O processo de impeachment continua

processo

No dia em que o Senado votará o afastamento da presidenta Dilma para que ela seja julgada em processo de impedimento de seu mandato, todos acompanham ansiosos as notícias de Brasília. O senador Alvaro Dias (PV), em sua coluna semanal, afirma que o processo é legítimo, e até agora tem transcorrido de forma democrática e transparente. Segundo ele, os senadores estão prontos para debater, votar e seguir para o próximo passo do processo: o julgamento definitivo da presidenta. Leia e ouça a seguir. 

Download áudio

O processo de impeachment continua

Alvaro Dias*

Nesta quarta-feira, quando o leitor estiver acessando o Blog do Esmael, o Senado Federal estará cumprindo o seu papel constitucional de abrir processo por crime de responsabilidade contra a presidente da República. Aprovada a abertura pelo voto da maioria dos senadores, a presidente Dilma Rousseff (PT) será afastada do cargo por até 180 dias, e o vice-presidente Michel Temer (PMDB) assumirá o governo de transição.

A semana começou tumultuada no Congresso Nacional por causa da esdrúxula decisão do presidente interino da Câmara, Waldyr Maranhão, que, com uma canetada, tentou anular o processo de impeachment. O golpe do presidente interino contra a instituição parlamentar, e especialmente contra a sociedade, não deu resultado, porque foi desprezado pelo presidente do Senado, senador Renan Calheiros.

A independência e a soberania do Senado foram respeitadas, assim como o desejo dos brasileiros que foram às ruas manifestar indignação e cobrar mudanças no promíscuo sistema de balcão de negócios, que alimenta e é alimentado pela corrupção.

Até agora, o processo de impeachment contra a presidente da República cumpriu todo o rito estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal e pela Constituição, com inúmeros debates e a garantia da ampla defesa à acusada. Na Câmara dos Deputados, a admissibilidade do processo teve o aval de 367 deputados.

Portanto, não há razões jurídicas para qualquer questionamento. O processo de impeachment tem transcorrido, no Congresso, de forma democrática e transparente.

Daqui para a frente, acredito que não teremos mais obstáculos, nem surpresas. Todos os senadores devem estar presentes no plenário do Senado para este momento histórico. As convicções contrárias e favoráveis dos senadores já estão consolidadas.

Estamos prontos para debater, votar e seguir para o próximo passo do processo: o julgamento definitivo da presidente da República.

*Alvaro Dias é senador pelo Partido Verde. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Esse daí sempre carrega uma lata de verniz… E é bem esperto: pra esconder seus milionários imóveis colocou-os numa empresa jurídica, uma espécie de offshore tupiniquim. E ele só tem motivos para votar contra 54 milhões de votos. Seu partido, pelo noticiário corrente, será agraciado até com ministério.

  2. O voto do senador Álvaro Dias no golpe será dado com extremo prazer, quase um orgasmo. Se existe alguém que sempre nutriu ódio exacerbado contra o PT, se chama Álvaro Dias, o eterno inimigo dos trabalhadores.

  3. Esse Alvaro Dias cheio de suspeitas sobre ele e se achando com moral para derrubar uma presidente que não tem crime algum é como dizem morrendo de velho e não aprendeu nada sobre a essência da vida.

  4. Nunca votei nesse politico,nem aquele que ele apoia,porque não respeita professor,nunca fez nada pelo Paraná.

  5. É notório e sabido por todos no Brasil, pela mídia internacional e escondido pela nacional, que esse processo contra a Presidenta Dilma é um GOLPE de Estado. E V.S.ª também sabe. Não adianta nada esconder-se atrás de um manto de “legalidade” pois seus atos, senador Álvaro, já o condenaram para a lata de lixo da história, desde que afrontou a liberdade e a democracia atacando covardemente os professores do Paraná quando governador. Seu texto somente corrobora as piores expectativas que o povo do Paraná já esperava por parte de V.S.ª.