Gleisi: “No Senado vai ter luta! Não vamos desistir da democracia”

dilma_gleisi_yaredSenadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), nesta segunda-feira (18), afirmou que a aprovação de abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff deixou claro ao país que se tratou de um golpe. Ela também disse que foi constrangedor assistir Eduardo Cunha, réu em ação de corrupção no Supremo, e lamentável deputados utilizando argumentos como família, netos, marido, mulher, religião, combate à corrupção. “Menos crime de  responsabilidade”, observou a parlamentar, que ainda lamentou o comportamento da bancada do Paraná: “Exceção à deputada Christiane Yared”.

Gleisi Hoffmann*

Se havia alguma dúvida, ela acabou. Ontem ficou claro para o Brasil que o processo de impeachment da presidenta Dilma é um golpe.

Durante a votação, assistimos deputados usando todo tipo de argumento: família, netos, marido, mulher, religião, combate à corrupção. O que não vimos foi falarem do suposto crime de responsabilidade que Dilma teria cometido.

Isso porque Dilma não cometeu crime algum e os deputados sabem disto. Nem um fato sequer foi encontrado contra a presidenta. Nada que tornasse este processo constitucional. Sua origem é viciada, nasce do desejo de vingança, sob premissa falsa. Foi incentivado e conduzido por Eduardo Cunha. Foi constrangedor ouvir os discursos irados contra a corrupção e ver um dos maiores envolvidos em corrupção dirigir a sessão.

A bancada do Paraná, meu Estado, votou majoritariamente pelo impeachment, pelo golpe. Falaram da corrupção como se vivessem num Estado governado por virtuosos, por um governador honesto e sério. Foi muita hipocrisia! Poderiam, pelo menos, ser coerentes e denunciar aquele governo. Exceção à deputada Christiane Yared. Quem era contra a corrupção não poderia aceitar um impeachment conduzido por Eduardo Cunha!

Os defensores do golpe não votaram de acordo com suas consciências. Votaram por oportunismo e por covardia de se opor aos desejos da mídia, de Eduardo Cunha e dos movimentos fascistas, que influenciaram a opinião pública ao longo dos últimos meses. Se aproveitam da grande campanha agressiva de desconstrução da presidenta para fazer o discurso fácil e moralista “contra a corrupção”. Isso tudo com o aval do conspirador vice-presidente, Michel Temer, e do candidato derrotado nas urnas, Aécio Neves. Uma vergonha, um retrocesso para a democracia. Relativizaram o poder do voto.

Ontem foi um dia triste pelo episódio lamentável que a Câmara dos Deputados protagonizou. Mas hoje já estamos descansados e bem vivos, prontos pra continuar a luta. O Senado da República é uma Casa mais equilibrada, aqui faremos a discussão de mérito, aqui impediremos a concretização do golpe. Aqui defenderemos a democracia. Nos últimos anos, o Senado da República não faltou ao país, corrigindo os erros e excessos da Câmara. O fará novamente agora.

*Gleisi Hoffmann é senadora da República pelo Paraná. Foi ministra-chefe da Casa Civil e diretora financeira da Itaipu Binacional. Escreve no Blog do Esmael às segundas-feiras.

40 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to mention I am all new to blogging and site-building and certainly enjoyed this blog site. Most likely I’m planning to bookmark your website . You amazingly have exceptional articles. With thanks for sharing with us your blog site.

  2. “Exceção à deputada Christiane Yared”. se elegeu com a bancada do pt e com dilma ???????????

  3. Meu Deus, simplesmente incompreensível que a traição esteja encravado nessa mulher chamada Christiane Yared, basta olhar a foto, perdeu toda minha consideração, votei nessa golpista por acreditar a sua causa. É muito triste reconhecer que perdi meu voto elegendo essa senhora.

  4. Está deputada nunca mais terá o meu voto é da minha família.não tem vergonha na cara.golpista

  5. Assustador foi ouvir algo que a maioria invocava sob a denominação de deus, afinal que deus amedrontador seria esse na boca daquelaa criaturas? Seria uma espécie de senha para se comunicar com o todo poderoso Cunha? Tudo lá era assustador… mas o que me chamou atenção foi o Sra. Yared falar algo e fazer outra coisa… e o sobrinho do Requião o Deputado Arruda ficou com medo do Cunha?

  6. Exceção o cacete, esta deputada de araque tá na mesma panela e só vê seu próprio umbigo

  7. fala-se tanto em golpe, mas não falam sobre a grave crise econômica que estamos enfrentando, graças a incompetência de nossos governantes, tanto na esfera federal,estadual e municipal.Não temos que levantar bandeiras de partidos políticos, mas sim princípios e valores que devem orientar uma nação.Roubou, facilitou, se omitiu, deve ser jugado e condenado para servir de exemplo. Todos sabem que o PT, o PSDB,o PMDB e vários outros partidos, fazem barganha para conseguir cargos, facilitações; virou um verdadeiro balcão de negócios, acabou a ideologia deve sim seguir uma orientação de partido.Isso é um absurdo um deputado não poder votar usando sua capacidade de interpretação, mas sim a orientação de um partido.Isso é uma falsa democracia.

  8. Os paranaenses estão sempre procurando um homem para chamar de seu. ATUALMENTE É O MORO.

  9. Quem não sabia o RESULTADO;a partir do momento que LULA JOGOU A TOALHA NO SABADO, e voltou para SAO PAULO, e ao mesmo tempo o TEMER foi para BRASILIA, o GOLPE JA ESTAVA CONSOLIDADO.

  10. Dizem que ela está atrás de justiça! A família do assassino de seu filho agradece!

  11. Por favor senadora Gelisy, votei em V. Exa, mas peço que nunca mais pronuncie o nome desta deputada Yared. Lágrimas de crocodilo é que irrigam a biografia deste mentirosa. Manchou o nome do filho dela. Nem ele deve ter entendido o que a mãe falsa fez. Saia da vida pública deputada, mulher execrável, sem nada vazia. Yared nunca mais será eleita para nada. Mentirosa e falsa. O futuro desta deputada, está no mesmo lugar que o corpo do filho. Quanto a Sra Senadora, quero vê-la lutando até o último dia. Estamos juntos.

  12. Os representantes do Paraná são uma vergonha geral para as pessoas honestas do país. E para os trabalhadores desse estado.E para seus filhos e netos.
    Salvo exceções. Não se esquecerem de que Alvaro Dias fará sua parte na caca se a mesma chegar a uma votação. O que espero que não aconteça.

  13. NÃO ESPERE ALGO DIFERENTE DO SENADO, CARA GLEISI!

  14. MUITO BEM GLEISI, NÃO VAMOS DESISTIR DA LUTA. O SENADO É UMA CASA SÉRIA E VOTARÁ DE ACORDO COM A LEI. A DEPUTADA FEDERAL CHRISTIANE YARED, FOI A QUE DEU O RECADO MAIS CERTO NO MOMENTO DA VOTAÇÃO.

  15. Lamentavel essa senhora. Vou contra a Dilma, mas falou contra o Beto Richa. Não era isso que estava sendo votado.
    Que o Piá de Prédio é uma tranqueira todo mundo sabe. Acorda minha senhora. Se elegeu para que ?? conta para que veio ?

  16. ESSE MOMENTO SERVIU PARA NÓS DESCOBRIR EM QUEM NÃO DEVEMOS VOTAR NUNCA MAIS.

    Essa Senhora que eu não escrevo mais o nome, votou a favor de seus algozes a partir de agora eu estou cagando e andando para as lagrimas de crocodilo dela, tem outras pessoas por ai igual a ela, que perderam infelizmente membros de suas famílias, em situações trágicas, e se utilizaram do fato para chegar ao poder e fazer comunhão com o capeta.

  17. Lamentável mesmo foi ver a Senhora Yared que luta por justiça, votar contra uma presidente que não cometeu crime!

  18. Enio Verri também votou contra.

    Acho que a excessão a que a senadora se refere foi por ela ter mencionado o rixa.

    Mas é também traidora, inclusive de seus antigos correligionários do PTN.

  19. PMDB: tigre com Richa e tchutchuca com Cunha.

  20. Para uma coisa serviu o Cunha desmascarou o voto do Arruda e da Yared ambos eleitos com os votos da Dilma e foi Excepcional os votos de Ariel e Assis do Couto REDE e PDT.

  21. Ela esqueceu de citar o Deputado que ela projetou na política e que foi seu suplente no senado, chegando a assumir a sua vaga por um certo período: SÉRGIO SOUZA.

    O cara não era nada! Só ficou conhecido porque era suplente da Gleisi! Agora vira a casaca…

    Não sei porque mostrar essa Christiane Yared. Muita gente votou nela por conta da sua luta contra a impunidade do assassino do seu filho e o que ela faz agora? Se associa justamente com aqueles (PSDB) que se dedicam para manter Carli Filho impune! Só quero ver quantos votos ela fará na próxima eleição.

    Lamentável que tenha cometido esse suicídio político, Dona Christiane.

  22. VEJAM SÓ: Pela votação ter sido comandada por um RÉU como o Cunha, pelas multidões terem ido às ruas contra o GOLPE e pelos 25 votos que faltaram para barrá-lo, o STF poderá atender à defesa em deslegitimar a votação. Estranho foi os 9 estados do NE votarem majoritariamente a favor do impeachment, sendo que o povo dessa região passava fome antes dos governos petistas. A Globo deve ter contaminado esse povo com o ódio contra o governo forçando seus deputados a votarem a favor do golpe.

    TRISTE REALIDADE: “pela minha família, pelos meus netos e pelo meu cachorro, meu voto é sim”. Ao invés de votarem pelos milhões nas ruas contra o golpe, certos deputados representaram os filhos e netos que se contaminaram com o ódio vindo das redes sociais. O MAIS TRISTE É SABER QUE O DEPUTADO TUCANO PAULO MARTINS É CONTRATADO DO RATINHO COMO COMENTARISTA ANTI-DILMA. Isso é democracia? Contratar político de direita para falar mal de políticos de esquerda na minha Tv, é legal e moral?

    • Eu também não gosto do Cunha, o Malvado Preferido do Roberto Jeferson, mas a posição dele na Câmara era de Presidente dos Trabalhos, infelizmente é o Cargo que conta e não a pessoa dele. Pensando por esse lado, nem Renam podia estar na Presidencia do Senado e ainda presidir o Impeachment. Só para esclarecer….

      • Quantos deputados Cunha subornou e ameaçou para votarem contra Dilma. Aliel, da Rede, foi um dos que denunciou as ameaças deste bandido. Acorda rapaz!

  23. Papelão da Sra. Yared, usou o nome do filho morto por um assassino da oposição e votou Contra a Dilma. Seu filho deve estar muito satisfeito onde está.

  24. A Democracia continuará a existir e ser cultuada no Brasil após o Impeachment, pois democracia de uma único partido isto não é democracia, é como Cuba, Coréia do Norte e outras ditaduras como a da Venezuela, um único partido no poder não configura nenhuma Democracia…Lamentável que pensem assim e usem o termo para estes conceitos tão espúrios.

  25. QUANTA HIPOCRISIA, MAS DE NO QUE DER, 2018 a resposta aos GOLPISTAS E LULA LA.

  26. O Senado é uma casa legislativa tão reacionária e conservadora quanto a Câmara. Não acredito que darão tratamento diferente à presidente Dilma do que os deputados federais deram. Apenas haverá um verniz seboso de quem se posta como o antigo senado romano. O que o PT precisa fazer nesse momento é começar a ser organizar para enfrentar as eleições de 2018.

  27. A democracia acabou,senadora o voto do povo não tem validade,chega o fim da democracia,vergonha os deputados federal do Paraná,2018 eles vai ter o voto da família.

  28. “Exceção à deputada Christiane Yared”, esta sra.votou a favor do impedimento senadora! exceções foram os Deputados Aliel (rede) e Assis do Couto (pdt), no mais um bando de conservadores e traidores!

    • Christiane Yared e João Arruda foram as duas grandes decepções pra mim. Perderam o meu voto e de minha família, e de milhares de professores, tenho certeza. Quem apoia este golpe comandado pelo Cunha corrupto não merece o meu respeito. Em época de eleição farei questão de fazer propaganda contra esses dois traidores.

      • Isso mesmo, campanha contra esses golpistas. A Dona Yared sabia que votava errado, mesmo assim se acovardou. Campanha contra esses golpistas. A guerra não terminou ontem.

      • Concordo com vc Eleitor!!!!A classe dos professores sentiu-se decepcionada com estes dois;Yared e Arruda. Ela fez um discurso contraditório e votou a favor do impeachment.Ele sobrinho do Senador Requião .Não me representam.

  29. Brava senadora, infelizmente o Senado assim como o STF são aliados do golpe e do fim da nossa Constituição.
    O STF é a base do golpe e o Senado vai referenciar isso.
    É o fim da nossa democracia.

  30. Muitas pessoas ficam desanimadas mas vamos viver um novo tempo com políticos de visão que combatem a corrupção.

    Temer, Eduardo Cunha, Renan Calheiros, Paulinho da Força, Maluf, Ricardo Barros, Rubens Bueno, Hauly, Franscisquini, Tiririca, Sarney Filho, Filha do Dr. Jeferson entre outros são intelectuais sem qualquer acusação isto que é bom.

  31. Que falta de coerência senadora. Fala do Cunha e esquece do Senado de Renan, que tem a ficha ainda mais suja??? Não se constrange com ele na presidência? Não se constrange com petistas presos por corrupção? Aliás, a sua situação e do seu marido não é das melhores…. No Senado a surra será ainda maior. É a propósito, concordo com a questão do Richa: espero que a hora desse sujeito chegue rápido para livrar o Paraná de parasitas. A sua hora, caso escape juridicamente, chegará nas urnas.

    • Gleisi, você honra meu voto. Como li no Twitter, uma Câmara de bandidos que elegeu e defende o corrupto Cunha não tem moral pra pedir afastamento de Dilma.

    • A sua “coerência” é que está certinha seu Eriton. Parabéns … se regozija em um golpe de estado, onde uma senhora, presidente, sem nenhum processo contra ela, está sendo alijada do poder lhe dado por mais de 54 milhões de votos dos brasileiros, a revelia da constituição federal, por canalhas, bandidos, golpistas … e você torcendo a favor … faz parte do “somos todos Cunha”? … Dos “todos cunha” que não estão presos, são inocentes? É nessa câmara que você confia o Brasil? E o futuro de seus filhos e netos? … Ou somente os PeTistas presos pelo Moro … (quantos são mesmo? Tem processo legal? Já foram condenados? Ou foi putaria de um Juiz de merda pra ajudar no golpe?) é que supostamente não prestam? …

      A coisa é mais séria que isso … Golpe somente trás pioras ao estado de direito, sempre foi assim … e agora não vai ser diferente …

      Estávamos ali … a véspera de eleições … era somente esperar … mas os caras não tem votos e provavelmente a cadeia lhes espera … se é que justiça existe, ainda, nesse país …

      Eu vou pra Miami …