Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Depois de quebrar a Prefeitura de Londrina, Kireeff cogita desistir da reeleição

kireeff_richa

O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), poderá não disputar a reeleição de outubro deste ano. O motivo é, ao que parece, bastante prosaico: o moço conseguiu quebrar a Prefeitura de Londrina, a segunda maior cidade do Paraná.

Kireeff anunciou nesta terça-feira (31) “ajustes” para conter os gastos, dentre os quais estão suspensão de obras, demissão de comissionados, corte de licenças prêmio e horas-extras dos servidores municipais.

Funcionários da “controladoria” — a contabilidade do município — dizem que há dinheiro em caixa para os salários de dezembro e o 13o salário, por isso os “ajustes” do prefeito.

A escola de Kireeff é a mesma do governador Beto Richa (PSDB), que também quebrou o Paraná — apesar de aumentar a arrecadação de impostos e reduzir serviços essenciais como contratação de professores, pagar promoções, adquirir merenda para os estudantes, construir e reformar escolas, etc.

Segundo analistas, Alexandre Kireeff imagina três cenários possíveis: 1- ele é candidatíssimo à reeleição, mas faz os “ajustes” e antecipa a notícia da quebradeira para apanhar menos na campanha; 2- não é candidato porque teme o buraco deixado na administração; e 3- retira o time de campo na reeleição para dizer, depois, que não é político, e pleitear a sucessão do amigo Richa.

Comentários desativados.