Senado pode barrar o golpe

renan_lulaPara os petistas e aliados do governo Dilma, a luta contra o impeachment apenas começou e ontem, na Câmara, apenas uma batalha perdida. Entretanto, avaliam, é possível derrotar o golpe no Senado.

Até o afastamento final da presidente da República, se seguido os tramites normais, decorrerá cerca de 180 dias. No plenário, tal qual na Câmara, serão necessários dois terços dos votos — ou 54 dos 81 senadores — contra o impeachment.

Calcula-se 28 senadores “ideologicamente” comprometidos com a democracia. Para barrar o golpe seriam necessários exatamente esses mesmos 28.

Não se trata de maioria governista, mas fruto de composições históricas e circunstanciais feitas desde o governo Lula.

Antes, porém, por volta de 5 de maio, uma comissão especial será formada no Senado — nos mesmos moldes que foi criada na Câmara — para recepcionar a autorização aprovada ontem pelo impeachment.

Portanto, daqui duas semanas os senadores decidem se rejeitam ou dão sequência ao processo.

19 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to tell you that I’m all new to blogging and site-building and certainly enjoyed this web blog. Probably I’m going to bookmark your blog . You really have awesome articles and reviews. Thanks for revealing your blog site.

  2. Se o Senado, como Instituição representativa de nossa democracia, quiser demonstrar à Nação que tem ainda credibilidade, deve rejeitar o pedido de impeachment entregue pelo Congresso.
    O Brasil inteiro e o mundo assistiram com constrangimento e repugnância à sessão de vexames em sequência , em clima de carnaval e deboche, expostos ao como um show de baixíssima categoria, em nada condizente com este momento de extrema gravidade.
    Aceitar uma votação em tais condições é dar crédito à banalidade que vigora em nossas instituições políticas. Rejeita-lá, sim, preservaria a dignidade e respeito que os eleitores e cidadãos deste país lhe outorgadas e querem que se faça valer.

  3. o que eu não aceito é uma presidente ser julgada por um bando de corruptos, que não esta nem ai para o povo brasileiro. só estão preocupados com o seu umbigo

  4. O plano é afastar a Dilma só por 6 meses, no fim o Temer ganha:
    1º – Entre maio e novembro (de 05 a 11/2016) vão passar todos os projetos do Serra no Senado e na Câmara. O “Grande Capital” vai inflar a Bolsa de Valores e a grana vai garantir Prefeitos da Direita em outubro. A VAZA JATO vai produzir o clima pros canalhas ganharem as eleições municipais, com 1º turno em 02/10 e 2º em 30/10/2016.
    2º – Em novembro (11/2016) o “Grande Capital” vai sair do Brasil e os BRASILEIROS IDIOTAS que tiverem apostado na ALTA DA BOLSA vão PAGAR O PATO.
    3º – A VAZA JATO ACABARÁ EM DEZEMBRO, com o Moro reclamando de falta de apoio da sociedade.
    4º – O Senado “deixará” a Dilma voltar para 1 Brasil vendido e quebrado para ser MASSACRADA por PAUTAS BOMBAS até a implantação do PARLAMENTARISMO ou 1 PRESIDENTE da DIREITA em 2018, que poderá ser o Temer!
    A única solução possível é denunciar esse plano nas redes sociais e na rua, por que a “imprensa” não vai falar nada.

    • No senado são dois terços. Infelizmente, como o Cunha está comprando TODOS com os bilhões que roubou de nós, isso não nos garante nada. Na câmara a gente só precisava de 171 votos contra, em 503. Só conseguimos 136. Tem um ditado que diz que todo homem tem seu preço. Acho que os que não se venderam por dinheiro, se venderam porque tem o rabo preso. De todo modo, vamos ter esperaça. “A esperança é a última que morre”.

  5. Me esclareçam por favor, no senado não seria a maioria simples ou 2/3 como fala o corpo da matéria.

    • Na comissão, maioria simples. No plenário, 2/3.

    • No senado são dois terços. Infelizmente, como o Cunha está comprando TODOS com os bilhões que roubou de nós, isso não nos garante nada. Na câmara a gente só precisava de 171 votos contra, em 503. Só conseguimos 136. Tem um ditado que diz que todo homem tem seu preço. Acho que os que não se venderam por dinheiro, se venderam porque tem o rabo preso. De todo modo, vamos ter esperaça. “A esperança é a última que morre”.

  6. Inimigo hoje, será inimigo sempre! E se você confiar ou barganhar com ele, pagará caro por isso!!
    Assim é na vida, assim é na política!!! Aprenda PT!!

  7. O o impeachment foi contra a prática de um governo, formado por Secretários, Ministro, Presidente e um vice-presidente. Então o impedimento deve obrigatoriamente chegar a todos, com os Ministros perdendo foro e o afastamento da Presidente e do vice.
    O atos mais covarde feito por uma republiqueta de indivíduos sem quaisquer escrúpulos na busca de vantagens e acordos.
    Agora o senhor cunha vai ser liberado, com o ditado corrupto amigo e corrupto bom.
    Senhores da moral e família.

  8. Pô REQUIÃO MAMONA, esse seu sobrinho é um cagão.Ele tá na panelinha do Cunha ? Pegou mal né !!!!

  9. Deputados do PR que votaram “SIM” e cometeram suicídio político:

    JOÃO ARRUDA: só se elegeu porque é sobrinho do Requião. Nem o próprio Requião votará nele novamente.

    SERGIO SOUZA: Só se elegeu porque era suplente de Gleisi Hoffman no senado e assumiu a sua vaga no senado por um certo período. Caso contrário não se elegeria nem vereador.

    CHRISTIANE YARED: Mais votada do PR na última eleição. Se elegeu com votos em grande parte de pessoas que se solidarizaram com a sua luta contra a impunidade do assassino de seu filho. Agora a própria Christiane se associou ao grupo que protege os Ribas Carli. Há alguma dúvida que não se elegerá na próxima disputa?

  10. Depois do que vi ontem, os traíras estão soltos e no senado não vai ser diferente.
    Vão rasgar a Constituição e com a anuencia do STF

  11. Gente estou com nojo desses farsantes, traíras e corruptos pelo que fizeram ontem; não me admiro de nada também no Senado, agora minha DECEPÇÃO FOI O ARRUDA sobrinho de meu ídolo Roberto Requiao, bota fiasco nisso, NÃO ME REPRESENTASSE NUNCA MAIS.

  12. Que fase esse governo chegou em, contando nos dedos votos de senadores…

    Um governo que não tem maioria na câmara quer fazer o que governando????isso que eu queria entender!