Quem são os bandidos do provisório governo de Michel Temer?

jorge_bernardi_coluna

O vereador curitibano Jorge Bernardi (REDE), em sua coluna deste sábado (28), pergunta quem são os bandidos do provisório governo de Michel Temer (PMDB). Ele cita trechos de conversas gravadas do senador Romero Jucá (PMDB-RR), o breve, ex-ministro do Planejamento, que explica o golpe: deveriam “mudar o governo pra poder estancar essa sangria”; o golpista ainda afirmou que “conversei ontem com alguns ministros do Supremo. Os caras dizem ó, só tem condições sem ela (Dilma). Enquanto ela estiver ali, a imprensa, os caras querem tirar ela” [Dilma Rousseff]. Segundo o colunista, enquanto o Supremo Tribunal Federal não prende os bandidos de Temer, o povo brasileiro aguarda ansiosamente a surpresa da manhã seguinte. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto:

Download do áudio

Quem são os bandidos do provisório governo Temer?

Jorge Bernardi*

Quem são os bandidos que o provisório Governo Temer tem de enfrentar? São os quase 300 parlamentares deputados e senadores que sendo investigados, em inúmeros processos, fazem parte de base aliada ou da oposição? A declaração do presidente em exercício de que não está frágil, de que não é coitadinho, de que foi duas vezes secretário de segurança em São Paulo, e, que tratava com bandido, merece uma explicação.

Entre os ministros de Temer sete foram citados na Operação Lava Jato. O senador Romero Jucá, o mais emblemático de todos, durou pouco mais de uma semana no Ministério do Planejamento e, caiu pela boca, ao revelar o plano de impeachment de Dilma Rousseff era o grande acordão para por fim a Lava Jato.

Os ministros Geddel Vieira Lima e Henrique Alves, ambos de extrema confiança de Temer e do PMDB, estão respondendo inquéritos após a delação premiada dos diretores da construtora OAS. Agora, na condição de ministros, possuem foro privilegiado, ou seja, serão julgados apenas pelo Supremo Tribunal Federal.

Mas há outros ministros de grosso calibre citados na Lava Jato, entre eles José Serra, o todo poderoso chefe da diplomacia internacional e do comercio exterior, que está na lista do Odebrecht junto com Mendonça Filho, Raul Julgmann, Bruno Araujo e Ricardo Barros.

Depois da divulgação, pela Folha de São Paulo, de conversas impróprias gravadas de Romero Jucá e Renan Calheiros com o ex-senador Sérgio Machado, a conclusão que se chega, as análises sociológicas e históricas no futuro deverão demonstrar de que o impeachment foi a solução encontrada para pôr fim à Lava Jato.

É conclusiva a afirmação de Jucá segunda qual deveriam “mudar o governo pra poder estancar essa sangria.” Ele ainda afirmou que “conversei ontem com alguns ministros do Supremo. Os caras dizem ó, só tem condições sem ela (Dilma). Enquanto ela estiver ali, a imprensa, os caras querem tirar ela”.

Mas afinal, a que bandidos o presidente provisório Michel Temer estava se referindo? Os da política que ele nomeou para os ministérios? Ou os bandidos que estão no Congresso e respondem por crimes no STF? O tempo dará a resposta. Enquanto isto o povo brasileiro aguarda ansiosamente a surpresa da manhã seguinte.

*Jorge Bernardi, vereador de Curitiba (REDE), é advogado e jornalista. Mestre e doutorando em gestão urbana, ele escreve aos sábados no Blog do Esmael.

13 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Temer golpista com toda sua tropa de canalhas

  2. I simply want to mention I’m all new to weblog and seriously loved you’re web-site. More than likely I’m likely to bookmark your blog . You definitely have amazing articles and reviews. Appreciate it for sharing with us your webpage.

  3. Esmael;

    Podemos entupir a caixa de entrada de e-mails do golpista temer.
    Fiz uma experiência e enviei e-mail dizendo tudo o que está engasgado dentro de mim.
    É lógico que o patife não vai ler, mas algum sacatrapo dele lerá e se enchermos de e-mails alguém ficará sabendo.
    Quem quiser fazer isto também entre no site http://www.presidencia.gov.br “Fale com o Presidente”.

  4. Deixa eu entender…
    Esse STF do qual ele falava nas gravações que estavam com ele, “casualmente” não o prende como fez com o Delcidio, ou seja, pelo mesmo motivo, o da obstrução da Lava Jato, além de revelar esquema lá.

    Também “casualmente” esse Supremo deixou prescrever seus processos antigos.
    E eu tenho de pensar o quê?

    É só o que tem prá hoje?

  5. Não é um governo provisório é uma quadrilha de bandidos.

  6. pessoal tem dois bandidoes camuflados ai neste golpe.o ministerio publico federal nas pessoas dos vagabundos golpistas do ator da globo o MORO E O JANOT.E OS TAIS MINISTROS CARA DE PAU DO SO TRATAMOS DE FINANÇAS SO RINDO DESTA CAMBADA.A JUSTIÇA NO BRASIL E CABO AUXILIAR DA DIREITA.UM JUIZ COMO O GOLPISTA DO MORO GANHANDO NA MEDIA OITENTA MIL REAIS POR MES O QUE QUER DISER QUE UM TRABALHADOR ASSALARIADO GANHANDO O SALARIO MINIMO LEVARIA SETE ANOS PRA GANHAR,AI A PRESIDENTA VETA O AUMENTO PRA CAMBADA ELES FICAM PUTINHOS PEGAM AQUELE LIVRINHO CHAMADO CONSTITUIÇAO E RASGAM.VAGABUNDOS

  7. Esculhambação total, os ministros terão fórum privilegiado, só serão julgados pelo supremo, o supremo ajudou os réus no golpe.Acreditem se quiser.

  8. A resposta a esta chamada é facílima: TODOS!

    • Exatamente … TODOS … sem exceção … inclusive dos que votaram “sim” ao golpe … por “convicção” (pausa pra rir) ou por dinheiro mesmo …

      Desses do “sim” a grande maioria de deputados do Paraná … vergonha, não pelos caras, que não tem caráter … mas de ter um Brasil desses golpistas … na mão de bandidos …

  9. lula uma vez disse também um ministro Cidi gomos que tinha mais de 300 bandidos alguém duvida 300 e pouco deve passar de mil,entre bilhões de reais desviados.

  10. Se isso não for golpe, o sera ??? GOLPE.

  11. São eles como todos outros em sua maioria os ficha limpa e diplomados pela * JUSTIÇA covarde ELEITORAL lei DA ficha LIMPA outra MENTIRA,ai esta os nossos REPRESENTANTES BEM democrático justiça VERGONHA,FARSA e muitas MENTIRAS.