Dilma vai derrotar o golpe

bruno_bill_dilmaDificilmente a oposição golpista conquistará 342 votos para depor Dilma Rousseff. Mesmo que isso ocorra, o precedente ajuda a presidente da República. Bill Clinton, nos Estados Unidos, fora salvo do impeachment no Senado, que tem papel moderador nos regimes presidencialistas. A opinião é do colunista Bruno Meirinho. Abaixo, leia a íntegra:

A maratona do impeachment

Bruno Meirinho*

Os próximos dias terão um único assunto: o impedimento de Dilma. A sessão, designada para o final-de-semana, deve receber cobertura em tempo real na televisão.

O cenário está muito difícil para o governo. A despeito da criação da frente parlamentar pela democracia, há poucos dias, vários parlamentares dentro da própria frente já demonstraram ter mudado de posição, e vão votar a favor do impeachment.

Mas acredita-se que alguns parlamentares vão faltar à votação, o que ajuda a posição contra a deposição da presidente, já que 342 votos são necessários para dizer sim ao afastamento de Dilma.

Aprovado na câmara, o processo vai para o senado onde é julgado definitivamente. O cenário por lá tende a ser mais favorável ao governo, que pode até mesmo vencer a votação por maioria simples sobre o recebimento da denúncia, o que arquivaria o impeachment.

Nos EUA, quando Bill Clinton foi submetido ao impeachment, foi o senado que salvou a pele do presidente. O senado, portanto, tem esse papel moderador nos regimes presidencialistas, e costuma exercer o seu poder de não levar adiante o processamento do impedimento.

Durante os dias da votação do impeachment, a torcida popular que estará na esplanada será dividida por um muro improvisado para deixar cada um no seu lugar, exortando um país rachado. Mas dessa divisão não deve sair um país de posições extremas: o cenário que se antevê é o do fortalecimento de posições centristas, com Marina Silva.

A maratona do impeachment, portanto, será uma corrida em direção à rejeição do impeachment pelo senado, e ao fortalecimento de posições centristas e de conciliação.

*Bruno Meirinho é advogado, foi candidato a prefeito de Curitiba. É o coordenador local da Fundação Lauro Campos, instituição de formação política do PSOL. Ele escreve no Blog do Esmael às sextas-feiras sobre “Luta e Esperança”.

17 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I just want to tell you that I am just new to weblog and really enjoyed your web blog. Likely I’m want to bookmark your site . You absolutely come with superb posts. Appreciate it for sharing your blog.

  2. Equivoca-se quando analisa que os fatos deste fim de semana fortaleceriam posições centristas e de conciliação. A partir de segunda-feira, seja qual for o resultado, a esquerda legítima, no Brasil, estará cada vez mais fortalecida. Pulverizada nas instituições democráticas e nos movimentos sociais, a esquerda estará cada vez mais prestigiada, no governo, principalmente porque os ratos, em minoria, caíram todos fora.

  3. Só esperamos que a dilma agora de uma vez por todas comece a governar e rompa com a ala corrupta do pmdb do temer.

  4. E mais…
    FORA CUNHA!!
    Investigação da Receita Federal fala sobre a evolução do patrimônio do presidente da Câmara. O Jornal Nacional confirma as informações do relatório da Receita. Cunha tem evolução patrimonial sem explicação e de seus parentes próximos também. Ele tem bens, gastos com cartão de crédito e empréstimos que precisa explicar, seu aumento de patrimônio de R$ 1,8 milhão de 2011 a 2014 é um valor inconciliável com a renda dele, não há justificativa. A fiscalização (e o povo) quer saber por que tudo isso NÃO está declarado.
    FORA seu hipócrita, CORRUPTO!!! CALA a sua BOCA Mentirosa!!!

  5. Hermes Parcianello, esse homem não pisa em Goioerê se votar a favor. Se está com medinho, não compareça na votação!

  6. O Golpe não vai passar, mas se por acaso este golpe passar vai ter luta sim senhor. As foices e facões que cortam as ervas daninhas também cortam pescoços de golpistas.

  7. E se passar, o SENADO DERRUBA. FORA GOLPISTAS.

  8. É engano meu ou esse cara já ta ”entregando as bets” ??kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. Não importa se e ou não ilegal ou imoral ou ainda inconstitucional,eles querem definitivamente FORA longe o p t tem que pagar,nossa pátria hoje vive uma jogatina.uma vergonha.

    • E mais…
      FORA CUNHA!!
      Investigação da Receita Federal fala sobre a evolução do patrimônio do presidente da Câmara. O Jornal Nacional confirma as informações do relatório da Receita. Cunha tem evolução patrimonial sem explicação e de seus parentes próximos também. Ele tem bens, gastos com cartão de crédito e empréstimos que precisa explicar, seu aumento de patrimônio de R$ 1,8 milhão de 2011 a 2014 é um valor inconciliável com a renda dele, não há justificativa. A fiscalização (e o povo) quer saber por que tudo isso NÃO está declarado.
      FORA seu hipócrita, CORRUPTO!!! CALA a sua BOCA Mentirosa!!!

  10. Temos uma Imprensa conservadora, polemista e sensacionalista, somente com argumentação de direita!
    Queremos Honestidade nas falas!

  11. Se ao menos a MARINA, não fosse chegada a esquerda, FIESP e aos banqueiros. Seria uma opção.

    • ESQUERDA? Pode ser que seja em sua origem, comparável com água nascente límpida e cristalina, mas que no decorrer do percurso foi poluída. Pode ser que seja centrista, mas na realidade não possui vontade própria por ser fundamentalista religiosa e envolvida com ONGs de discutível procedência quanto ao nacionalismo, defesa dos interesses do Brasil. Portanto é balaio com a tampa do balaio, tudo no mesmo material. Quanto a ser de esquerda foi de esquerda, é direitona.