Senado, em Brasília, e Paulista, em SP, ocupados pela democracia

ocupa_brasilSe os golpistas desejavam incendiar o país conseguiram, pois a militância favorável à democracia saiu às ruas nesta segunda (9) num misto de comemoração e de luta.

Em Brasília, ativistas sociais ocupam a área em frente ao Senado. Eles reivindicam que o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), devolva o processo de impeachment para a Câmara.

Centenas de pessoas também se concentram na Avenida Paulista, transformada em palco da democracia.

“O Cunha vai ganhar uma passagem pra sair desse lugar, não é de carro, nem de trem, nem de avião, é algemado no camburão! Eita Cunha Ladrão! Olha o Golpe! É mentira! Olha o Golpe! É mentira!”, cantam os militantes.

Também há manifestação contra o golpe na Cinelândia, no Rio de Janeiro, em defesa da democracia aviltada.

Hoje pela manhã, o presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), anulou o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Com informações e fotos do MÍDIA NINJA.

Comentários encerrados.