Beto Richa enfrenta onda de protestos e ocupação de escola no PR

richa_protestosO Colégio Estadual Gerardo Braga, o mais antigo de Maringá, com 70 anos, entrará amanhã no terceiro dia de ocupação pelos alunos que reivindicam merenda de melhor qualidade e investigação, por uma CPI, do desvio de R$ 24 milhões destinados à construção e reforma de escolas no Paraná.

As faixas de protesto afixadas no prédio da escola são bastante emblemáticas: 1- “Cadê minha merenda? O tucano comeu”; e 2- “menos Richa, menos Temer; mais amor”.

A onda de protestos contra o governador Beto Richa (PSDB) iniciado ontem ganhou força hoje no município de Ponta Grossa, durante visita do tucano na Câmara Municipal. A tendência é que se espalhe por todo o estado.

O Blog do Esmael apurou que os deputados favoráveis às investigações de corrupção no governo do PSDB estudam a possibilidade de realizar uma sessão “simbólica” da Assembleia Legislativa, em Maringá, em solidariedade aos estudantes e convencer os demais parlamentares a assinar a “CPI do Quadro Negro”. A ideia é instalar “simbolicamente” a CPI do Quadro Negro diante da comunidade escolar.

A ocupação do Gerardo Braga é por tempo indeterminado.

Comentários encerrados.