Lindbergh diz que Renan “segue caminho de Eduardo Cunha”; assista

caminho

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirmou em discurso na tribuna do Senado na tarde de hoje (9) que o presidente da Casa, Renan Calheiro (PMDB-AL), segue o caminho de Eduardo Cunha (PMDB), afastado semana passada da presidência da Câmara e de seu mandato de deputado.

A comparação foi feita em função do atropelo do Senado em relação à decisão o presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), de anular a votação do processo de impeachment. Assista ao vídeo com a fala de Lindbergh e a reação de Calheiros. 

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Hello there. I found your web site via Google while searching for a related subject, your site came up. It looks great. I have bookmarked it in my google bookmarks to visit then.

  2. I just want to say I am just beginner to blogs and honestly loved you’re web-site. More than likely I’m planning to bookmark your site . You actually come with outstanding writings. Appreciate it for sharing with us your website.

  3. O ministro Teori tá de olho no rei do pasto das Alagoas, com o vacilo de hoje ele poderia ter sepultado o GOLPE-PARLAMENTAR-MIDIÁTICO..Renam Medrou ficou claro que ele se rendeu aos golpistas, achando que o livrarão da VAZAJATO todo mundo sabe o partido à que ele pertence..

  4. DECISÃO GOLPISTA DA CÂMARA JAMAIS PODERIA TER SIDO ENVIADA AO SENADO COMO FOI, AFIRMA JURISTA:

    Segunda-feira, 9 de maio de 2016 (Do site Justificando.com)

    Na manhã de hoje, 09, o Presidente da Câmara dos Deputados em exercício Waldir Maranhão (PP-MA) decidiu monocraticamente anular a votação do impeachment pela Casa, atendendo aos pedidos da Advocacia Geral da União (AGU), que contestou o fechamento de questão pelas lideranças partidárias; o pré-julgamento pelos parlamentares contrários ao impeachment; a violação ao direito de defesa, uma vez que a defesa não falou por último; e a falta de proclamação por resolução. A decisão de Maranhão surpreendeu a muitos e abriu especulação sobre o envolvimento de Flávio Dino, governador do Estado e ex-Juiz Federal, como idealizador da medida. Dino utilizou suas redes sociais para defender a legalidade da decisão do parlamentar. O Jurista e Professor de Direito Financeiro da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Ricardo Lodi, também se manifestou pelo acerto da decisão, ao destacar que o recurso da AGU foi proposto dentro do prazo e que a Câmara não poderia ter encaminhado o processo ao Senado sem dirimir a questão submetida pela defesa. Segundo o Professor, o “presidente da Câmara é competente para conhecer questões de ordem e reclamações quanto às matérias decididas em sessão plenária, cabendo, contra a sua decisão, recurso a este”. Lodi explica que, no mérito, a sessão teria sido nula pelo encaminhamento da votação pelos líderes, em especial no caso concreto com ameaça a quem votasse em sentido
    contrário, violaria a liberdade de consciência dos parlamentares, bem como o artigo 23 da Lei nº 1079/50 do impeachment. Por fim, o jurista ainda argumentou que o Senado não pode ignorar a decisão da Câmara, devendo, se não concordar, procurar o provimento jurisdicional. […]

  5. Este ai hoje mostrou sua cara de golpista,golpistas estão com pulgas piolhos e até carrapatos,não param de se coçar.

  6. Renan tua hora também vai chegar,golpista disfarçado.

  7. ACORDA LINDBERGH, VOCE PENSOU QUE IA SER DIFERENTE??, SEGUE O GOLPE. FORA GOLPISTAS E LEVEM A MIDIA MANIPULADORA.

  8. Ele esta disposto a dar o golpe! O STF ja disse que mantem anulado o impechment e por ser tramite interno da camara nem o senado e nem o STF nao podem interferir na decisao de Maranhao! Se o Senado insistir no golpe tem que ser interditado! O povo tem que invadir o Senado e tomar tudo, vai ter guerra!!!!

  9. Taí, STF, se vira nos 30! O Golpe é tua cria, cuide dela.

    Aos donos do golpe, que tomem conta dele!

    A brincadeira do Renan vai cair no colo do STF.
    O Supremo vai ter que decidir.
    Não mais sobre o rito e, sim, sobre o Golpe.

    ‪#‎DevolveRenan‬
    ‪#‎NãoVaiTerGolpe‬
    ‪#‎ContinuoComDilma‬
    ‪#‎ContinuaALutaContraOGolpe‬
    ‪#‎ALutaNaoAcabou‬ ‪#‎LutarSempreTemerJamais‬ ‪#‎LulaValeALuta‬
    ‪#‎ALutaContinua‬ ‪#‎StopCoupInBrazil‬ ‪#‎AnulaMaranhão‬
    ‪#‎OcupaCâmara‬! ‪#‎OcupaCongresso‬! ‪#‎ForaSTF‬!!!
    ‪#‎FimDoPolíticoProfissional‬! ‪#‎OGovernoSomosNósPovo‬
    #OcupaCâmara! #OcupaCongresso! #ForaSTF!!!