“O Senado deve ser ágil para virar essa página da história”

senado

O senador Alvaro Dias (PV) afirma que a indefinição sobre o futuro do governo federal “paralisa a economia, gera insegurança e perturba o mercado”. Por isso, ele defende a rapidez do processo de impeachment no Senado. Leia e ouça a coluna do senador abaixo.

Download áudio

O Senado deve ser ágil para virar essa página da história

Alvaro Dias*

Passada a aprovação da admissibilidade do processo de impeachment contra a presidente da República, a responsabilidade passa a ser, a partir de agora, dos senadores. O Senado Federal é, tradicionalmente, a casa da maioridade política e, sendo assim, tem o dever de assumir essa responsabilidade, tentando superar rapidamente o impasse e a indefinição, que são muito prejudiciais para o País.

Nós já prolongamos muito esse debate. Há quanto tempo estamos discutindo o impeachment da presidente da República? A falta de definição paralisa a economia, gera insegurança e perturba o mercado. Por isso, a necessidade de agilização é visível. Precisamos evitar expedientes protelatórios, sem atropelar a legislação e respeitando as normas estabelecidas pelo Supremo Tribunal Federal. A sociedade brasileira nos cobra o fim desse triste capítulo da história política. É preciso virar essa página.

Acredito que, no Senado, o maior poder de influência para o julgamento do impeachment virá dos cidadãos. Como diria Ulysses Guimarães, ‘ Só o povo mete medo nos políticos”. Nós verificamos na Câmara dos Deputados: muitos parlamentares que estavam indecisos ou que votariam contra a abertura de processo, mudaram de ideia em função da pressão popular. A onda cresceu, e foi avassaladora. Eu considero praticamente impossível reverter a tendência sobre o afastamento da presidente.

Em relação à possibilidade de realizarmos novas eleições no país, considero improvável. Nós dependeríamos de, além do impeachment da presidente Dilma Rousseff, da renúncia do vice Michel Temer. Outra alternativa seria o Tribunal Superior Eleitoral julgar o pedido de cassação da chapa presidencial. Mas como a sinalização do TSE é de que o julgamento só ocorra em 2017, as chances de convocação de uma nova eleição são remotas.

Sobre um eventual governo Temer, apesar de torcer pelo seu sucesso, continuarei do lado da oposição, onde estive nos últimos catorze anos. O PMDB é sócio majoritário da massa falida, e nós iremos cumprir o papel de fiscalizar os atos do novo governo. Essa é a missão que as urnas me destinaram.

*Alvaro Dias é senador pelo Partido Verde. Ele escreve nas quartas-feiras para o Blog do Esmael sobre “Ética na Política”.

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. senador sem escrúpulos. Quanto pagou para aquela professorinha elevá-lo a d-us e falar utilizando o nosso honrado título de professor no período eleitoral, a seu favor? Quais os grupos corruptos o mantém na mídia da vendida rede globo? Eu ainda ouço o barulho dos cascos dos cavalhos… eles vindo para cima de nós…eu estava lá…Como presidente do Brasil diminuirá nosso salário para manter também uma grande cavalaria? Atirará bombas de efeito moral sobre todo o povo brasileiro? Ou modernizou um pouco os métodos de ataque? Seu terninho, o mantém engomado? Tem impregnado nele muita sujeira, muita lama. Só um antidemocrata para pensar e maquinar ações de como neutralizar um poder legitimado por aqueles que a sua pessoa mais odeia. Nós, o povo.

  2. Ontem assisti pela TV BRASIL A ENTREVISTA DA PRESIDENTE DILMA que respondeu a diversas questões e perguntas levantadas pelo jornalistas internacionais, e em especial, a pergunta da jornalista canadense me chamou atenção, não pela pergunta e sim, mais pela demonstração de espanto e constrangimento que ela teve ao perguntar a Presidente Dilma sobre a situação dela e que se isso era porque ela era mulher e até do comportamento dos dePUTAdos que estavam na Câmara batendo fotos com um cartaz que esta escrito Tchau Dilma.

    Ela a jornalista canadense deixou claro sua indignação pela situação da Presidente e pelo deboche dos parlamentares brasileiro com a falta de respeito a Presidente.

    A Presidente muito sem graça respondeu e disse que se o Presidente do Brasil fosse homem, isso não estaria acontecendo desta forma.

    Enfim estamos com nossa imagem de um povo sem educação, de que aqui é realmente uma República de Bananas e que os argentinos tem razão que somos não na grande maioria, mas na minoria macaquinhos adestrados.

    Está é a verdade que estamos passando para o mundo. Somos é um bando de analfabetos funcionais, sem cultura, sem educação e pior ainda sem conhecer política e mandados por ladrões, corruptos e golpistas neste momento.

    Desta fez reconheço que o Brasil caiu na lama do fundo do poço.

  3. Eleições gerais já, neste momento é o melhor a se fazer o governo Dilma esta não se sustenta já todos abandonaram ela para navegar tranquilos no governo Temer

  4. Tchau Queridos…..kkkkk

  5. Este daí pensa que vai chegar à presidência. Não fará 5% dos votos. Sempre procurou atrapalhar o governo. Golpista sem escrúpulos.

  6. Faça um favor ao povo paranaense e ao Brasil. Saia da política.

  7. Quantos ossos no armário esse caro senador não tem escondido no armário : incêndio na Alep, quando era governador, Banestado, Telepar, golpe contra Lugo no Paraguai… Imóveis milionários em Brasília… É por aí vai…

  8. vamos bater em professor, que tal?
    a maioria esquece, mas tem gente que nao.

  9. e o precatório da CRAlmeida senador. O sr. desqualificou a vencedora da licitação para entregar à outra construtora a obra da usina, e quem está com o mico de 2 bilhões na mão é o erário do Paraná. e o Sr. vem falar em crime de responsabilidade alheia? lembro como se fosse ontem, a sua cara de paui na TV dizendo que iria economizar 68 milhões na obra, mas o que fez foi um sério desfalque e na minha opinião o Sr é mil vezes mais pernicioso na política do que o PT.

  10. Deve ser outro igual aaqueles deputados que envergonham nossa nação. Intervenção internacional já….Putin manda seu exercito aqui, assim a Dilma fecha o senado e a camara dos deputados.

  11. Democracia de um País,ser acabada vergonha,coitados das nova geração,políticos que só pensam em si.Onde manda abraços para filhos,esposas,vizinho e ate sabe DEUS a que mais……Os deputados federal do PR tem que trocar todos.

  12. O senador tem pressa na conclusão do golpe midiático-jurídico-parlamentar contra a presidente Dilma. Previsível para quem, mais do que oposição, há muitos anos vem destilando ódio ao Partido dos Trabalhadores. A mesma preocupação com os rumos do país o senador não demonstra quando a questão é a punição de quem começou toda essa situação: o puro e santo evangélico presidente da Câmara. Mas o senador Álvaro C. Dias continua coerente e diz que também fará oposição ao Temer quando presidente. De qualquer forma, para o freguês do jatinho do Yousseff, só existe um político perfeito: ele próprio.

  13. A ALIANCA DO GOLPE ESTA COM PRESSA, DEVEM ESTAR IMCOMODADOS, COM A IMPRENSA MUNDIAL. QUE VERGONHA/ GANHEM NAS URNAS/ FORA GOLPISTAS.

  14. O senador Alvaro Dias, como homem de bem, justo, consciente de seus atributos e afazeres, amante da Democracia e do Estado de Direito, defensor da legalidade, vota como? …

    • vota pelo golpe. Golpe contra professores, golpe contra o erário (precatório da CRAlmeida, Golpe em Maringá(Paolicci), golpe contra a democracia, etc etc etc

  15. ÁLVARO DIAS DEIXE O LULA E A DILMA TRABALHAR. A SUA VEZ CHEGARÁ, É SÓ DE CANDIDATAR EM 2018 E GANHAR A ELEIÇÃO

  16. O que sr senador ??? Golpista de meia tijela.