Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Alvaro Dias: É preciso avançar na legislação anticorrupção

alvaro_dias_Deltan_DallagnolO senador Alvaro Dias (PV-PR), em sua coluna desta quarta (15), pede à Câmara que vote em regime de urgência as medidas que endurecem as penas para os crimes de corrupção. Segundo o colunista, citando o procurador Deltan Dallagnol, é lastimável as conspirações de poderosos para deter a Lava Jato. Leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto abaixo:

Download do áudio

É preciso avançar na legislação anticorrupção

Alvaro Dias*

Na esteira das grandes mobilizações populares dos últimos tempos, o Brasil começou a mudar por meio de instituições que são essenciais para o seu futuro, como o Ministério Público; a Polícia Federal e a Justiça Federal, com sede em Curitiba, capital do meu Estado.

E é bom sempre repetir: ou os políticos mudam ou serão atropelados por esse sentimento imbatível de mudança que assalta a alma do povo brasileiro. Não há como impedir a mudança!

Em entrevista recente, o Procurador Deltan Dallagnol, que coordena a Força Tarefa na Operação Lava Jato, afirmou que ‘quem conspira contra as investigações são pessoas que estão entre os mais poderosos e influentes da República’. É lastimável que isso ocorra quando se exige a mudança da cultura política no País.

Eu prefiro acreditar que é impossível deter a Operação Lava Jato. Ela alcançará os seus objetivos finais, sustentada, sobretudo, pelo apoio popular, mas certamente, também sustentada por aqueles que, na atividade pública, compreendem que a aspiração maior do povo brasileiro é uma mudança radical em relação ao sistema vigente.

No contexto dessas preocupações, nós também defendemos que a Câmara dos Deputados vote imediatamente, em regime de urgência, dez medidas contra a corrupção, que obtiveram mais de dois milhões de assinaturas de brasileiros. As medidas impõem maior rigor na legislação penal do País, trabalhando, portanto, contra a impunidade que alimentou os escândalos de corrupção que hoje preocupam e indignam o povo brasileiro.

É urgente a aprovação. O presidente da Câmara tem que constituir uma comissão especial para iniciar o debate sobre essas medidas. Depois desse esforço coletivo, com milhões de brasileiros subscrevendo as propostas que vieram do Ministério Público, não se admite protelação por parte da Câmara dos Deputados.

Nossa legislação precisa avançar, e não retroceder com projetos que favorecem a impunidade. Os brasileiros querem uma nova Justiça no País, e nós temos que fazer a nossa parte.

*Alvaro Dias é senador pelo Partido Verde. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

Comentários desativados.