cid_temer

| Comente agora

Ex-governador do Ceará e ex-ministro da Educação Cid Gomes (PDT), nesta sexta-feira, protocolou pedido de impeachment do vice-presidente da República Michel Temer (PMDB); pedetista se baseou em “delações, depoimentos e citações recolhidas de documentos de investigados na Lava Jato, que fazem referência explicita [a Temer]”; Cid também argumentou que Temer é “autor de diversas condutas tipificadas como crime de responsabilidade, que devem ser regularmente apreciadas por esta Casa [Câmara]”; na representação, há ainda lembrança de que a empreiteira teria repassada R$ 5 milhões de propina para o vice-presidente da República.

Deixe uma resposta

Preenchimento obrigatório *.