Filho de Richa é o novo “bicho-papão” dos deputados no Paraná

marcelo_richa_beto_aecio_neves_PSDBA pré-candidatura do presidente da Juventude do PSDB, Marcelo Richa, filho do governador Beto Richa, está apavorando pelo menos metade da Assembleia Legislativa do Paraná.

O filhote de tucano disputará uma das 54 cadeiras em 2018 e, determinado que é, percorreu os 399 municípios em busca de apoio de prefeitos, vereadores e lideranças regionais.

Até agora, segundo um apavorado deputado governista, Marcelo conta com 100 prefeitos “firmes” debaixo do braço. “Uma disputa desigual, portanto”, reclama.

Os parlamentares mais “sabidos” da Assembleia, todos obedientes ao Palácio Iguaçu, tiraram uma linha comum: deixar o filho de Richa brincar de candidato, atender aos prefeitos, mas, lá na frente, condicionariam o apoio ao tucano-pai para o Senado à retirada da candidatura de Marcelo à Assembleia.

O diabo é que o tiro depois de disparado, muitas vezes, não pode ser parado. Isto é, a candidatura de Marcelo Richa pode ter virado um fato consumado sem direito a voltar atrás.

23 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. FORA ESTA RAça infame dos rixas da vida!

  2. I just want to tell you that I’m new to blogging and site-building and definitely enjoyed your web page. Almost certainly I’m planning to bookmark your website . You certainly come with superb article content. Regards for revealing your blog site.

  3. Drogado do caramba esse filho dele, ja cheiramos altos pó junto na facul. kkkkk filinho mimado, pensa em um que cheirava tudo, sorte que lá os quadros não eram à giz.

  4. Pra quem elegeu beto lixo continuar com lixo tem quem gosta, tem sempre quem vive de lixo e no final todo lixo se junta.fica beto lixo,vem mais betinho lixo.

  5. SR. Justo você já e??? fica beto lixo vai beto lixo agora continua beto com o filhinho mais beto lixo sim richa com tem imbecis vai te catar justo foi rejeitado,nada ver.

    • Você teria que interpretar melhor o que lê, mas vou ajudá-lo, vivemos em um país com plena democracia, que permite até pessoas que não querem ver falar, ótimo, no entanto, não estou defendendo o filho ou pai, somente enfatizando que qualquer pessoa pode se candidatar, todos tem o poder de votar ou não, em vez da maioria ficar criticando façamos algo de bom, mostrar a imparcialidade e analisar os atos, podemos ser o que queremos, sem causar transtornos aos outros, em uma sociedade justa seria isso.

  6. O sol nasceu para todos, qual a preocupação, filho de qualquer um pode se candidatar, que preconceito antidemocrático, temos que amadurecer nesse aspecto, esperamos isso, lógico que alguns terão mais condições outros não, faz parte, esse garoto se o pai deixar um bom governo terá possibilidades, está na hora de cada qual cuidar de si e para de se preocupar com os outros desnecessariamente.

    • O maior feito do Diabo foi fazer o homem acreditar que ele não existe…

      E nesse processo deve ter usado argumentos muitos parecidos ao seu.

      • Sincero, o ponto de vista é nos atos e não pessoas, devemos escolher as pessoas e o que podem fazer por todos, o que seus atos podem prover, perdemos tempo nesse tipo de estereótipo, e ainda, os filhos podem pagar pelos atos certos ou errados do país? não é o foco esse rapaz mas sim o contexto, exemplo foi o pai do governador e hoje muitos acham que ele não trilhou como seu pai, faz parte cada qual tem sua postura.

    • Só tem de optar, se fica com o Cartório de Registro de Imóveis de Campina Grande do Sul, que lhe foi, gentilmente doado, ou, se lança a deputado estadual. Pois, supõe-se que o cartório lhe consome 8 horas de trabalho diário…

  7. E não tenho dúvida alguma que será um dos mais votados, diferente do filhote do velho louco comedor de mamonas que conseguiu apenas os votos suficientes para garantir a eleição, mesmo tendo o pai e o tio trabalhando pra ele, ahhh sem falar do rei do pedágio o Marcelo Almeida que também percorreu o Paraná pedindo votos por gurizinho de condominio. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. Acho que devia se candidatar primeiro a

    PRESIDENTE DE SINDICATO DOS PROFESSORES!

    Sindicato que diga-se de passagem parece estar mais preocupado com outras questões, esquecendo de trabalhar por

    MELHORAR SALÁRIOS, CONDIÇÕES DE TRABALHO, DIREITOS …

    Vou me dessindicalizar, tenho que fazer cortes no orçamento, tá ficando puxado com tanto arrocho, inflação tá complicado.

  9. Tinha é que sair já este ano como candidato à Prefeitura!!!!!

  10. Tá na hora da campanha

    “FIM DO NEPOTISMO – NÃO VOTE NEM NO FILHO DE “SEO” NINGUÉM”

  11. Nepotismo é ilegal, mas para um povinho que reelegeu filho de ex-político… nada nos surpreende…

  12. Eleito está! Com a quantidade de cargos comissionados que o talentoso pai criou, não será difícil dar inicio a mais esta promissora carreira politica.

    Basta ver o caso do senador Requião,que elegeu o sucessor ,apenas pelo sobrenome nome que tem.

  13. Se os deputados fizessem o trabalho deles direito (o que nem sempre fazem), não teriam com o que se preocupar. Quanto ao Marcello, um monte de outros “herdeiros” políticos (Requião Filho, Anibeli Neto, Lupion, Litro, Maria Victoria, Cury, etc) seguiram carreira política, não vejo problema nenhum ele tentar também. Pouco importa se é parente de político, o que interessa é se trabalha direito. Como ainda não ocupou um cargo, não acho certo julgá-lo quanto a isso, mas assim como todos os citados, com certeza terá que lidar com as vantagens e desvantagens que o peso do nome trás.

    • Já tem um passado de político: falsificou um Trabalho de Termino de Curso (TCC) na PUC, onde cursava Direito.
      Pode se eleger pois já sabe fazer maracutaia

  14. Combinaram com os eleitores? Será que o PSDB consegue eleger mais alguém?

  15. Filho de LIXO amigo de lixo,nem a pau Maecelo.

  16. Sim, mas quem é Pai de quem nessa foto?
    Acho que os Paranaenses não vão querer apanhar mais.
    A dinastia Richa acabou.
    Ou não??!!

    • Meu amigo, depois de constatar que políticos, como o senador Álvaro Dias, têm tido sobrevida excepcional neste Paraná (verdadeiro feudo de algumas famílias), tristemente afirmo que tudo é possível: e eleição desse anônimo “famoso” à Assembleia e a eleição do péssimo governador ao Senado. Quantos aos áulicos que cercam (e hipocritamente bajulam) a família Richa, vão roer as unhas mas vão engolir o herdeiro.