Richa pode fechar universidades

unioeste

O Conselho da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) se reunirá nesta quarta-feira (20) e deve decidir pela suspensão do calendário acadêmico, caso o governador Beto Richa (PSDB) não libere mais verbas para a instituição.

O orçamento de custeio da Unioeste para 2016 é de R$ 14 milhões, 30% menor que o de 2015. Segundo Gilmar Ribeiro de Mello, diretor do campus de Francisco Beltrão, a Universidade pleiteou uma emenda ao orçamento de mais R$ 13 milhões, totalizando R$ 27 milhões, valor necessário para custeio das atividades em 2016.

Os repasses feitos até o memento não cobrem nem os gastos com limpeza e segurança dos campi.

O Blog do Esmael vem alertando há tempos que a intenção do governador Beto Richa é fechar as universidades estaduais. O plano é estrangular as instituições financeiramente para que eles parem de funcionar. Uma alternativa não descartada pelo governador é a privatização das instituições.

No mês de março, o governo tentou inclusive confiscar os valores arrecadados pelas universidades estaduais em atividades como vestibulares, concursos e pesquisas.

A Unioeste tem cerca de 10 mil estudantes em 65 cursos de graduação divididos em cinco campi nos municípios de Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Marechal Cândido Rondon e Toledo.

Com informações do Jornal de Beltrão.

Comentários encerrados.