Projetos das Praças do Centenário aguardam aval do Paranacidade

Publicado em 15 junho, 2016

materia 8.praca do mitreA concorrência pública para execução das obras de revitalização das Praças do Mitre, da Bíblia e da Paz – as chamadas Praças do Centenário de Foz do Iguaçu já foi realizada pela Prefeitura. Mas o resultado final, que deve sair nos próximos dias, deverá passar ainda pela análise técnica do Paranacidade, órgão vinculado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano, que liberou R$ 6 milhões para as obras.

Os projetos básicos e executivos das praças foram desenvolvidos pelo Fundo Iguaçu em 2013 e deveriam ter sido executados ainda em 2014, para as comemorações do centenário do município. O atraso foi gerado por uma série de fatores, em especial a falta de verbas para execução. Também foi necessário fazer ajustes, para detalhar melhor e complementar os projetos.

O objetivo principal dos projetos de revitalização é garantir um espaço de lazer e convivência para o iguaçuense e os turistas que nos visitam. Mas cada praça terá um diferencial.

materia 8.praça bibliaNo caso da Praça da Paz, as alterações vão abranger todo o trecho entre a Avenida Jorge Schmmelpfeng e a Rua Quintino Bocaiúva, incluindo um calçadão no trecho da Rua Barão do Rio Branco. Como o trecho inclui o local onde ocorre a Feirinha da JK, o projeto cria uma espécie de “Largo da Ordem de Foz”, mais ou menos aos moldes do trecho histórico do centro de Curitiba, onde há eventos culturais, de lazer e de comércio.

Ali, haverá um anfiteatro ao ar livre e um grande espelho d´água, que terá, entre outros detalhes, um imenso painel que será produzido pelo artista plástico Miguel Hachen, argentino naturalizado brasileiro. O painel, que terá um custo de R$ 500 mil, será pago pelo Fundo Iguaçu, já que não foi incluído nos investimentos do governo do Estado.