PHA: governo golpista ‘tabela’ com Moro privatização de Eletrobras

pha_moroSegundo o jornalista Paulo Henrique Amorim, o PHA, coube ao juiz federal Sérgio Moro a tarefa de quebrar a estatal Eletrobras. Ele observa que a CVM americana, a Securities and Exchange Commission, que regula a Bolsa americana, “deslistou” a estatal brasileira das empresas que podem ser negociadas na Bolsa.

PHA anotou hoje no site Conversa Afiada que a ação da Lava Jato está fechando as empreiteiras nacionais como Odebrecht, a Camargo Correa, a Andrade Gutierrez e todas as empresas brasileiras de engenharia pesada, para o novo ministro interino José Serra (PSDB), das Relações Exteriores, em “acordos bilaterais” entregar tudo aos norte-americanos.

Amorim desnuda o modus operandi: A PF “investiga”, o Moro vaza e a Eletrobras quebra!

Ato contínuo vem a público o ministro interino das Minas e Energia, Fernando Filho (PSB-PE), dizendo que estuda privatizar o sistema Eletrobras. “Junto vai a Eletronuclear para o Pentágono!”, complementa PHA.

“Há um convencimento da necessidade da desmobilização de alguns ativos da empresa”, explica o ministro interino das Minas e Energia, ao anunciar a venda da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf).

Paulo Henrique Amorim não tem dúvidas: “O Golpe começou e acabou em Washington!”.

Comentários encerrados.