Supremo derruba Cunha, autor do golpe, antes da queda Dilma

cunha_caiuO ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federl (STF), determinou que um oficial de justiça notificasse na manhã desta quinta-feira (5) o afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do seu mandato de deputado e da presidência da Câmara. A medida tardia, no entanto, visa legitimar o golpe contra a presidente Dilma Rousseff.

A decisão do ministro relator da Lava Jato no STF foi liminar e atendeu pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que argumentou que Cunha estava atrapalhando as investigações de propinas na Petrobrás.

É bom frisar que o “diligente” Janot protege o vice Michel Temer, que, na semana que vem, por meio de golpe, pode substituir Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

Ainda nesta quinta à tarde, o Supremo deve julgar outro pedido de afastamento de Cunha provocado pela Rede. “Hoje, esse bandido dança de vez”, disse o deputado Aliel Machado (Rede-PR).

O STF é parte ativa no golpe em curso no país.

Resumo da ópera: Cunha, autor do golpe, caiu antes que a presidente Dilma Rousseff.

 

Comentários encerrados.