Por Esmael Morais

“Não era merda”, jura deputado do camburão

Publicado em 28/04/2016

No início desta semana, os 31 deputados que compõem a “bancada do camburão” na Assembleia Legislativa do Paraná receberam uma carta recheada de fezes.

IMG_9133

A “bancada do camburão” ficou conhecida nacionalmente, no ano passado, depois de permitir-se transportar num caveirão da polícia até a Assembleia. Por ordem do governador Beto Richa (PSDB), os deputados tinham de votar o confisco de R$ 8 bilhões da ParanáPrevidência.

O “documento” enviado aos parlamentares – com chocolate ou fezes — lembrava o primeiro ano do massacre de 213 educadores e o confisco da poupança previdenciária dos servidores públicos.

Hoje à tarde, o grupo de professores enviou novamente aos deputados governistas um crachá/cartão de “usuário do camburão”.

Provocações à parte, o Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, nesta sexta-feira, dia 29 de abril, vai transmitir ao vivo manifestação dos educadores para o Brasil e o mundo.