Dilma debaterá plebiscito com movimentos sociais na segunda-feira 13

dilma_lula_fora_temer

A presidente Dilma Rousseff se encontrará com as principais lideranças dos movimentos sociais que militam contra o golpe de Estado, na segunda-feira (13), para debater a proposta de plebiscito visando a antecipação das eleições presidenciais.

Dilma admitiu ontem (9) à noite pela primeira vez convocar consulta popular durante entrevista ao jornalista Luís Nassif, na TV Brasil, se o processo de impeachment for interrompido no Senado.

Ainda na tarde de ontem coube aos senadores Roberto Requião (PMDB-PR) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) detalharem no plenário a proposta de plebiscito.

Retornando ao cargo, Dilma pretende lançar uma carta compromisso com uma guinada mais à esquerda em relação aos 16 meses do segundo mandato.

Alguns setores dos movimentos sociais, tais como MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e as frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular ainda veem com reserva a ideia de plebiscito eleitoral.

Nesta sexta (10), Dilma se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede do Instituto Lula para também debaterem a proposta do plebiscito.

Comentários encerrados.