Ratinho Junior lança nesta terça a “Carta de Puebla do Batel”

Deputado licenciado e secretário de Estado, Ratinho Júnior, reúne a tropa de Curitiba nesta terça-feira (5) para lançar a versão playboy da “Carta de Puebla do Batel”;documento original dos bispos, da Conferência Episcopal de 1979, realizada em Puebla de Los Angeles, no México, diferente desta do líder do PSD, orienta pela opção preferencial pelos pobres e tem a vida como centro de qualquer projeto e assegura aos mais necessitados o direito humano à vida em sua plenitude; além de lançar a “Carta de Puebla do Batel”, presidente municipal do PSD de Curitiba, deputado Ney Leprevost, na condição de candidato a prefeito da capital paranaense, também apresentará novos filiados no partido; dentre os novos signatários da “Carta de Puebla do Batel” estão os vereadores Bruno Pessuti e Carla Pimentel – ambos deixaram o PSC – e o líder informal de Gustavo Fruet (PDT) na Câmara Municipal, Felipe Braga Cortes (PSDB).

Deputado licenciado e secretário de Estado, Ratinho Júnior, reúne a tropa de Curitiba nesta terça-feira (5) para lançar a versão coxinha da “Carta de Puebla” — a “Carta de Puebla do Batel”;documento original dos bispos, da Conferência Episcopal de 1979, realizada em Puebla de Los Angeles, no México, diferente desta do líder do PSD, orienta pela opção preferencial pelos pobres e tem a vida como centro de qualquer projeto e assegura aos mais necessitados o direito humano à vida em sua plenitude; além de lançar a “Carta de Puebla do Batel” coxinha, presidente municipal do PSD de Curitiba, deputado Ney Leprevost, na condição de candidato a prefeito da capital paranaense, também apresentará novos filiados no partido; dentre os novos signatários da “Carta de Puebla do Batel” estão os vereadores Bruno Pessuti e Carla Pimentel – ambos deixaram o PSC – e o ex-líder informal do prefeito Gustavo Fruet (PDT) na Câmara Municipal, Felipe Braga Cortes, que chispou do PSDB.

O pré-candidato ao governo do Paraná pelo PSD, Ratinho Júnior, reúne a tropa de Curitiba na noite desta terça-feira (5) para lançar a versão coxinha da “Carta de Puebla do Batel*”.

A “Carta de Puebla” verdadeira, originária da Conferência Episcopal de 1979, realizada em Puebla de Los Angeles, no México, diferente desta de Ratinho Júnior, orienta pela opção preferencial pelos pobres e tem a vida como centro de qualquer projeto e assegura aos mais necessitados o direito humano à vida em sua plenitude.

Além de lançar a “Carta de Puebla do Batel”, o presidente municipal do PSD de Curitiba, deputado Ney Leprevost, na condição de candidato a prefeito da capital paranaense, também apresentará novos filiados no partido.

Dentre os novos signatários da “Carta de Puebla do Batel” estão os vereadores Bruno Pessuti e Carla Pimentel – ambos deixaram o PSC – e o líder informal de Gustavo Fruet (PDT) na Câmara Municipal, Felipe Braga Cortes (PSDB).

*Batel é o nome do bairro mais chique da Capital Nacional do Grampo, muito frequentado pelos coxinhas que defendem o golpe contra o estado democrático de direito.

Comentários encerrados.