incluído nos investimentos do governo do Estado.

Comentários encerrados.