Por Esmael Morais

O bicho vai pegar neste sábado na “República de Curitiba”. Vai ter mega “Fora Temer” e “Fora Supreminho”

Publicado em 03/06/2016

O governo provisório de Michel Temer (PMDB) determinou ao Congresso que acelere o ataque à democracia e, concomitante, a subtração de direitos sociais. Tudo com a anuência do STF.

Dentre as propostas dos golpistas já aprovada pela Câmara está a redução de recursos para a saúde e educação, através da DRU, privatizações, fim da CLT e aumento da idade mínima para aposentadorias para os trabalhadores.

Paralelamente, numa espécie de cumprimento de pacto com o “Supreminho”, Temer autorizou os congressistas a trocarem um aumento de até 41% pela desobstrução do processo de impeachment no judiciário.

A marcha pelo “Fora Temer” e pelo “Fora Supreminho” de amanhã também será contra o pacto dos golpistas para pôr fim às investigações da Lava Jato.