Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Sarney também prometeu deter investigações da Lava Jato. E agora?

do Brasil 247

sarneyO ex-presidente José Sarney também pode ter tentado obstruir a Justiça, salvando a pele de Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro e um dos principais alvos da Lava Jato.

É o que revela a nova reportagem da série de Rubens Valente (leia aqui), que já atingiu os senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Congresso Nacional.

Sarney prometeu ajuda a Machado, mas “sem meter advogado no meio”. As conversas foram gravadas pelo próprio Machado, que nesta terça-feira 24 fechou um acordo de delação premiada no STF. “Nós temos é que fazer o nosso negócio e ver como é que está o teu advogado, até onde eles falando com ele em delação premiada”, disse o ex-presidente.

Na primeira reportagem da série, Valente revelou que Jucá afirmou que o impeachment seria a única forma de se conseguir um acordão que evitasse que a Lava Jato atingisse a cúpula política do PMDB e do PSDB. Segundo Jucá, seria preciso “parar essa porra” e “estancar essa sangria” (leia aqui).

Renan, por sua vez, afirmou que o STF não faria um pacto com Dilma no poder porque todos os ministros “estão putos com ela” (leia aqui).

Em nota, Sarney lamentou que conversas privadas tenham se tornado públicas. “As conversas que tive com ele nos últimos tempos foram sempre marcadas, de minha parte, pelo sentimento de solidariedade, característica de minha personalidade. Nesse sentido, expressei sempre minha solidariedade na esperança de superar as acusações que enfrentava. Lamento que conversas privadas tornem-se públicas, pois podem ferir outras pessoas que nunca desejaríamos alcançar”, diz a nota assinada pelo ex-presidente Sarney.

Comentários desativados.