Por Esmael Morais

Centrais sindicais preparam greve geral contra o golpe de Estado

Publicado em 26/05/2016

Segundo a central, os reais objetivos do golpe de Estado é retirar direitos, arrochar salários, reduzir investimentos na saúde, educação e na área social; privatizar empresas públicas e entregar o pré-sal à pilhagem estrangeira.

Antecedendo à greve geral nacional, a CUT aprovou um calendário de lutas que articulará junto à CTB, Intersindical, Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo.

A primeira grande ação será a ocupação das agências da Previdência no dia 31 de maio. Na próxima quarta-feira (1), em Brasília, haverá um ato durante apresentação da defesa de Dilma no Senado. No dia 10 de junho, serão realizadas manifestações e paralisações massivas em todas as capitais do país.