Às mulheres, Requião abre fogo contra excessos de Moro; assista

requiao_mulheresO senador Roberto Requião voltou a criticar neste sábado (30), em Curitiba, o juiz federal Sérgio Moro na condução da Lava Jato.

Em evento de mulheres do PMDB, o parlamentar disse que é um defensor da Lava Jato, mas denunciou os excessos da força-tarefa. Assista ao vídeo:

“Foi formidável porque levantou o véu que encobria essa patifaria e começou colocar ladrões na cadeia. Eu quero que isso não termine agora. Mas também sou crítico”, discursou.

Requião comparou Moro a Luca, do filme Guerra das Estrelas, para explicar o deslumbramento do juiz:

“Tudo acontece como na Guerra das Estrelas, o Lucas, que tinha a força, mas acabou se aliando a Darth Vade, pois, há deslumbramentos dessa rapaziada da Lava Jato.”

“Moro comete a corrupção de Lucas”, destacou, ao criticar a condução da Lava Jato e os supersalários de políticos e do judiciário.

O parlamentar observou que a genética do procurador que passou num concurso é a mesma de todos os brasileiros, com virtudes e defeitos, ou seja, não são deuses.

Requião denunciou que a Lava Jato tem utilizado a prisão descabida de familiares de acusados. “Tem regras do direito que precisam ser respeitados”.

“Todos queremos os ladrões do erário na cadeia. Do PT, do PMDB, do PSDB, todo mundo que desmoraliza a política e põe a mão no dinheiro público”.

Requião, no entanto, disse não entender como amigo dele, Sérgio Moro, foi receber prêmio nos Estados Unidos, da revista Time, vestido com smoking e gravata borboleta.

Para o senador, o movimento pela moralidade traz embutido outras coisas que não são notadas. De acordo com ele, há uma luta pelo poder e pela energia no planeta Terra. “Por trás disso, tem a guerra pelo petróleo”.

“Por trás desse combate contra a corrupção, há a intenção clara de liquidar o Estado Social Brasileiro que prevê garantias aos trabalhadores”, atacou Requião.

Comentários encerrados.