Ao vivo: Conselho de Ética deverá aprovar cassação de Cunha após pedido de prisão

O Conselho de Ética deverá aprovar nesta terça-feira (7) recomendação pela cassação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente afastado da Câmara, por quebra de decoro.

A reunião ocorre na mesma manhã em que veio à torna a informação de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a prisão dos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR), de Cunha e do ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) por obstrução às investigações da Lava Jato.

O relator do processo, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), recomenda a perda do mandato de Cunha por ter mentido à CPI da Petrobras ao declarar que não possuía contas no exterior.

Segundo o relator, a partir de documentos do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Banco Central, “os trustes instituídos pelo deputado Eduardo Cunha representam instrumentos para tornar viável a prática de fraudes”.

Eduardo Cunha é um dos mentores do golpe de Estado e do impeachment contra Dilma Rousseff. Por vingança, ele tramou para derrubar a presidente eleita e alçar o correligionário Michel Temer à condição de interino.

fora_cunha

Comentários encerrados.