Alvaro Dias: “Valorizar a Operação Lava Jato e garantir o impeachment”

alvaro_dias

O senador Alvaro Dias (PV), em sua coluna desta quarta (1º), defende a operação Lava Jato contra “predadores” flagrados em gravações, a exemplo dos ex-ministros da Transparência (Fabiano Silveira) e do Planejamento (Romero Jucá). Apesar desses fatos, Alvaro não vê motivos para interromper o processo de impeachment no Senado. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto:

Download do áudio

Valorizar a Operação Lava Jato

Alvaro Dias*

Em menos de vinte dias de governo, o presidente interino Michel Temer perdeu dois ministros flagrados em áudios insinuando tentativas de obstrução das investigações da Operação Lava Jato.

No caso mais recente, envolvendo o ministro da Transparência, independentemente do conteúdo da gravação, a vinculação do ministro a um fato que mostra a tentativa de se conspirar contra a Lava Jato tornou a permanência de Fabiano Silveira no cargo insustentável.

Quem está encarregado da transparência, fiscalização e controle do governo não pode participar de ações que tenham como objetivo comprometer os trabalhos da Operação Lava Jato. A permanência do ministro desacreditaria a promessa do presidente interino Michel Temer de que não interferiria na Lava Jato. O governo Temer tenta conquistar credibilidade junto à sociedade brasileira, e manter ministros envolvidos em investigações não é um bom caminho.

De qualquer forma, os áudios com tentativas de obstrução à Operação Lava jato mostraram que não houve avanço. Foram tentativas que não deram resultado, já que a Operação Lava Jato prossegue de forma ininterrupta e irresistível, e irá até o fim. Os avanços devem ser consagrados e não devemos permitir retrocessos. O que precisamos é, cada vez mais, valorizar e aplaudir o trabalho do Ministério Público, da Polícia Federal e da Justiça Federal.

Os oposicionistas ao atual governo dizem que a divulgação dos áudios envolvendo políticos do PMDB pode prejudicar os trabalhos da comissão do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Essa será mais uma tentativa frustrada de impedir que o itinerário do impeachment seja percorrido na legalidade, pois não há nenhum obstáculo aparente para impedir que esse processo tenha prosseguimento. Os fatos aludidos nas gravações não dizem respeito ao processo do impeachment; ao contrário, esses fatos fortalecem a necessidade do impeachment, porque o País estava à deriva.

*Alvaro Dias é senador pelo Partido Verde. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

20 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Golpista/hipócrita/cara de pau.

  2. Aí Alvaro Dias, pelo menos uma vez na vida terei que concordar com você, cadeia pra toda essa corja que assaltou e está assaltando nosso Brasil!!! E claro, Lula e Dilma na cadeia jogando canastra com o Zé Dirceu Bandidão. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Alvaro me poupe você acaba com a paciência de qualquer um, como alguém com um currículo tão sujo igual ao senhor tem coragem de apontar o dedo a os demais.

  4. Esse alvaro dias deve ter comido merda quando criança pois fala muita merda.tucano de bico quebrado.

  5. Hipócrita!

  6. É incrivel como o blog ainda da espaço para um maluco demagogo desse. So tenho una duvida sobre esse senador se ele é pura merda ou merda pura

    • O Blog, não sei porque, dá espaço a cada um que vou dizer viu … um dos que mandavam a ripa em todos e em tudo, hoje está preso, o André Vargas do PT. Espero que esse daí, não muito tempo, também esteja devidamente preso e seus bens indisponíveis. GOLPISTA.

      Em relação aos comentários da Suzy (conforme comentários acima), são fatos que nada tem a ver uma coisa com outra. O impedimento da presidente eleita por 54 milhões de votos se sustenta em um suposto crime de responsabilidade que nem de longe chega a arranhar crime (as tais pedaladas apelidadas pelos golpistas). Da lava jato, a “farsa” tarefa para quebrar a Petrobras e as maiores empreiteiras do país, engendrada pelos agentes da CIA, tendo o seu cabeça o Moro, que levou um drible da vaca dos professores da UEM, pega exatamente quem quer o golpe, tenta incriminar as doações de campanha do Partido dos Trabalhadores, mas acerta em cheio PMDB, PP, PTB, PSB e o próprio PSDB e seus caciques, incluindo o nobre senador pelo Paraná, partido da Suzy ao qual, como seu irmão, se utilizou para suas maracutaias e hoje abandona a míngua achando que saindo do partido tudo o que resta se limpa automaticamente. Ledo engano.

  7. Golpista. Caminha para o ocaso política. P

  8. O Álvaro Dias fez do Senado o seu emprego vitalício. É o pior senador que o Paraná já teve. Nunca fez nada pelo Estado e ainda é um fofoqueiro de primeira. Enfia o rabo entre as pernas e sai acusando outros políticos, como se ele fosse honesto. O legado dele como governador ninguém vai esquecer: mandar a polícia descer o cassetete nos professores, aí incluídas as grávidas.

  9. Então constatamos que no caso brasileiro a delação foi utilizada como ferramenta de um impeachment um evidente DESVIO DE FINALIDADE em conluio com as grandes mídias e setores reacionários da politica brasileira (Dias & Cia.)………………………………….V E R G O N H A ! ! !

    Trocando em miúdos G O L P I S T A !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  10. Esmael;

    A Suzy (pois era assim que o Ulisses Guimarães se referia a este golpista futriqueiro) não pode deixar de externar apoio a Lava Jato, pois ele está com o rabo mais do que preso, e qualquer outra declaração pode transparecer a real intenção dele que é acabar com a Lava Jato.
    Passada esta fase poderíamos fazer uma auditoria no patrimônio da Suzy.
    Filho de sitiante, locutor de rádio frustrado, depois foi só política, como pode um senador, ou mesmo como governador, amealhar a fortuna que possui esta comadre? Fora o que está em nome de laranjas.
    Digo comadre porque como senador do Paraná ele não faz outra coisa a não ser fofocar e conspirar. Agora como governador ele fez alguma coisa. teve a primazia de bater em professores com cavalaria.

    Cadeia para a Suzy jáááá!!!!

    Genaro

  11. Pois é,gostaria de saber ai do Benjamin Buthon da politica,até quando vai ficar a deriva,pois ele está avalizando o Temer e todo golpista e avalista desse governo e terá depois de prestar contas disso para seus eleitores.
    Eu acho que o distinto e ex politico autentico,hoje se tornando um fisiologico com tantas mudanças de partido e com um ardor rancoroso até por ser um frustado pois queria ser presidente que jamais o será,até por que não merece,saiu dos trilhos da decencia para se tornar um pirotécnico politico avido por se mostrar para a midia,

  12. Com a “ficha corrida” do senador, ele ainda tem a cara de pau para falar de outros e fingir que seu histórico não o condena. Impressionante é a dissimulação, a hipocrisia destes políticos.Empresário do ‘mensalão’ nos Correios e no caso Valec aparece nos R$ 16 milhões , é réu em 11 processos por corrupção . Os que mais querem agilidade no GOLPE mais são os mais enrolados e os que mais “devem”.

    • O rosto deste cidadão exala ódio, eu tenho vergonha de como paranaense, que me orgulho, ter um representante do Estado deste nível, é lamentavel mais o povo paranaense é muito ruim para votar, Alvaro, Requião, Serra e se duvidar votam no Bolsonaro e Alexandre Frotta.

    • ele esqueceu de falar que temer é incompatível com a função que ocupa. Não se admite um cidadão que sabe lidar com bandido, presidindo o país. Eu posso admitir que ele sabe lidar com o espelho?