Prisão de “Japonês da Federal” desfalca eleições no Paraná e no Brasil

japones_federal_eleicoes

O agente da PF Newton Ishii, o Japonês da Federal, é celebridade no Brasil e no mundo. Hoje, por exemplo, sua prisão foi notícia na CNN Internacional, que relatou a repercussão do fato nas redes sociais brasileiras.

Considerado a “cara” da Lava Jato e sex symbol dos “coxinhas”, o Japonês da Federal representará um desfalque proporcional à sua fama em algumas campanhas eleitorais em Curitiba e no Brasil.

Ishii seria candidato a prefeito da capital paranaense ou a vereador na chapa encabeçada pelo deputado Ney Leprevost (PSD). O Japonês da Federal também era sondado para a vice de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) à Presidência da República.

O Japonês da Federal também era considerado aos olhos dos coxinhas um dos integrantes da “Liga da Justiça” — a Lava Jato — ao lado do juiz federal Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol.

liga-da-Justiça-2-editada

Comentários encerrados.