Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Por 15 votos a cinco, comissão referenda o ‘golpe’ no Senado

painelA comissão do impeachment no Senado aprovou nesta quinta-feira (6), conforme era previsto, por 15 votos a 5, a recomendação pelo afastamento da presidente Dilma Rousseff. A matéria vai a plenário na próxima quarta-feira (11), quando se votará a instalação da investigação “gancho” de 180 dias para a petista.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), em seu discurso, reafirmou denúncia de golpe contra a Constituição. “Não há crime cometido pela presidente. O relator teve que se armar de uma lupa, fazer contorcionismo jurídico”, disse.

Se a maioria simples dos 81 senadores presentes ratificar o documento, Dilma Rousseff será afastada por até 180 dias para que os senadores possam julgar o mérito da questão.  Nesse período, o vice-presidente Michel Temer assume o governo do país.

Veja como votaram os senadores da comissão:

Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP): SIM

Ana Amélia (PP-RS): SIM

Antonio Anastasia (PSDB-MG): SIM

Cássio Cunha Lima (PSDB-PB): SIM

Dário Berger (PMDB-SC): SIM

Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE): SIM

Gladson Cameli (PP-AC): SIM

Gleisi Hoffmann (PT-PR): NÃO

Helio José (PMDB-DF): SIM

José Medeiros (PSD-MT): SIM

José Pimentel (PT-CE): NÃO

Lindbergh Farias (PT-RJ): NÃO

Raimundo Lira (PMDB-PB) – presidente, não votou

Romário (PSB-RJ): SIM

Ronaldo Caiado (DEM-GO): SIM

Simone Tebet (PMDB-MS): SIM

Telmário Mota (PDT-RR): NÃO

Vanessa Grazziotin (PC do B-AM): NÃO

Waldemir Moka (PMDB-MS): SIM

Wellington Fagundes (PR-MT): SIM

Zeze Perrella (PTB-MG): SIM

Com informações da Agência Senado.

Comentários desativados.