Marcelo Belinati: pelo fim do cabide de empregos na máquina pública

marcelo

O deputado Marcelo Belinati (PP-PR), em sua coluna desta sexta (27), informa que apresentou projeto de lei na Câmara no qual defende experiência mínima de 5 anos na área para cargos de direção de estatais, empresas públicas e sociedades de economia mista. “Precisamos acabar com o apadrinhamento, o cabide de empregos, o troca-troca de cargos por favores, o toma lá dá cá”, explica o colunista. Leia, ouça, comente e compartilhe a íntegra do texto abaixo:

Download do áudio

Mais Profissionalismo na Gestão da Coisa Pública

Marcelo Belinati*

Gostaria de chamar a atenção para o Projeto de Lei que apresentei e que acredito ter potencial para mudar a maneira como o Brasil é administrado. O objetivo é a eficiência de gestão na administração pública, consagrado no artigo 37 da nossa Constituição.

A iniciativa surgiu a partir de muitas reuniões de trabalho que tive com representantes do setor produtivo (indústria e agricultura), entidades de classe, com a sociedade civil organizada, associações de bairros e também com pessoas da população.

Basicamente o Projeto de Lei (PL) 3624/2015 estabelece que os diretores, presidentes e membros de conselhos de estatais, empresas públicas e sociedades de economia mista, deverão ter experiência comprovada de no mínimo 05 anos na área de atuação destas e formação superior em áreas correlatas, ficando vedada sua indicação por razões meramente políticas.

Precisamos acabar com o apadrinhamento, o cabide de empregos, o troca-troca de cargos por favores, o toma lá dá cá.

Só assim evitaremos, como ocorreu em exemplo recente no Brasil, que uma pessoa com formação em gastronomia (talvez até muito competente nessa área) assuma um alto cargo na ANAC (Agência Nacional Aviação Civil) e tenha o poder de decisão de tomar medidas que atinjam a vida de milhões de pessoas.

Para gerir-administrar a coisa pública entendo necessário ter gente que estudou, se preparou, tem experiência e vontade de trabalhar na gestão pública. Some-se a tudo isso também a necessidade de pessoas com sensibilidade humana e social.

Vocês já imaginaram o quanto o país melhora se nosso projeto for aprovado? O quanto a eficiência na gestão da coisa pública vai aumentar?

Espero sinceramente que nossos colegas deputados deem a devida importância a esse Projeto de Lei e o aprovem o quanto antes.

E que o exemplo valha não só para o governo federal. Seria ótimo se a gestão dos estados e prefeituras fosse feita também da mesma maneira.

É fundamental que esse modelo de gestão saia dos discursos de candidatos apenas em época de eleição e passe a ser uma realidade a balizar as administrações dos governos federal, estaduais e prefeituras.

Precisamos eficiência. Precisamos dar condições para o país andar. Aí o empresário investe, gera emprego, movimenta a economia e a sociedade, como um todo, só tem a ganhar.

*Marcelo Belinati, médico e advogado londrinense, é deputado federal pelo PP do Paraná. Escreve nas sextas-feiras sobre “Política Sem Corrupção”.

39 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Boa noite deputado. Com o crescimento e o estímulo a contratação de empresas prestadoras de serviços (terceirização), como impedir o uso da máquina pública na troca de favores entre os políticos e as empresas contratadas, para ocupar as vagas terceirizadas através da indicação e pedidos de empregos de políticos para os seus correligionários e cabos eleitorais?

  2. Parece que o deputado golpista se escafedeu daqui depois que revelaram que a campanha dele foi irrigada com dinheiro de empreiteira envolvida na Lava Jato e da Friboi.

  3. SUPER MEGA KIT COMPLETO WHATSAPP MARKETING DIVULGAÇÃO EM MASSA

    Alcance Seu Publico Alvo

    Alavanque Suas Vendas

    SITE: http://bit.ly/1QgntWx

  4. I simply want to tell you that I’m beginner to blogging and site-building and certainly savored you’re blog. Likely I’m likely to bookmark your website . You actually have exceptional stories. Thanks a lot for revealing your blog.

  5. Você é afiliado de produtos digitais?
    Então eu tenho um desafio para você.
    Clica no meu nome para você saber mais.

  6. Cansado de sair de casa todo dia para poder ir trabalhar?
    Aprenda de maneira rapida e facil como ganhar até
    R$10,588,38 por semana.
    Clique no meu nome para saber mais!

  7. Já que o deputado Belinati está preocupado com o rigoroso controle dos servidores públicos, sugiro que ele hoje ocupe a tribuna da Câmara para fazer um vigoroso discurso pedindo o imediato afastamento do ministro da Transparência (KKK), Fiscalização (KKK) e Controle (KKK), Fabiano Silveira. Como o deputado Belinati já deve estar chateado por ter ajudado a colocar um suspeito de receber R$ 5 milhões de propina na presidência, o Michel Temer, que lotou seu ministério de outros acusados, suspeitos e processados por corrupção, o deputado poderia aproveitar o embalo e pedir a renúncia imediata do Temer. Não é uma boa ideia, deputado Belinati?

  8. O deputado Marcelo Belinati votou no “impeachment” de uma presidente honesta sob a alegação que defendia o fim da corrupção. Discurso lindo… Mas a campanha do deputado recebeu doação da Galvão Engenharia cuja cúpula foi condenada na Lava Jato por corrupção. E também recebeu R$ 400 paus da JBS – Friboi, empresa que frequentemente aparece nas páginas dos maus exemplos de conduta.

  9. Valeu cidadaos comentaristas. Assino embaixo. Eu sorri de alegria ao ver pessoas com visao aberta e politizada. Esses belinatis ja fizeram suficiente para sabermos que nao valem para o tanto que lhes pagamos. Fora essa demagogia toda. Que tal dois mandatos de vereador em Londrina? Nem um exemplo para sua campanha. Apenas falacao sem fundamento e repetiu o que os jornais noticiam. Bla bla bla

    • Como vc pode falar de alguém sem conhecer? Pesquise minha vida. Seja pessoa, profissional como médico ou pública. Veja se há 1 só fato que me desabone. Mas creio que vc sabe disso né. Fazer o que faz por política não é bacana. Reflita sobre isso…

  10. Demagogo, golpista, serviçal do Temer. Sugiro que nas próximas eleições não apenas deixemos de votar naqueles que votaram “sim” no fatídico 17 de abril, mas também venhamos a convencer as pessoas a não votarem neles. Na última eleição votei na Yared. Jamais votarei nela. Você que votou no Belinatti faça o mesmo. Temos memória políticos desavergonhados.

    • Fiz o que acredito ser o correto. Nunca fui governo e nem oposição, fui eleito pra defender os legítimos interesses da população. É Oque estou fazendo. Quanto a Cunha, Temer, Renan e etc veja no meu face o dia da votação o que penso que deveria ser o caminho deles. Defendo eleições gerais.

      • Parabéns por se prontificar em responder às críticas que recebeu você subiu muito no meu conceito. Pena que votou “sim”, desculpe mais foi um erro gravíssimo. Espero que não apoie no Congresso este governo ilegítimo.

      • “Nunca fui governo e nem oposição.” Deputado, essa deve ser incluída nas pérolas de um político de uma república bananeira! Pensando bem, acho que em breve o deputado fundará seu próprio partido: o PPMB (Partido Pessoal do Marcelo Belinati). KKKKK

  11. Kkkkkkkkkkk … Já postaram o suficiente …

  12. Senhor deputado: já tratou deste assunto com o Kinderovo Richa? É tão perto de casa, no próprio Estado do Paraná. Que tal ter essa conversa e fazer um ensaio das suas teorias e verificar se funciona na prática? Como campo de experiência serviria Sanepar, Cohapar, Fomento Paraná, Copel e etc. etc……………………………….!

  13. Sei que o deputado Belinati não gosta muito de mexer nesse assunto mas não posso deixar de perguntar depois de ler o noticiário de hoje: o senhor sabia que, ao votar pelo “impeachment” da presidente Dilma, além de desrespeitar 54 milhões de votos, estava apoiando os corruptos que procuravam proteção no governo do PMDB de Michel Temer? O senhor não leu a advertência nesse sentido publicada pelo Ricardo Noblat? Nenhum dos seus inúmeros assessores não o alertou sobre o noticiário sobre as reais intenções dos golpistas? E o senhor não sabia que o seu partido era um dos principais beneficiários do afastamento de Dilma da presidência da República? Como podemos classificar seu voto no “impeachment”: ingênuo, desinformado, “da turma”?

    • Não ligo de falar disso não campos. Quando votei falei exatamente isso: que defendia também a saída de Temer, Cunha, Renan e tantos outros quanto forem necessário. Entra no meu face, tem o vídeos lá. Abs

      • Como que vota o PP no processo de cassação do Cunha?
        Porque tanta demora de cassar o Cunha?
        Qual a sua atuação para agilizar o processo de cassação do Cunha?
        Ou o cunha é vítima e é inocente?

  14. Fala sério Belinati. Golpista barato. demagogo, pp, menos médicos, etc, etc, etc…

    • Se concorda com um cidadão formado em gastronomia ser diretor da ANAC e cuidar da segurança dos voos no Brasil é um direito seu. Isso aconteceu recentemente. Eu não concordo não.

      • Você concorda que um engenheiro civil seja ministro da Saúde?
        Então o Brasil não precisa de mais leis. O Brasil precisa que o congresso seja feito de pessoas que sejam no mínimo honestas com seus pensamentos.
        Não é preciso uma Lei para o sr. deputado ser contra a nomeação do ricardo barros para a saúde.
        O papel aceita tudo, o difícil é fazer na prática.
        Só para lembrar de um fato, o ex-deputado estadual Carli Filho também propunha que o governo desse desconto no IPVA para quem não tinha multa, depois que ele matou dois jovens, foi descoberto que ele tinha mais de 1000 pontos na carteira. Puro jogo de cena.
        É fácil fazer Leis o difícil é os deputados darem o exemplo.

  15. Que hipocrisia! !! Vai começar pelos teus parentes na Sanepar, Alep e Fomento PR???

    • Vc tem alguma mora falar de mim? Não né. O artigo expressa o meu pensamento e como entendo que deva ser o correto na administração pública. Se vc entende o contrário é um direito seu. Da minha parte, nunca exerci cargo em comissão. O problema não são os cargos mas sim se quem os ocupa tem qualificações para isso.

    • Opa! Onde está escrito mora leia-se coisa. Corretor ortográfico do celular…rs desculpe

  16. Desse assunto, qualquer Belinati entende bem. Recentemente li a dissertação de Carla Andreia Alves da Silva (Relações de poder político e parentesco no município de Londrina) onde se mostra como 15 membros da família Belinati ocuparam mais de 40 cargos públicos. É verdade que o exercício de alguns desses cargos era legítimo porque obtido por eleição ou por concurso mas, a maioria, se tratava de cargos comissionados, cargos ocupados por parentesco ou acerto político, coisa que o deputado parece que passou a condenar. Como conhecemos bem os políticos, vamos conferir no futuro se esse projeto do deputado é fruto da demagogia ou se é sincero. Por enquanto, o que sabemos é que o deputado pertence a um partido que pratica o nepotismo e negocia cargos públicos no atacado. E pior que isso, os pepistas acabam de participar de um golpe cujos frutos já se vêem: ministérios públicos sob seu controle para ferrar o povo e os trabalhadores e cargos públicos a serem distribuídos a granel pelos seus deputados.

    • Essa é sua crítica e ataque da semana Carlos? Muito bom. Tente primeiro verificar se é verdade o que falou. Outra coisa, eu nunca tive nenhum cargo em lugar nenhum, pelo contrário. Sempre trabalhei 70 horas por semana como médico do SAMU, INSS e Sos Unimed, vc sabe disso. Engraçado que vc nunca consegue me atacar por algo que eu tenha feito né. Já percebeu isso? Ou fala do partido, ou de outros deputados etc de mim mesmo vc não consegue achar nada. Abraços

      • Deputado, a questão é política, não é pessoal. Não faço comentários a não ser pela sua atividade no parlamento, que é pública e passível de apoio ou crítica. As afirmações que faço são baseadas em fontes que considero confiáveis. Se fiz alguma afirmação que o senhor sabe ser inverídica, em vez de me mandar verificar se é verdade, acabou de ter a oportunidade de me dizer a verdade. Mas de uma coisa o deputado não pode fugir: milita e representa um partido político. E o deputado não pertence ao bloco do eu sozinho na Câmara. A propósito, o ministro da Saúde do governo que o senhor ajudou a eleger e apoia é engenheiro civil e sua mais próxima relação com a saúde é que recebeu doação eleitoral de dono de plano de saúde. Seus eleitores também serão vítimas das medidas já anunciadas pelo seu líder partidário já que o ministro Ricardo Barros é do PP como o senhor. Estou errado?

  17. O pensamento do Belinati é correto. Comissionado é uma forma de corrupção “legalizada”. Para não ficar dúvidas sobre a real intenção do Marcelo, seria importante ele explicar o caso dos comissionados da família dele na Sanepar.

    • Não creio que seja uma forma de corrupção, mas sim de ineficiência da administração pública quando os indicados não tenham a qualificaçao necessária para desempenhar a função para a qual foi indicado. Qual a sua indagação veja se existe essa qualificação, vai se surpreender…

  18. Sobrenome de políticos mais corruptos do Paraná. E porque será que continuam na política? Porque querem ajudar aos pobres? Servir para ajudar o Brasil a crescer…

    • Vc conhece algum fato que me desabone? Um só? Pois é… Não tem né. Compare minha vida pessoal, profissional como médico ou pública com a de quem vc quiser, talvez tenha a mesma honradez e seriedade com que desempenho minhas funções, mais com certeza não vai ter.

  19. O problema não é a proposta do deputado, pois como ele mesmo informa, já está na constituição. O problema é o partido do deputado. Traidor, golpista, se abraçar este projeto será pura conversa fiada.

    • Bom, como disse, eu respondo por mim. Nunca fui governo e muito menos oposição, me manifesto de acordo com minhas convicções, consciência e em respeito à nossa população.

  20. A hipocrisia e demagogia de nossos políticos não tem limites. Esse Belinati é do PP, partido do falecido Deputado Janene (ex-presidente da sigma e um dos principais mentores do esquema de corrupção da Petrobrás), que só indicou bandidos para suas diretorias. Sem falar no Maluf, do mesmo partido o PP. “Diga-me com quem andas que te direi quem és”

    • Eu respondo por mim, vc responde por outros? Nunca ocupei cargo em comissão e não concordo com essa pratica. O que penso está retratado exatamente no artigo. Se vc não concorda é um direito seu.

      • A eficiência na administração pública esta em várias coisas. Não é através de leis que vai mudar o cenário mas sim no cumprimento das leis. Afinal a corrupção é crime a muito tempo só que os políticos esquecem de seguir essa lei.

        Mas já que o deputado quer novas leis, tem que ser feito primeiro as leis para disciplinar o apoio entre executivo e legislativo. O congresso tem que ser mais rigoroso com os próprios deputados e senadores.

        Uma proposta seria que se um vereador, deputado ou senador ocupa-se qualquer cargo no executivo seja na prefeitura, estado ou na união teria que renunciar ao cargo no parlamento.

        Outra proposta seria que se um vereador, deputado ou senador se candidatar a um cargo que não seja para a própria reeleição teria que renunciar ao cargo para disputar a eleição. Assim acaba essa história de deputados ou senadores disputarem a eleição para prefeito com ampla vantagem sobre os demais, e se perderem voltam ao congresso.

        Outra proposta é limitar a reeleição para o legislativo para no máximo uma vez. A maioria dos envolvidos na Lava Jato estão a mais de décadas com mandatos. Cargos eletivos não pode ser a profissão das pessoas, quem gosta de política pode sempre participar mas não pode ficar eternamente no cargo.