26 de maio de 2016
por Esmael Morais
16 Comentários

Britânicos consideram ‘insulto à democracia’ impeachment de Dilma

the_guardian

O jornal britânico “The Guardian” publicou um manifesto assinado por 20 parlamentares britânicos, nesta quinta (26), condenando o impeachment da presidente Dilma Rousseff e o golpe de Estado no Brasil.

Segundo os signatários do documento, o processo é um insulto à democracia do país.

“Condenamos a suspensão da presidente Dilma Rousseff no Brasil. É errado que alguns parlamentares pisoteiem a vontade política expressada nas urnas por 54 milhões de brasileiros”, diz um trecho do manifesto. Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
17 Comentários

Lewandowski minimiza “pacto” entre ministros do STF e investigados para acabar com a Lava Jato

stf

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, em nota, afirmou nesta quinta (26) que conversas gravadas entre ministros da Corte e políticos golpistas não interferem na imparcialidade da mesma.

“Faz parte da natureza do Poder Judiciário ser aberto e democrático. Magistrados, entre eles os ministros da Suprema Corte, são obrigados, por dever funcional, a ouvir os diversos atores da sociedade que diariamente acorrem aos fóruns e tribunais”, minimizou.

“Tal prática não traz nenhum prejuízo à imparcialidade e equidistância dos fatos que os juízes mantêm quando proferem seus votos e decisões, comprometidos que estão com o estrito cumprimento da Constituição e das leis do País”, completou Lewandowski.

Lewandowski segue a mesma linha adotada pelo ministro Gilmar Mendes segundo qual não viu obstruções do ex-ministro da Planejamento, senador Romero Jucá (PMDB-RR), nas investigações da Lava Jato. Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
19 Comentários

Golpistas fizeram o impeachment para não serem “comidos” pela Lava Jato

aecio_temer

Que crime de responsabilidade, que nada! Deputados e senadores golpistas fizeram o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff, na Câmara e no Senado, para não serem “comidos” – usando a expressão das gravações do delator Sérgio Machado, ex-tucano que presidia a Transpetro.

Segundo conversa de Machado com o senador Romero Jucá (PMDB-RR), o Breve, Aécio Neves (PSDB-MG) seria o primeiro a ser comido caso prosperassem as investigações da Lava Jato.

A destituição de Dilma, portanto, ensejaria um “pacto” envolvendo ministros do Supremo para interromper a força-tarefa do juiz Sérgio Moro.

Novas gravações que vieram à tona nesta quinta revelam mais sobre Aécio. De acordo com o delator, que foi tucano, o presidente nacional do PSDB é “o cara mais vulnerável do mundo”. Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
11 Comentários

Temer pode defenestrar mais dois ministros enrolados no crime

Os ministros interinos dos Transportes, Maurício Quintella, e do Turismo, Henrique Eduardo Alves, estão sendo pressionados a deixar o governo provisório até a votação do impeachment no Senado. Eles são citados na Lava Jato e respondem ações criminais na Justiça.

A tese dos golpistas é não deixar que a “banda podre” contamine o presidente provisório Michel Temer (PMDB) e atrapalhe o bom andamento do afastamento definitivo da presidente eleita Dilma Rousseff.

O governo golpista pretende antecipar a votação do impeachment no Senado em um mês, para o início de setembro, visando estancar a crise política surgida com o vazamento de gravações dos senadores Romero Jucá, Renan Calheiros e do ex-presidente José Sarney – todos eles do PMDB – revelando a trama para derrubar Dilma e travar as investigações da Lava Jato.

O primeiro a ser defenestrado na equipe do golpe foi Jucá, que ocupou o Ministério do Planejamento por 12 dias. No governo Lula ele também havia rodado, depois de três meses na Previdência Social, sob a acusação de corrupção.

Quintella (PR) é acusado de desviar verbas da merenda escolar em Alagoas e Henrique Alves (PMDB) é alvo de denúncia de envolvimento em desvio na Petrobras. Os dois juram que são inocentes.

Na terça (24), Temer bateu na mesa para afirmar que era acostumado a lidar com bandidos.

O deputado federal Sílvio Costa (PTdoB-PE) disse que entendeu que no PMDB só tem bandido.

Pelo sim pelo não, caso seja confirmado o impeachment de Dilma, em agosto, os ministros “defenestrados” seriam reincorporados ao ministério de Temer.

Resta, Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
16 Comentários

Centrais sindicais preparam greve geral contra o golpe de Estado

greve_geralA Central Única dos Trabalhadores (CUT) aprovou na terça (24), sem São Paulo, um documento interno que aponta pela construção de uma “greve geral nacional para barrar o golpe e defender os direitos dos trabalhadores”. A data não está precisa ainda, mas, muito provavelmente, deverá ocorrer nas vésperas da votação do impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff.

O governo golpista pretende antecipar a votação do impeachment no Senado em um mês, para o início de setembro, visando estancar a crise política surgida com o vazamento de gravações dos senadores Romero Jucá, Renan Calheiros e do ex-presidente José Sarney – todos eles do PMDB – revelando a trama para derrubar Dilma e travar as investigações da Lava Jato.

A CUT também reafirmou o não reconhecimento do governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB), que, de acordo com a nota, solapa a democracia e os direitos dos trabalhadores. Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
22 Comentários

A farra de Beto Richa na Argentina

richa_mendoza

Garganta Profunda de Londrina, principal informante do Blog do Esmael no Palácio Iguaçu, revela-nos nesta quinta (26) que o governador Beto Richa (PSDB) promove uma verdadeira farra neste feriadão doutro lado da fronteira, em Mendoza, na Argentina, longe de fantasmas e do tarifaço do vinho que ele mesmo criou. “Mendoza é uma espécie de Disneylândia dos apaixonados pela alta gastronomia, compras e boa vida!”, relata o nosso Julian Assange das Araucárias. O X-9 mais famoso das Américas, com acesso mais frouxo à antessala do tucano que dona Fernanda Richa, a primeira-dama, puxa pela memória: “Na ultima viagem com os amigos, no maior navio do mundo da Royal Caribbean, Beto e o engenheiro Mauricio Fanini se divertiram na piscina de ondas flowrider….”, Leia, comente e compartilhe a íntegra do relatório de Garganta Profunda de Londrina: Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
28 Comentários

‘Dilma entrou no aquecimento para voltar em breve’, dizem senadores

senadoresA presidente eleita Dilma Rousseff entrou no aquecimento e deverá voltar em breve para terminar o jogo iniciado na posse em 1º de janeiro de 2015. É o que dizem senadores ouvidos nesta quinta (26) pelo Blog do Esmael.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) revelou que jantou com Dilma e outros colegas de Senado na terça (24), no Palácio Alvorada, quando cobrou mudanças na economia, no retorno da presidente ao cargo.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que também esteve presente no encontro, afirmou que esses “12 dias que abalaram o Brasil”, sob a batuta do interino Michel Temer (PMDB), mais que justificam a volta de Dilma.

“A presidenta já entrou no aquecimento, já está pronta para terminar o jogo começado em janeiro de 2015”, disse a parlamentar.

Segundo Gleisi, a presidente eleita fez autocrítica dos erros cometidos e prometeu mudanças no rumo da economia “tal qual cobrou Requião”.

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) relatou que a reunião de terça também contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Essa foi a segunda, na primeira estávamos na assembleia da Eurolat, em Lisboa. Eles queriam mais nos ouvir”. Leia mais

26 de maio de 2016
por Esmael Morais
8 Comentários

Fantasmas assombram Richa

requiao_rossoni_richaO deputado Requião Filho (PMDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, em sua coluna de hoje (26), critica o envolvimento do governador Beto Richa (PSDB) e de seu secretariado na contratação de funcionários fantasmas. Os auxiliares do tucano são acusados pelo Ministério Público de “peculato”, ou seja, desvio de dinheiro público. O colunista lança luz sobre o chefe da Casa Civil, deputado federal licenciado Valdir Rossoni (PSDB), outrora “caçador de fantasmas”, que teve os bens bloqueados pela Justiça, no valor de R$ 2,4 milhões, em virtude, justamente, de contratar fantasmas em seu gabinete na época deputado estadual e presidente da Assembleia. “O dinheiro recebido ilegalmente é o mesmo que falta para as crianças paranaenses, para a saúde, para as estradas, é aquele retirado dos tributos arrecadados para gerir o Estado”, indigna-se Requião Filho, que lança uma pergunta: “que moral o Governador tem para limpar a sujeira que ronda a Chefia da Casa Civil, se em seu antigo Gabinete de Deputado havia, comprovadamente, feito contratação de funcionário fantasma?”. O colunista reitera pedido para que Rossoni deixe a Casa Civil. Leia, comente e compartilhe a íntegra do texto abaixo: Leia mais