Coluna do Bruno Meirinho: Donald Trump; a prova da decadência do Partido Republicano

trump

Em sua coluna semanal, Bruno Meirinho (PSOL) aborda a pré-candidatura do empresário republicano Donald Trump à presidência dos Estados Unidos. Meirinho mostra Trump como uma figura caricata, com estilo excêntrico e esbanjador. Segundo ele, a riqueza de Trump teria origem em negócios duvidosos e sua candidatura representa setores da ultra-direita demonstrando a incapacidade do Partido Republicano em disputar a política nacional daquele país de forma consistente. O colunista relaciona o fenômeno com situações semelhantes ocorridas no Brasil, como a ascensão da popularidade de Jair Bolsonaro ou o desejo de volta da ditadura militar expressado em manifestações de rua. Leia, comente e compartilhe.

Bruno Meirinho*

Nas primárias americanas para a escolha dos candidatos à presidência, o empresário Donald Trump se destaca como o preferido dentro do partido republicano. Até o momento, ele está em primeiro nas primárias do partido, embora não tenha maioria absoluta, pois disputa com outros dois candidatos que, somados, têm mais votos que ele.

Trump é uma figura caricata, já há muito famosa por seu estilo excêntrico e esbanjador. Os prédios de sua companhia, em Nova Iorque e Chicago, são famosos ícones dessas cidades. Sua riqueza vem de negócios na área do entretenimento, como cassinos, e iniciativas fraudulentas, como uma empresa de marketing multi-nível (uma espécie de pirâmide financeira) que levava seu nome.

Na sua candidatura à presidência, Trump pretende representar posições de extrema-direita que, neste caso, têm se confundido com mera ignorância e preconceito, como quando acusou os imigrantes latinos de serem ladrões e estupradores. Muitas vezes, seu discurso surreal parece convencer apenas seus leais seguidores, não tendo força para conquistar apoio para além da militância.

Com isso, à proeminência da candidatura Trump no interior do partido parece ser mais um sintoma da incapacidade dos republicanos disputarem a política nacional de forma consistente. Alguns integrantes do partido avaliam que Trump seria facilmente derrotado por Sanders ou Hillary, candidatos dos democratas. É o sinal da decadência republicana: sua base parece ter se tornado sectária e preconceituosa.

No Brasil, vivemos alguns sintomas semelhantes. Apesar da força das manifestações pró-impeachment, liderada por grupos de direita que reverberam discursos simplistas a respeito da política, tudo indica que não se a a extrema-direita a maior vencedora em caso de golpe. Para além de um ou dois milhões de pessoas que defendem um golpe militar – o que parece ser bastante gente –, essa posição não atende à demanda dos demais 100 milhões de votantes que participam das eleições.

O fato de figuras como Bolsonaro liderarem as expectativas de alguns militantes do impeachment é, a exemplo do sintoma Trump, sinal da decadência política desse setor na sociedade. Bolsonaro é incapaz de alcançar uma votação capaz de mudar a conjuntura política. O saldo da crise política poderá ser o fortalecimento de posições centristas, como Marina Silva, e não o aumento da influência dessa extrema-direita, que confunde o programa conservador com o esbravejar de preconceitos e ignorância.

*Bruno Meirinho é advogado, foi candidato a prefeito de Curitiba. É o coordenador local da Fundação Lauro Campos, instituição de formação política do PSOL. Ele escreve no Blog do Esmael às sextas-feiras sobre “Luta e Esperança”.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Awesome post. I am a normal visitor of your blog and appreciate you taking the time to maintain the nice site. I will be a regular visitor for a really long time.

  2. I simply want to mention I am just newbie to blogging and site-building and definitely savored this web blog. Very likely I’m likely to bookmark your blog post . You surely come with very good stories. Appreciate it for sharing with us your web site.

  3. I just want to mention I’m new to blogging and site-building and really savored your web site. Almost certainly I’m planning to bookmark your website . You surely have awesome article content. Appreciate it for sharing your website page.

  4. This is a brilliant post; please let me know if you get any serious responses to it.
    bracelet love de cartier prix

  5. В этом году поедем во Вроцлав и хочется попробовать NextBike попробовать… там даже первые 30 мин бесплатно было… в том году по крайней мере. Так что можно быстро преодолеть небольшое расстояние, чтобы не платить за него))) главное правила не нарушать)
    cartier roadster diamante

  6. cartierbraceletlove slow is better than crashy. You’re right, we also could just move the bionic code into nspr (or necko), but I am not sure how much that code fans out. That would be better than locking for sure.
    bague alhambra van cleef prix faux [url=http://www.collanaqualitagioielli.cn/fr/van-cleef-ring-replica-c3_84/]bague alhambra van cleef prix faux[/url]

  7. Osmarina Silva? Dá licença, colega. Essa é pior que o Trump. Além de ser um mamulengo manejado pela família Setúbal da Rede Itaú.

  8. Pior que o trump será o novo presidente em uma eleição apertada. o trump é cara dos eua hj.

  9. Donald Trump passa 24 horas fazendo careta?

  10. Ah tá, como se a BLÁBLÁRINA SILVA não fosse outra figura caricata! Sob o fino verniz de evangélica-ecológica-lúmpen não houvesse alguém sedento de poder a qualquer custo, sinônimo de crise certa, financiada pelo ITAÚ, e que só pode ser eleita com apoio dos setores mais desinformados da sociedade.