Por ciúmes, mordomo Temer demite garçom do Palácio do Planalto; Lula se solidariza com trabalhador

do Brasil 247 

catalao_lulaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva telefonou nesta quarta-feira, 18, para o garçom José Catalão, que servia café no Palácio do Planalto há mais de oito anos e foi demitido pelo presidente interino Michel Temer, sob a “acusação” de ser “petista”.

“Ô meu querido, liguei para prestar minha solidariedade, você sempre foi um funcionário exemplar, que alegrava muito o palácio. É uma pena que um governo provisório aja como um governo definitivo para demitir funcionários como você”, disse o ex-presidente no telefonema.

Segundo a assessoria do ex-presidente, Catalão ficou emocionado com a ligação e contou a Lula que já está procurando um novo emprego. A demissão foi noticiada nesta manhã pela jornalista Natuza Nery, da coluna Painel.

Para o jornalista Fernando Brito, do Tijolaço, “o mordomo do golpe vinga-se no garçom: mandem este negro embora” (leia mais).

Comentários encerrados.