Interino Michel Temer sofre mais duas importantes derrotas em menos de 24 horas

temer_melo_boullosO presidente provisório Michel Temer (PMDB) colecionou mais duas derrotas em menos de 24 horas. A penúltima diz respeito à volta do jornalista Ricardo Melo, por determinação do Supremo, à presidência da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A antepenúltima ocorreu ainda ontem à noite (1º), quando o golpista recuou diante da ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), na ocupação do gabinete da Presidência da República em São Paulo.

Em relação à EBC, coube ao ministro Dias Toffoli, do STF, deferir liminar nesta quinta-feira (2) revogando decreto de Temer que exonerava o jornalista do cargo. Melo tem mandado de quatro anos fixado em lei.

Quanto ao MTST, Temer recuou da decisão de cancelar 11.500 unidades do programa Minha Casa Minha Vida. Com a vitória do Povo Sem Medo, o escritório da Presidência da República foi desocupado na manhã de hoje.

O fraco governo provisório vem se caracterizando pelos constantes recuos. Além desses da EBC e do MTST, Temer ainda voltou atrás da extinção do Ministério da Cultura; de declarações sobre cobrança de mensalidade nas universidades públicas e redução do Sistema Único de Saúde; dentre outras.

Comentários encerrados.