Lula diz que impeachment é articulado por uma “quadrilha legislativa”

da Agência Brasil

lulaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje (25) que o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff está sendo conduzido por uma “quadrilha legislativa”. Lula participa de encontro promovido pela Aliança Progressista, uma rede internacional de partidos e organizações de esquerda. Com a voz rouca, o discurso do ex-presidente foi lido pelo diretor do Instituto Lula, Luiz Dulci.

“Uma aliança oportunista entre a grande imprensa, os partidos de oposição e uma verdadeira quadrilha legislativa, que implantou a agenda do caos”, disse Lula em discurso lido por Dulci. Do lado de fora do hotel onde ocorre o seminário, manifestantes favoráveis ao impeachment trocam provocações com grupos que apoiam o governo.

Após Dulci ter lido o discurso, o ex-presidente falou alguns minutos de improviso.  Segundo Lula, os deputados federais não analisaram com equilíbrio os argumentos sobre o impedimento da presidenta, e resolveu pela abertura do processo de forma sumária. “Ali não houve uma mínima análise de argumentos e provas. Houve um pelotão de fuzilamento, comandado pelo que há de mais repugnante no universo político”, criticou o ex-presidente.

“Essa operação foi comandada pelo presidente da Câmara dos Deputados, réu em dois processos por corrupção, investigado em quatro inquéritos e apanhado em flagrante ao mentir sobre suas contas secretas na Suíça”, disse em referência a Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, de acordo com Lula, aceitou a tramitação do processo de impeachment como vingança. “Quando os deputados do PT se recusaram a acobertá-lo no Conselho de Ética, o presidente da Câmara abriu o procedimento do impeachment”.

Uma das razões da ação para a saída de Dilma é, segundo Lula, abafar as investigações e o combate à corrupção no país. “Os golpistas querem voltar ao poder para controlar, justamente a polícia. Intimidar o Ministério Público e a Justiça, como fizeram no passado. Para restabelecer o reino da impunidade que sempre os preservou”.

O agravamento da crise política, que criou o cenário propício ao impedimento da presidenta, foi uma estratégia dos opositores ao governo, disse o ex-presidente. “Enquanto o governo se esforçava para equilibrar as contas públicas, cortando na própria carne, a oposição trabalhava para agravar a crise. Foram 18 meses de sabotagem no Legislativo, com a cumplicidade dos grandes meios de comunicação, que difundem o pessimismo e a incerteza 24h por dia”, disse.

Falando de improviso, o ex-presidente comparou o processo atual contra Dilma ao golpe que instaurou a ditadura militar no país. “Tirar a Dilma do jeito que eles querem tirar é a maior ilegalidade desde a revolução de 1964, no golpe militar”, comparou.

Os argumentos usados atualmente são, de acordo com Lula, semelhantes aos proferidos para derrubar governos e instaurar os regimes nazista e fascista na Alemanha e na Itália, respectivamente, na primeira metade do século 20. “O argumento é sempre o mesmo: acabar com a corrupção. Foi assim que Hitler cresceu, foi assim que Mussolini cresceu, é assim que a direita cresce em todos os países da América Latina”.

Para Lula, internacionalmente há o agravamento de crises políticas e econômicas, que afetam, em especial, os países latino-americanos. “Depois da crise de 1929, nunca tivemos uma situação como essa. Nós temos o mundo rico fracassado, o Brics [Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul] vivendo problemas sérios e a América Latina retrocedendo, não apenas do ponto de vista econômico, a do ponto de vista da democracia”.

11 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I am just newbie to blogging and certainly enjoyed this page. More than likely I’m planning to bookmark your site . You amazingly have outstanding stories. Thanks for revealing your webpage.

  2. I just want to mention I’m new to blogs and absolutely enjoyed you’re website. Probably I’m likely to bookmark your blog . You really have incredible articles. Appreciate it for sharing with us your blog site.

  3. SUPER MEGA KIT COMPLETO WHATSAPP MARKETING DIVULGAÇÃO EM MASSA

    SITE: http://bit.ly/1QgntWx

    Skype: Power-Tecnology

    Telegram: PowerEmails

    Whatsapp: 11-9586-31289

  4. SUPER MEGA KIT COMPLETO WHATSAPP MARKETING DIVULGAÇÃO EM MASSA

    SITE: http://bit.ly/1QgntWx

    Skype: Power-Tecnology

    Telegram: PowerEmails

    Whatsapp: (11)9586-31289

  5. #StopCoupinBrazil
    #SOSCoupinBrazil
    #‎VemPraDemocracia‬
    ‪#‎NãoNosIntimidarão‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬
    ‪#‎OGolpeSeráDerrotado‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬
    ‪#‎PelaDemocracia‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬
    ‪#‎MoroExonerado‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬
    ‪#‎AbaixoARepúblicaDoParaná‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬‬
    #DilmaFica
    #ForaCunha
    #RenunciaTemer
    #GloboGolpista
    #LulaValeALuta

  6. Não disse nenhum inverdade, está correto em sua análise, só quem não quer enxergar é a turma da alfava que está hostilizando a turma da mortadela.

    No mais segue o baile.

  7. SOLTE O VERBO LULA, FALE E GRITE AOS QUATRO CANTOS, O SENHOR TEM MORAL PRA FALAR,ELES SÃO MUITO MAIS QUE UMA quadrilha legislativa, ELES SÃO UM BANDO DE LADROES, COVARDES, MENTIROSOS, SAFADOS, VAGABUNDOS ELES SÃO OS 367 ACHACADORES QUE O CID GOMES SE REFERIU É ISSO QUE ELES SÃO.

  8. Ha mais cúmplices do golpe do que supõe a filosofia. Alguns já se preparam para posar de vitimas.

    Lula, muito obrigada. O senhor foi o melhor presidente. Lamento a perseguição que lhe fazem.

    Abração.

  9. Só se discute interesses delles. Ninguém discutindo interesses do povo.

  10. E tal como disse Lula, o filho do ex- pres. João Goulart, o governo de seu pai, foi TRAIDO/GOLPEADO em 1964 pelos, partidos TRIRAS/OS MILITARES/E A MIDIA GOLPISTA, entrevista esta no site CONVERSA AFIADA.

  11. “Brasil vive hoy un estado de excepción. No es el combate a la corrupción, sino su perpetuación, lo que guía la destitución de Dilma. No es la lucha por la reforma democrática de Brasil lo que impulsa y promueve el proceso de impeachment, sino la preservación de las bases oligárquicas, racistas, discriminadoras y sexistas sobre las que se construyó el poder de las élites brasileñas. No es que algo nuevo está naciendo, es que lo viejo, lo de siempre, lo repugnante y lo injusto, persisten y seguirán siendo impuestos para disciplinar y gobernar la vida de los que merecen un futuro mejor.”
    Pablo Gentili em El Pais