Redes sociais barraram o impeachment; Câmara aprovou o golpe

fica_queridaUm interessante estudo mostrou como se comportaram as redes sociais durante o processo da votação do golpe na Câmara. Na internet, 77% foram favoráveis à permanência da presidente Dilma Rousseff, conforme levantamento encomendado pela Folha.

Segundo monitoramento da empresa Sprinklr, houve uma inversão em relação à semana passada quando 89% das postagens eram pró-impeachment.

A base de análise da empresa foi de 2,255 milhões de postagens no Twitter e no Instagram do dia 17 de abril por meio de sua ferramenta Scup.

Dilma foi a personalidade mais citada, com 69% das menções, seguida por Temer (14%), Lula (10%), Jair Bolsonaro (4%) e Sérgio Moro (2%).

Entre as hashtags mais citadas, a #ImpeachmentDay entrou nos Trending Topics mundiais e ficou em 1º lugar no Brasil. As expressões #NãoVaiTerGolpe (com e sem acento) e #ForaDilma ficaram praticamente empatadas em 2º lugar.

Entretanto, a Câmara aprovou o golpe ontem por 367 votos favoráveis e 137 contrários.

Aqui neste link tem um gráfico representado o comportamento das postagens nas redes sociais.

 

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. SUPER MEGA KIT COMPLETO WHATSAPP MARKETING DIVULGAÇÃO EM MASSA

    Alcance Seu Publico Alvo

    Alavanque Suas Vendas

    SITE: http://bit.ly/1QgntWx

  2. Àquilo são nossos representantes?
    Da para vomitar.

  3. Tem como entrar com uma açao
    Cível contra o golpe democrático?

  4. A verdade é uma só, este congresso mostrou a cara para todo o país.

  5. Nunca fiz comentário qquer neste blog. Pela vez primeira, faço hoje. Sou um caminhoneiro autônomo, tenho 66 anos, trabalho muito. Rodo pelo Brasil todo.
    Converso com muitas pessoas das mais diversas profissões e classes sociais.
    Embora nunca tenha votado em Dilma, me confesso até triste com a situação de ontem.
    Só que dentro de minhas conversas, sinto que a maior decepção pela atual situação, está justamente em pessoas que confessam ter votado em Dilma.
    Conheço pessoas que eram fanáticas por Dilma e hoje dizem não suportá-la mais. E eu me pergunto o porquê?

    • Amigo, venha mais vezes,ao blog.
      Eu só diria uma cousa, voce devia ter perguntado a essas pessoas a razão.
      Garanto que a maioria levaria um choque com sua pergunta. Explico,

      Uma faxineira minha conhecida, e muito primária em tudo, só sabe falar umas poucas frases, e é de dar pena em geral, mas boa pessoa moralmente falando, sempre falava “fora Dilma”. Eu não batia de frente.

      Um dia, meio com maldade, eu disse brincando e deixando a à vontade: ” vou fazer uma entrevista com você,explique com fatos reais a razão de seu eterno Fira Dilma. A mulher quase teve um Treco. Nunca tinha pensado nisso. Juro! Ainda tive que nanobrar e manter a amizade.

      E o pior é que se fizermos essa pergunta aos branquelos com curso universitário, da Paulista sucederá o mesmo. Viste a foto dos monstros? Aquilo não pensa, só ruge e abre a bocarra. A mando da Globo e do patrão.

    • Desde o início do segundo mandato de Dilma, jornalistas e comentaristas de rádio e TV passam 24 horas por dia atacando o governo. Notícias positivas foram banidas do noticiário. Você não escuta nada sobre o sucesso do Mais Médicos, redução da miséria com o Bolsa Família, Ciência sem Fronteira, etc. E esta onda de notícias negativas tem o claro objetivo de jogar a população contra Dilma pra derrubá-la. Agora, por que a imprensa está com tanta raiva da presidente. Se pesquisar na Internet verá que Dilma cortou verba publicitária dos veículos de comunicação, e os grandes, tipo Globo, Folha, Estadão, são altamente dependentes do dinheiro do governo federal. Sabe porque a imprensa paulista não fala mal de Alckmin? O governador de São Paulo sustenta a Veja, Estadão, etc. Entendeu agora?

  6. Acabo de ler no Twitter: Colega de trabalho que apoiava Golpe disse que depois de assistir votação se decepcionou: “Quero distância desses cara…”

  7. Sou obrigado a votar, viajei gastei R$300,00 para votar e vem um bando de deputados e roubam o meu voto, e dizem que o voto e a arma do eleitor.
    Arma dos corruptos que não se importaram com os eleitores, só com eles e salvar alguns da Justiça Federal.
    Como vai ficar, aquilo que vimos ontem foi uma palhaçada geral.
    Quero entrar na justiça, se tiver justiça para pobres eleitores.
    Isso é muito grave, acontece com muitas pessoas no país do golpe.
    Abraços.