Por Esmael Morais

Nobel da Paz participa de ato contra o golpe em Curitiba

Publicado em 29/04/2016

O Prêmio Nobel causou urticária ontem (28), em Brasília, depois de declarar no plenário do Senado que o processo de impeachment é “golpe”.

Esquivel chegou numa capital paranaense, além de fria, convulsionada. Hoje completa um ano do massacre de 213 professores, no Centro Cívico, por ordem do governador Beto Richa (PSDB).

Em tempo: Beto Richa é sócio de Aécio Neves e Eduardo Cunha no golpe que visa derrubar a presidente Dilma Rousseff.